Dicas de Saúde Dicas Para Pele

Os 15 Sintomas da Alergia ao Arroz

Os 15 Sintomas da Alergia ao Arroz

Revisado por

Graduado em Ciências da Nutrição!

Especialista do Dicas de Saúde

Os 15 Sintomas da Alergia ao Arroz
4.8 (95.75%) 226 votos

Os Sintomas da Alergia ao Arroz que muitos ignoram e deixam passa despercebido durante um longo período. Alem disso, o arroz é um dos alimentos básicos mais importantes em diferentes partes do mundo. Embora raro, existem relatos e provas em que as pessoas apresentaram reações alérgicas ao arroz. A alergia ao arroz é mais comum no Leste Asiático e menos comum nos países ocidentais.

Sintomas da Alergia ao ArrozO arroz é consumido diariamente em grandes quantidades pelas pessoas na China e no Japão. Portanto, a frequência desta alergia é mais nesses países. Mas, esse alimento também é bem frequente nos pratos brasileiros.

Sintomas da Alergia ao arroz:

Em adultos: Os sintomas da alergia ao arroz são encontrados em adultos e crianças. Estes sintomas incluem o seguinte:

  • Asma;
  • Dermatite atópica;
  • Dermatite atópica com complicações oculares;
  • Contate a urticária;
  • Diarreia e vômitos;
  • Eczema;
  • Anafilaxia induzida pelo exercício;
  • Síndrome de enterocolite induzida por proteína alimentar (FPIES);

Os indivíduos alérgicos ao arroz também apresentam sintomas como cólicas abdominais e dor similar, rinite, rino conjuntivite, dispneia, urticária de contato e angioedema. Aqueles que apresentam alergia ao arroz também podem ser alérgicos aos seguintes alimentos, pois são membros da mesma família botânica.

  • Cevada;
  • Milho;
  • Trigo duro;
  • Pólen de grama;
  • Aveia;
  • Centeio;
  • Soja;
  • Triticale;
  • Trigo;

Um estudo foi relatado com objetivo de relatar os sintomas de um indivíduo não-asiático hipersensível. O estudado era um alemão de 33 anos. Os sintomas apresentados por este indivíduo incluíram vários episódios de urticária generalizada, prurido, angioedema dos lábios, pálpebras e língua, disfagia e dispnéia 15-20 minutos após comer refeições inteiras contendo arroz cozido.

Em Crianças: A síndrome de enterocolite induzida por proteínas alimentares (FPIES) é mais comumente observada em crianças. Os sintomas de FPIES começam no início da vida. Estes sintomas também podem se desenvolver depois que uma criança inicia o consumo de arroz, aveia, cevada e alimentos similares, tipicamente após quatro meses de idade.

Os sintomas da FPIES são confinados ao sistema gastrointestinal e incluem o seguinte:

  • Vômito crônico;
  • Diarreia (às vezes, sangrenta);
  • Perda de peso;
  • Desidratação;
  • Letargia;

Há um estudo que abordou as reações alérgicas físicas ao arroz também. O estudo envolveu 24 pacientes com idade média de 3-72 meses. Seis dos 24 pacientes apresentaram sintomas como erupção cutânea nos lábios, face e tronco após consumir o arroz ou produtos derivados do arroz.

  • Alérgenos encontrados no arroz;
  • Na alergia ao arroz, as proteínas com massas moleculares de 14-16, 26, 33 e 56 kDa demonstraram ser potencialmente alergênicas;
  • A maioria dos componentes alérgicos são as albuminas com pesos moleculares entre 14 e 16 kDa;
  • A proteína de arroz de 16 kilodalton foi descrita como um alérgeno importante e responsável pela alergenicidade entre os grãos de cereais na família Poaceae;
  • Embora o arroz cru seja mais alergênico do que o cozido, alguns dos alérgenos são resistentes ao calor e resistem à proteólise;
  • O arroz também contém uma proteína de transferência de lipídeos (LPT). As LPTs são proteínas estáveis ao calor e podem torna-se alégenas quando cozida;

Tratando Alergia ao Arroz: Tratar a alergia ao arroz pode ser um desafio. Eliminar o alimento desencadeante é a primeira coisa que se deve fazer para evitar as alergias alimentares. Portanto, a eliminação de arroz e produtos de arroz pode reduzir os sintomas da alergia. Consulte um clínico geral antes de eliminar qualquer alimento.

IgE desempenha um papel importante nas reações alérgicas. A imunoglobulina E ou IgE são anticorpos produzidos pelo sistema imunológico. Se você tem uma alergia, seu sistema imunológico reage em excesso a um alérgeno produzindo esses anticorpos.

Esses anticorpos viajam para células que liberam substâncias químicas, causando uma reação alérgica. Portanto, faça um exame de sangue e, se notar a presença desses anticorpos, a alergia existe. Para bebês e crianças, é importante levá-los imediatamente ao hospital para evitar complicações.

0/5 (0 Reviews)
Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.