Os 5 Alimentos que Ajudam a Tratar Infecção Urinária!

Revisado por

Nutrição e Educação Física pela UFT

Especialista do Dicas de Saúde

Alimentos que Ajudam a Tratar Infecção Urinária  e melhoram o odor vaginal. Além disso, Infecção Urinária são infecções bacterianas que se desenvolvem em seu trato urinário, composto pela bexiga, rins e uretra. Infecções urinárias são frequentemente acompanhadas cólicas, dores abdominais e a sensação de queimação durante a micção.

Alimentos que Ajudam a Tratar Infecção Urinária

Além dos medicamentos corretamente prescritos pelo seu profissional de saúde, o seu médico irá recomendar ajustes na dieta para evitar mais irritação do trato urinário, e tais recomendações irão envolver o consumo de certos nutrientes e frutas extremamente importantes para acelerar a recuperação da sua infecção urinária. Então, confira agora os 5 Alimentos que Ajudam a Tratar Infecção Urinária:

Iogurte: O Iogurte é uns dos principais Alimentos que Ajudam a Tratar Infecção Urinária. Pois, Iogurte e outros produtos fermentados contêm bactérias “boas”, como lactobacilos e bifidobactérias. Estas bactérias amigáveis ​​ajudam a fortalecer o seu trato urinário e outras condições urogenitais.

Estas bactérias também são benéficas para a formação de bactérias protetoras barreiras vaginais para a área da bexiga, o que ajuda a reduzir os sintomas da infecção urinária. Em frutas, você encontra probióticos facilmente nas azeitonas e maçãs, se não for um fã de iogurtes e outros alimentos fermentados.

Frutas e Alimentos Ricos em Vitamina C: A vitamina C, também chamada de ácido ascórbico, é frequentemente usada para combater os sintomas da infecção urinária, uma vez que ajuda a inibir o crescimento de bactérias, como a E. coli. A vitamina C faz sua urina menos ácida e pode reduzir suas chances de desenvolver uma infecção urinária recorrente.

Exemplos de alimentos ricos em vitamina C incluem laranjas, repolho, couve-flor, tomate, frutas vermelhas, kiwi, brócolis, espinafre, goiaba e grapefruit. Você deve consumir até 5.000 mg de vitamina C diariamente para promover o processo de cicatrização e cura da infecção urinária.

Cranberries e Mirtilos: Cranberries e mirtilos é uma excelente alternativa de Alimentos que Ajudam a Tratar Infecção Urinária. Pois, cranberries, mirtilos contém compostos de plantas chamados proantocianidinas, que impedem que a E. coli se ligue às células do trato urinário.

Eles também contêm antioxidantes para o sistema imunológico, melhorando sua imunidade e propensão à repetição da infecção urinária. Você pode adicionar cranberries e mirtilos em smoothies e outros pratos de sobremesa. Beber até 2 copos de suco de cranberry por dia diminui a gravidade e número de infecções do trato urinário em mulheres.

Alimentos não Açucarados: A ingestão diária de alimentos açucarados ajuda a impedir a reprodução de bactérias em seu sistema do trato urinário. Em vez de consumir alimentos de puro açúcar, como refrigerantes, bolos e biscoitos, escolha alimentos que contém açúcar reduzido, ou sem açúcar, como a água, frutas e grãos integrais. Isso inclui o consumo do suco de diversas frutas, principalmente os sucos de clorofila, ricos em nutrientes essenciais para sua dieta.

Frutas Coloridas: Há um ensino fundamental dado pelos nutricionistas que quanto mais colorido o seu prato, mais saudável é sua alimentação. Isso não é diferente no tratamento da infecção urinária: uma dieta diversificada e “colorida”, significa que você está absorvendo e equilibrando diferentes quantidades de nutrientes em seu organismo, de modo a evitar que possíveis desequilíbrios abram espaço para bactérias, vírus e outros problemas de saúde.

Essa diversificação é facilmente atingida ao consumir diferentes frutas, como banana, mamão, goiaba, maçã e muitas outras. A recomendação básica é que você coma 3 frutas diferentes todos os dias, mas seu nutricionista pode ter recomendações diferentes para sua dieta.

0/5 (0 Reviews)
Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Alan Costa

Sou nutricionista e Personal Trainer. Me formei pela Universidade Federal do Tocantins em 2002, com registro profissional no CRN-4 nº 1509723, tenho especialização em Nutrição Esportiva, Treinamento Físico e treinos Curto de alta intensidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

dislexia

Os 18 Sintomas que Ajudam a Identificar a Dislexia

Como Controlar a Pressão Alta em Poucos Minutos