Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Dicas de Saúde Doenças do Aparelho Reprodutor

Os 10 Principais Sintomas da Atrofia Vaginal

Os Principais Sintomas da Atrofia Vaginal que você não deve ignorar. Alem disso, tal como em outras partes do corpo, a vagina experimenta mudanças ao longo do tempo, que especialmente após a menopausa, podem causar desconforto e problemas no momento de desfrutar do sexo. Aqui te contamos o que é e os sintomas da atrofia vaginal.

Muitas mulheres acreditam que isso é o que faz a passagem do tempo na sexualidade feminina. Mas cuidado, apesar de ser verdade que o corpo e a vagina mudam ao longo do tempo, não é verdade que você deve perder o prazer e o desejo sexual. Muitas mulheres experimentam atrofia vaginal durante e após a menopausa. Esta condição, também às vezes chamada de atrofia vulvovaginal (VVA), causa vaginal.

Quando os níveis de estrogênio caem, como ocorrem ao redor do tempo em que uma mulher começa a menopausa. Quando os níveis de estrogênio caem, os sintomas do VVA podem se tornar mais graves. Atrofia também pode causar problemas urinários e dor durante a relação sexual. Os problemas urinários podem incluir:

  • Ardendo e picando enquanto urina;
  • Sentindo a necessidade de urinar com mais freqüência;
  • Vazando urina quando tossir, espirrar ou soluçar;
  • Essas questões urinárias quase sempre acompanham os sintomas de atrofia vaginal. Por essa razão, essas condições são coletivamente conhecidas como síndrome
  • genitourinária da menopausa (GSM). Tratamentos efetivos para VVA e GSM estão disponíveis.

Sintomas: Com síndrome genitourinária moderada a grave da menopausa (GSM), você pode experimentar os seguintes sinais e sintomas vaginais e urinários:

  • Secura vaginal;
  • Queimadura vaginal;
  • Descarga vaginal;
  • Prurido genital;
  • Queimando com urina;
  • Urgência com urinar;
  • Mais infecções do trato urinário;
  • Incontinência urinaria;
  • Light sangrando após a relação sexual;
  • Desconforto com relações sexuais;
  • Diminuição da lubrificação vaginal durante a atividade sexual;
  • Encurtamento e aperto do canal vaginal;

Os sintomas do atrofia vaginal podem começar durante a perimenopausa. À medida que os níveis de estrogênio começam a cair, você pode começar a experimentar sinais iniciais de atrofia vaginal, incluindo secura vaginal ou desconforto durante a relação sexual. Hidratantes e lubrificantes devem ser suficientes para aliviar os sintomas.

À medida que os níveis de estrogênio caem de forma mais dramática, os sintomas podem se tornar mais graves. As opções de tratamento precoce podem não ser suficientes para alívio. O tratamento durante períodos posteriores da menopausa pode se concentrar no aumento dos níveis de estrogênio para diminuir o desconforto e os sintomas.

Fatores de Risco: Certos fatores podem contribuir para a síndrome genitourinária da menopausa atrofia vaginal, Tais como:

  • Fumar: O tabagismo afeta a circulação sanguínea, resultando na vagina e outros tecidos que não recebem oxigênio suficiente. Fumar também reduz os efeitos de estrogênios ocorridos naturalmente em seu corpo. Além disso, as mulheres que fumam normalmente experimentam uma menopausa anterior.
  • Sem Partos Vaginais: Os pesquisadores observaram que as mulheres que nunca tiveram parto vaginal são mais propensas a desenvolver atrofia vaginal do que as mulheres que tiveram partos vaginais.
  • Nenhuma Atividade Sexual: A atividade sexual, com ou sem parceiro, aumenta o fluxo sanguíneo e torna seus tecidos vaginais mais elásticos.
    Complicações;

Dicas Para Prevenção: Você não pode impedir totalmente o GSM, mas você pode reduzir seu risco. A atividade sexual regular pode ajudar a aumentar sua saúde vaginal geral. O aumento do fluxo sanguíneo pode ajudar a manter seus tecidos vaginais saudáveis.

Se você fuma, você deve sair. Fumar reduz a circulação sanguínea, o que pode evitar o fluxo sanguíneo adequado para a sua vagina. Além disso, os produtos químicos nos cigarros interferem com o estrogênio natural do seu corpo. Qualquer coisa que você faça para reduzir seus níveis de estrogênio natural pode afetar sua saúde vaginal.

Se você está tendo sintomas incomuns, faça uma consulta para ver seu médico para discutir esses sintomas e encontrar um plano de tratamento que funcione para você.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.