Remédios Naturais

Receita de alho para eliminar os fungos nas unhas!

como usar alho para eliminar os fungos

A receita de alho para eliminar os fungos nas unhas funciona, pois,  o alho contém alicina que exibe propriedades antibacterianas e antifúngicas. Essas prp´riedades fazem do alho um grande remédio natural muito conhecido pelas suas propriedades antibacterianas.

Usado não somente para fungos nas unhas mas também para ser usados como remédio para bactérias do estômago, bucal, fungos na cabeça e outras coisas mais.

receita de alho para eliminar os fungos nas unhas
receita de alho para eliminar os fungos nas unhas

Os fungos que provocam as micoses de unha costumam se desenvolver em locais quentes e úmidos, como banheiros públicos e vestiários, por exemplo. Frequentar esses lugares com os pés descalços não é indicado. Não secar entre os dedos após o banho também pode ser prejudicial.

Os sintomas causados pela micose nas unhas dos pés e das mãos podem ser bastante desconfortáveis e é sempre válido consultar um especialista quando você estiver com uma infecção. No entanto, você pode testar algumas receitas caseiras para colaborar no seu tratamento.

Receita de alho para eliminar os fungos nas unhas:

O alho é um dos antimicrobianos naturais mais eficazes para combater fungos nas unhas. Embora possa ser aplicado diretamente, também pode ser incluído em um banho de pés. Para prepará-lo, você precisará apenas de alguns ingredientes, que indicaremos abaixo da pele:

INGREDIENTES:

  • 10 dentes de alho
  • 2 xícaras de água (500 mL)

MODO DE PREPARO:

  • Primeiro lugar, esmague os alhos.
  • Em seguida, despeje o alho amassado em uma panela junto com dois copos de água.
  • Em seguida, deixe ferver por 3 ou 5 minutos e remova-o.
  • Quando a água estiver quente, coloque os pés na água. Deixe-os por cerca de 20 minutos.
  • Repita o processo 3 vezes por semana.

formada em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, escreve artigos de beleza e saúde com noções de SEO e tem versatilidade na produção dos textos.

Deixe um comentário