Dieta e Nutrição

Dieta paleolítica: o que é, cardápio e benefícios!

dieta paleolítica

dieta paleolítica foi desenvolvida para promover o emagrecimento saudável, ela além de simples essa dieta é muito saborosa e simples de se fazer, a dieta  está sendo adotada por várias pessoas que buscam emagrecer ou apenas cuidar da saúde. Essa dieta consiste em comer todas as comidas da forma que elas vieram ao mundo, ou o mais próximo disso possível.

A base dessa alimentação são as verduras e legumes, seguidas da carne. Todos esses alimentos devem ser o mais fresco e natural possível, e quanto menos vestígios de ‘industria’, melhor. Ou seja, evitar todos os tipos de industrializados, pratos prontos, embutidos, frios, e afins.

 

dieta paleolítica
dieta paleolítica

O que é a dieta paleolítica?

A dieta paleolítica (DP) é um estilo de alimentação que se baseia na alimentação do homem paleolítico de 15-10 mil anos atrás (período pré-agricultura). Ou seja, você pode comer basicamente o que o homem era capaz de caçar ou coletar nessa época (carnes, frutos do mar, frutas e verduras, nozes e sementes, túberculos).

O argumento para isso vem da biologia evolutiva. Robb Wolf, um dos maiores nomes do movimento paleo, faz uma boa comparação: se você pegar um campo de futebol de 100 metros de comprimento, 99,5 metros é equivalente ao tempo que o ser humano passou se alimentando como caçador-coletor.

Enquanto 0,5 metro equivale ao tempo que vivemos depois da introdução da agricultura. Ou seja, o corpo humano está muito bem adaptado à alimentação do paleolítico, mas ele não teve tempo ainda para se adaptar à revolução da agricultura, que é muito recente ainda em termos evolutivos.

Dieta paleolítica ajuda a emagrecer?

A dieta paleolítica funciona porque ela:

  • Elimina ou restringe da sua dieta fontes de inflamação e alergia
  • Promove o controle da glicose e insulina no sangue (reduz a resistência à insulina)
  • Melhora a digestão e absorção dos alimentos (e fortalece sua flora intestinal)
  • Altamente nutritiva, sacia mais com menos calorias
  • Essas quatro características da dieta paleolítica fazem as pessoas perder peso com facilidade, além de melhorar vários marcadores de saúde.

Ainda há poucos estudos científicos sobre a dieta paleo, mas os que já foram publicados mostram ótimo potencial desse tipo de alimentação para emagrecimento, redução de glicemia e redução de riscos de doenças cardíacas.

dieta paleolítica emagrece
dieta paleolítica emagrece

Alimentos da dieta paleolítica:

Veja alguns dos alimentos permitidos:

  • Nozes e sementes: Amêndoas, nozes, sementes de girassol, sementes de abóbora e muito mais.
  • Gorduras e óleos saudáveis: Banha, óleo de coco, azeite, abacate e outros.
  • Frutas: Maçãs, bananas, laranjas, peras, abacates, morangos e muito mais.
  • Legumes: brócolis, couve, pimentão, cebola, cenoura, tomate, etc.
  • Peixes e frutos do mar: salmão, truta, camarão, mariscos, etc.
  • Carnes: Carne, cordeiro, frango, peru, carne de porco e outros.
  • Sal e especiarias: sal, alho, açafrão, alecrim.
  • Ovo.

Nos últimos anos, a comunidade paleolítica evoluiu bastante. Existem agora várias “versões” diferentes da Dieta Paleolítica. Isso inclui bacon de qualidade e manteiga. Outros alimentos, quando em pequenas quantidades, também são perfeitamente saudáveis. Como vinho e chocolate amargo.

Quando se trata de hidratação, a água deve ser a sua bebida. Mas chás e cafés sem adoçante também são aceitos. Muitas pessoas pensam na Dieta Paleolítica como um modelo para basear sua dieta, não necessariamente como um conjunto rigoroso de regras que você deve seguir.

 

Cardápio completo da dieta paleolítica:

Café da manha:

Quem acompanha o mundo fitness, principalmente no instagram, com certeza já se deparou com uma omelete com bacon por aí. E é uma ótima opção de café da manhã paleo, experimente trocar o pão com margarina por uma omelete com bacon ou queijo, sacia muito mais, e de quebra aumenta a energia.

Almoço:

Vai de Bicho e Planta que não tem erro, hehe.Um exemplo: Filé de frango grelhado com salada e legumes. São infinitas combinações.

 

Jantar:

Mesma coisa. Aliás, quando eu fiz essa dieta, café, almoço e janta não existiam mais para mim. As vezes eu comia uma pratada de bife com ovos, acompanhada de uma tigela de vegetais, e não comia mais nada no dia. Enfim, o cardápio é individual, consulte um profissional para que não faltem nutrientes na sua alimentação.

como fazer a dieta paleolítica
como fazer a dieta paleolítica

Perguntas frequentes sobre a dieta paleolítica:

Quantas refeições devo fazer durante o dia?

Quantas você quiser. Com a introdução de um estilo alimentar com menos comida processada, e portanto mais rica em proteínas, fibras, e gorduras boas, é natural que seu apetite, aos poucos, diminua.

Além disso, faça quantas refeições desejar, sinta-se sempre saciado, lembrando que o mais importante é não ficar com fome a ponto de “beliscar” bobagens entre as refeições. Mas principalmente: não precisa se preocupar com intervalos – esqueça a mentira sobre “comer de 3 em 3 horas”. Inclusive você pode praticar jejum intermitente, se assim quiser.

 

Preciso ficar atento com a quantidade de gordura ingerida?

Não, afinal dificilmente você vai ingerir “gordura demais” comendo apenas a gordura natural dos alimentos – uma vez que isso já gera bastante saciedade. Por outro lado, não achamos nem um pouco necessário sair acrescentando manteiga e óleo de coco em tudo que você vê pela frente.

Inclusive tanto o excesso de gordura quanto a falta dela caracterizam erros comuns cometidos pelos iniciantes em low-carb. O que queremos dizer é o seguinte: a gordura natural dos alimentos não precisa ser temida. Isso inclui:

  • Carnes de todos os tipos;
  • Queijos gordurosos;
  • Frango com pele;
  • Peixes gordos;
  • Gema de ovo;
  • Oleaginosas;
  • Abacate;
  • Bacon;
  • Azeite;

Só não precisa adicionar gordura loucamente em seu café, por exemplo, como se isso fosse fazer mágica com seus resultados. Afinal de contas, o déficit calórico ainda é importante para que o emagrecimento aconteça.

dieta paleolítica
dieta paleolítica

Suplementos alimentares podem ser associados a dieta paleo?

Poder ou não poder na dieta paleolítica acaba sendo meio relativo. Como dissemos em outros comentários e no próprio texto, existem várias vertentes e variantes distintas, algumas mais abertas outras mais restritas.

No caso dos suplementos, por serem alimentos processados (algo não muito bem visto na maioria das vertentes paleo), podemos dizer que, na maioria das vezes, não seriam permitidos. Porém, se seu objetivo é a hipertrofia, inserir whey, albumina, BCAA ou mesmo creatina em sua dieta não irá prejudicar seus resultados, pelo contrário.

Já para quem visa o emagrecimento, whey protein e albumina seriam boas opções de lanches paleo/low-carb no lugar outras porcarias que poderiam vir a sua cabeça em momentos de fome entre almoço e jantar, por exemplo.

Gostou do post? Avalie!
[Total: 0 votos: ]

Formado em Comunicação Social, especialista em jornalismo digital e SEO, responsável por criar diversos projetos na internet, afim de levar conhecimento à todos sobre saúde, beleza, bem estar, natureza e entretenimento.

Deixe um comentário

xpornplease pornjk porncuze porn800 porn600 tube300 tube100 watchfreepornsex