Doenças e Tratamentos

Corrimento Rosado – O que Pode Ser? é Grave?

Corrimento Rosado

Corrimento Rosado é muito comum, e pode indicar algum problema de saúde, ou eté mesmo gravidez. Além disso, normalmente, a vagina produz uma secreção que muda de aspecto durante o ciclo menstrual. O corrimento com aspecto de clara de ovo ou mais turvo e esbranquiçado são variações comuns, que indicam um período com mais ou menos fertilidade, sendo fisiológicos e facilmente notáveis por algumas mulheres. Para outras, só é possível identificar o fluxo durante a ovulação e no período pós-ovulatório, quando a secreção aumenta.

No entanto, quando o corrimento vaginal apresenta odor, cor e consistência diferente do habitual, pode indicar a presença de alguma infecção, inflamação ou doença. Além disso, produtos alérgenos também podem modificar o aspecto do corrimento, como o látex da camisinha e os absorventes íntimos. Assim, é importante fazer o monitoramento da secreção e estar atenta a possíveis mudanças. Saiba mais sobre os tipos de corrimento vaginal e o que eles dizem sobre sua saúde!

Corrimento Rosado
Corrimento Rosado

O que é Corrimento Rosado?

O corrimento vaginal é considerado uma secreção natural do corpo feminino quando se é incolor ou leitoso, com um odor característico. O motivo de haver alterações em seu aspecto e espessura, em casos deve-se ao estado hormonal, o que é algo comum.

Dependendo do nível hormonal da mulher, o corrimento pode tornar-se mais espesso ou aquoso. Durante a ovulação, por exemplo, essa secreção geralmente tem uma tonalidade incolor e mucosa. Quando há algum tipo de alteração na região uterina ou vaginal que resulte em um pequeno sangramento, esse sangue acaba se misturando ao corrimento, o que dá o aspecto do Corrimento Rosado.

Corrimento Rosado com Mau Cheiro:

O mau cheiro em qualquer tipo de corrimento vaginal, inclusive no Corrimento Rosado, é sinal de que algo não vai bem e que, provavelmente, existe alguma infecção. Se você apresenta um Corrimento Rosado com mau cheiro deve procurar o seu ginecologista imediatamente!

Corrimento Rosa Após a Relação Sexual:

O Corrimento Rosado após a relação sexual pode acontecer devido a pequenas rupturas de vasos sanguíneos da vagina. Se ele não vem acompanhado de dor ou qualquer incômodo, você não precisa se preocupar. Caso contrário, deve consultar o ginecologista para investigar a causa do evento.

Na gravidez, por exemplo, a vagina fica mais irrigada e cheia de vasos sanguíneos que podem se partir facilmente durante a penetração ou mesmo com um estímulo menor, causando o Corrimento Rosado ou até mais avermelhado, sem, no entanto, significar algum risco para o bebê.

Causas do Corrimento Rosado
Causas do Corrimento Rosado

Se você está grávida e apresentou um Corrimento Rosado após a relação sexual, o recomendado é que não faça muito esforço e fique de olho caso o corrimento não desapareça por si só em poucas horas e fique mais escurecido.

Corrimento Rosado Indica Gravidez?

É comum as mulheres questionarem sobre o Corrimento Rosado e o que pode significar em casos de gravidez. Ao notar o atraso da menstruação a presença da secreção rosada pode indicar a nidação e que o óvulo fecundado já se posicionou no útero. Portanto, se teve relação sexual desprotegida na sequência o atraso menstrual e o Corrimento Rosado pode ser sinal de gestação.

É importante salientar que o Corrimento Rosado é consequência das mudanças hormonais no ciclo menstrual feminino, mesmo na ausência das relações sexuais ele pode surgir alguns dias antes da menstruação e até no final do ciclo. Se a menstruação já está atrasada mais de 7 dias, além de perceber o Corrimento Rosado, é indicado realizar o teste de farmácia para assegurar os resultados.

Corrimento Rosado Antes da Menstruação:

Uma das causas do Corrimento Rosado mais comuns é o processo de ovulação, sendo que é normal observar esta coloração nas secreções vaginais umas 2 semanas antes do início da menstruação.

Este fluxo leve é normal e faz parte do processo de ovulação da mulher. Na segunda metade do ciclo menstrual, ocorre a libertação do óvulo dos ovários e o seu deslocamento posterior desde o folículo até ao útero através da trompa de Falópio, o que pode provocar um leve sangramento rosado. O fluxo rosado pode surgir acompanhado de outros sintomas como cãibras, incômodo na zona inferior das costas e sensibilidade no peito.

Embora o Corrimento Rosado não seja motivo de preocupação neste caso, é importante ficar atento à quantidade do mesmo e consultar um ginecologista caso seja abundante ou apresente um tom vermelho brilhante.

Corrimento Rosado

Corrimento Rosado Depois da Menstruação:

O Corrimento Rosado depois da menstruação pode ser apenas vestígios de sangue que restaram no útero e que ainda estão sendo expelidos. Mas se você já manteve relações sexuais isto também pode ser sinal de gravidez, já que quando o óvulo se implanta no útero pode ocorrer um pequeno sangramento.

Apesar do período fértil ser 14 dias após o primeiro dia da menstruação, o corpo pode passar por alterações e a gravidez pode ocorrer até poucos dias depois do período menstrual já ter ido embora se o óvulo for liberado pelos ovários antes do tempo previsto.

Corrimento Rosado na Gravidez:

Quais são as causas do corrimento vaginal na gravidez? Nesse caso, podem existir diversos motivos, sendo que os mais frequentes são:

  • Relações Sexuais: durante o coito, é possível que se rompam alguns vasos sanguíneos no colo do útero e, em consequência, um leve sangramento.
  • Aumento de Estrógenos: durante a gravidez, o corpo feminino experiencia muitas alterações e os níveis de estrógenos costumam aumentar, o que pode provocar um leve corrimento vaginal com sangue.
  • Expulsão do Tampão Mucoso: o tampão mucoso é composto por uma das secreções mucosas que se acumulam no colo do útero desde a quinta semana de gestação até ao final da mesma, evitando a entrada de bactérias no útero. Quando se expulsa, podemos observar um corrimento amarelo, rosado ou avermelhado se for tingido por um pouco de sangue. A sua eliminação pode indicar o início do parto, embora ele possa ocorrer por horas, dias ou semanas.

As secreções vaginais com sangue durante a gravidez devem ser motivo urgente de consulta médica, já que também é possível que se devam a algum tipo de problema e exista o risco de aborto involuntário. É essencial visitar um especialista se estas secreções são acompanhadas de dores abdominais e cãibras.

Corrimento Rosado

Outras Causas do Corrimento Rosado:

  • Exames ginecológicos que provocam manchas leves após a sua realização, como a citologia
  • Estreitamento dos tecidos do trato reprodutivo após a menopausa
  • Síndrome de ovários policísticos
  • Câncer cervical ou do útero
  • Gravidez ectópica
  • Pólipos uterinos
  • Fibromas

Tratamento Para Corrimento Rosado:

Na maioria das vezes, não há a necessidade de um tratamento para o Corrimento Rosado como, por exemplo, quando se trata de uma gravidez ou ao quando está relacionado à menstruação. Se tiver relação com alguma doença ou infecção, o tratamento vai depender da causa. Caso necessário, o médico irá solicitar exames para poder identificar o motivo com maior precisão para começar o tratamento.

Quando se trata de uma infecção, é importante manter uma boa higiene e a região íntima seca após a limpeza. Evitar o uso de roupas apertadas e usar sabonetes íntimos também é indicado. Isso sem falar que se trata de um caso altamente contagioso e que pode contaminar o parceiro, ou seja, outra razão para iniciar o tratamento o quanto antes.

Gostou do post? Avalie!
[Total: 0 votos: ]

Formado em Comunicação Social, especialista em jornalismo digital e SEO, responsável por criar diversos projetos na internet, afim de levar conhecimento à todos sobre saúde, beleza, bem estar, natureza e entretenimento.

Deixe um comentário