Beleza e Estética

Creme caseiro de abacate para suavizar estrias nos seios!

abacate para suavizar estrias nos seios

Use este creme caseiro de abacate para suavizar estrias nos seios de forma eficaz pois, as estrias são marcas desagradáveis que aparecem em várias partes do corpo quando as fibras elásticas da pele se quebram. Sua aparência está relacionada a alterações hormonais, diminuição do colágeno e falta de alguns nutrientes responsáveis ​​pela manutenção da pele elástica.

abacate para suavizar estrias nos seios
abacate para suavizar estrias nos seios

O abacate é bom para estrias?

Com uma dose saudável de vitamina E que cura a pele, o óleo de abacate produz um óleo leve e fantástico para o seu corpo. Além disso, com suas habilidades altamente penetrantes, o óleo  fornece hidratação essencial à pele da mamãe e ajuda a impedir que estrias ocorram.

Creme caseiro de abacate para suavizar estrias nos seios:

Ingredientes:

– 1 abacate maduro;
– 1 colher de sopa de óleo de coco (15 g).

Modo de preparo:

  1. Esmague um abacate maduro e misture com uma colher de sopa de óleo de coco até obter um creme espesso.
  2. Em seguida, coloque em um recipiente com tampa.
  3. Você pode guardar este creme na geladeira por uma semana.

Como usar:

  1. Aplique o creme nos seios e faça massagens circulares suaves por 5 minutos.
  2. Em seguida, deixe por mais 5 minutos e depois enxague com água morna.
  3. Repita o uso 3 dias por semana. à noite antes de ir dormir.

Olho! Este creme caseiro para reduzir estrias não produz resultados imediatos e deve ser aplicado repetidamente para ter efeito. Além disso, tente incorporá-lo à sua rotina de beleza e complementá-lo com outros hábitos saudáveis ​​para perceber mudanças em pouco tempo.

Gostou do post? Avalie!
[Total: 0 votos: ]

Drª. Wanessa Matos Dermatologista formou-se em Medicina na Unicamp e na mesma instituição realizou sua residência em Dermatologia, obtendo o título de especialista. Atua nas áreas de dermatologia clínica, cirúrgica e estética. Além disso, é sócio titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia, com registro no Conselho Regional de Medicina e Associação Médica Brasileira.

Deixe um comentário