Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Dicas de Saúde Doenças e Tratamentos Sintomas

Os 11 Sintomas de Hepatite B que Muitos Ignoram

Os 11 Sintomas de Hepatite B que Muitos Ignoram são simples e podem ser de grande ajuda no tratamento da Hepatite B. Além disso, a Hepatite B é causada pelo vírus B (HBV), e é uma doença infecciosa também chamada de soro-homóloga. Como o VHB está presente no sangue, no esperma e no leite materno, a Hepatite B é considerada uma doença sexualmente transmissível.

Entre as causas de Hepatite B estão:

  • Por transfusão de sangue contaminado.
  • Por relações sexuais sem camisinha com uma pessoa infectada.
  • Da mãe infectada para o filho durante a gestação, o parto ou a amamentação.
  • Ao compartilhar material para uso de drogas (seringas, agulhas, cachimbos), de higiene pessoal (lâminas de barbear e depilar, escovas de dente, alicates de unha ou outros objetos que furam ou cortam) ou de confecção de tatuagem e colocação de percingis.

Sintomas de Hepatite B que Muitos Ignoram: A Hepatite B virais são silenciosas, as vezes a pessoa pode portar o vírus sem saber, por isso a necessidade de exames anuais de rotina são importantes para detectar qualquer infecção. Quando os sintomas de Hepatite B aparecem significa que a doença já está em um estágio bem avançado, podendo trazer sérios riscos para o fígado. Os 11 Sintomas de Hepatite B que Muitos Ignoram são:

  • Febre
  • Cansaço
  • Fraqueza
  • Mal estar
  • Urina escura
  • Enjoo e náuseas
  • Perda de apetite
  • Dores musculares
  • Fezes esbranquiçadas
  • Sensação de saciedade
  • Icterícia (olhos e pele de cor amarelada)

Como os Sintomas de Hepatite B são os mesmos que de muitas outras doenças o diagnóstico fica mais fácil quando avaliado se a pessoa já manteve hábitos que a expusessem ao vírus como por exemplo não ter tomado a vacina de Hepatite B regularmente, ter tido relação sexual desprotegida (sem uso de camisinha), ter utilizado drogas injetáveis ou compartilhados lâminas de barbear, agulhas ou objetos perfurantes.

O vírus da Hepatite B assim como o da C só podem ser detectados após 60 dias depois da infecção pelo vírus ( ou atividade que possa ter te exposto a contaminação), pois os anticorpos demoram a reconhecê-lo. Os sintomas no entanto podem demorar até seis meses para se manifestar, o que prejudica o diagnóstico precoce da doença.

Hepatite B Diagnóstico: O diagnóstico da Hepatite B é feito com base nos exames físico e de sangue para determinar o valor das transaminases (aminotransferases, segundo a nova nomenclatura médica), e a presença de antígenos do vírus na detecção do DNA viral. Em alguns casos, pode ser necessário realizar biópsia de fígado para identificar a Hepatite B.

Hepatite B Prevenção: A prevenção da Hepatite B pela vacina é a melhor forma de combater a doença. Essa vacina é constituída pelos antigénios HBs, sem nenhuma partícula viral. Administra-se por inoculação. Se a pessoa após alguns meses apresentar anticorpos anti-HBs em suficiente número, não necessitam de mais injeções, mas aqueles com menor resposta requerem novas inoculações, geralmente três, espaçadas. Em muitos países a vacina contra a Hepatite B é obrigatória. Três vacinas são eficazes para imunizar 95% dos casos de Hepatite B.

Não há vacina contra a Hepatite D (HDV), mas como ela só infecta doentes crônicos com Hepatite B a vacina do HBV previne a D também. Em doentes com Hepatite B é importante sempre usar camisinha e nunca compartilhar seringas. Usar sempre camisinha, não compartilhar objetos perfurantes ou cortantes e fazer exames pré-natal também são importantes medidas preventivas.

Hepatite B Tratamento: Na maioria dos casos, o tratamento da Hepatite B aguda tem como objetivo aliviar os sintomas e afastar o risco de complicações. Nessa fase, não há consenso sobre a indicação de medicamentos antivirais. Também, ao contrário do que se preconizava no passado, o paciente não precisa permanecer em repouso, mas deve moderar a atividade física.

Nem todos os portadores de Hepatite B crônica com diagnóstico recente precisam de tratamento imediato. Quando ele se faz necessário, existem remédios que inibem a replicação do vírus e atuam no controle da resposta inflamatória.

Recomendações Contra a Hepatite B:

  • Informe-se sobre a distribuição gratuita da vacina contra a Hepatite B pelo sistema público de saúde.
  • Saiba que a Hepatite B crônica é uma doença que exige cuidados, porque pode evoluir para cirrose hepática e câncer de fígado (carcinoma hepatocelular).
  • Vale a pena consultar um médico sobre a importância de tomar a vacina contra Hepatite B, mesmo que você não pertença aos grupos de risco. Essa vacina protege também contra a infecção pelo vírus da Hepatite D, que só se manifesta quando ocorre dupla infecção.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.