Como Perder Barriga Amamentando!

Revisado por

Drª. Valeria Carneiro Graduada em Ginecologia e Obstetrícia!

Especialista do Dicas de Saúde

Como Perder Barriga Amamentando!
4.7 (94.88%) 566 voto[s]

Como Perder Barriga Amamentando sem prejudicar seu bebê. Além disso, perder barriga amamentando pode parecer ser difícil, mais na verdade não é. Exercícios, controle da quantidade das refeições e consumo saudável podem ajudar a mamãe Perder Barriga Amamentando. Pode levar de cinco a seis meses ou mais para perder todo o peso que adquiriu durante a gestação. No entanto, nesta fase é não é aconselhado fazer dietas muito restritas porque estas dietas podem prejudicar a amamentação. Veja Como Perder Barriga Amamentando sem prejudicar a sua amamentação:

Como Perder Barriga Amamentando
Como Perder Barriga Amamentando

1. Coma Regularmente:

O recomendado é comer a cada três horas. Isso diminuirá sua fome e fará com que controle mais facilmente as quantidades que come. Comer um lanche, como nozes, entre as refeições é um excelente modo de se controlar. Mesmo que queira Perder Barriga Amamentando, é necessário consumir uma quantidade adequada de calorias para manter sua saúde. Amamentar irá gastar, em média, 850 calorias por dia, mas tem que consumir o suficiente para satisfazer essa quantidade de calorias, mais a quantidade necessária para uma dieta saudável.

2. Beba o Máximo de Água que Puder para se Manter Hidratada:

Isso é particularmente importante se quiser fazer exercícios. Desidratação pode causar cansaço excessivo. Você será capaz de dizer se está bebendo água o suficiente devido à cor da sua urina. Se ela for amarelo-clara, está bem hidratada; se estiver com uma coloração mais escura, deve beber mais água.

3. Coma Bem:

No início e no final de cada mamada, o ideal é comer um iogurte ou um copo de suco sempre que vai amamentar e beber muita água durante todo o dia, porque ela ajuda a produzir leite e também a deixar o estômago ligeiramente cheio durante todo o dia e com a fome controlada.

4. Gaste Calorias:

Usar o canguru ou o sling também é uma espécie de musculação, mas andar de carrinho também é uma boa forma de gastar calorias, tonifica o abdômen, se distraindo longe da rotina cansativa de casa e também faz muito bem à mente e à auto-estima. 20 minutos de caminhada pode significar 100 calorias a menos.

5. Faça Exercícios que Trabalhem na área Abdominal, ou Core:

Trabalhar nos músculos de seu estômago rotineiramente irá ajudar a tonificar os músculos dessa região. Pilates oferece diversos exercícios para trabalhar seu core. Use fitas elásticas ou pesos para treinos de resistência e exercite-se em intervalos de alta intensidade. Entretanto, consulte primeiramente um médico, para saber quando é uma boa hora para começar a fazer os exercícios. Dependendo do tipo de gravidez e do parto, você pode ter que esperar um pouco mais além do resguardo para começar a exercitar seu abdome.

6. Faça Exercícios Aeróbicos Regularmente:

Um exercício fácil como caminhada pode resultar em um rápido e eficiente controle do peso para todo o corpo, incluindo na região abdominal. Pode fazer isso, inclusive, enquanto estiver passeando com seu bebê em um carrinho. De qualquer forma, não se exercite de forma muito agressiva. Isso pode causar ansiedade desnecessária para um corpo se recuperando de uma gravidez e de um parto.

7. Procure Dormir:

Ainda que esta tarefa possa parecer impossível nos primeiros dias, a recuperação saudável e rápida do seu corpo depende muito do seu descanso. Como o seu filho ainda não dorme uma noite inteira, é importante que você procure se adequar aos horários de soneca dele durante o dia para compensar a falta de horas dormidas à noite.

8. Evite Dietas Restritivas:

Por mais que você pense que deixar de comer vai ajudar na hora de recuperar o seu peso e forma antigos, infelizmente, é exatamente o contrário. Neste momento, o seu corpo precisa, ainda, de mais calorias do que precisava antes da gravidez, já que você está na fase de amamentação.

Por isso, fazer dietas restritivas compromete a qualidade do leite que você oferece ao seu filho, bem como o seu bem-estar. É importante saber também que a barriga protuberante pode ser devida ao seu útero que ainda está distendido, coisa que não pode ser resolvida com corte de calorias, mas somente com o tempo.

9. Mantenha a Amamentação:

É importante que você mantenha a amamentação do seu bebê por quanto tempo conseguir. Abdicar dela, além de prejudicar a saúde do seu filho, faz com que você perca muito menos calorias do que devia (produzir leite e amamentar queima até 700kcal por dia).

10. Tenha Paciência com os Resultados:

Não se frustre caso não consiga Perder Barriga Amamentando e conquistar a barriga que tinha antes da gravidez de uma maneira rápida. Cada coisa no seu tempo. Continue na persistência juntamente com os hábitos saudáveis que os resultados logo virão.

É recomendado aguardar, no mínimo, dois meses após o parto para tentar, efetivamente, emagrecer. Evite dietas da moda, limpezas, medicamentos para queimar gordura, tabletes de dietas e suplementos naturais. Esses itens são arriscados para qualquer um e extremamente arriscados durante a amamentação. Confira aqui este cardápio que preparamos para você Perder Barriga Amamentando:

Cardápio para Perder Barriga Amamentando:

Café-da-Manhã:

Opção 1:

  • 1 taça com 2 xíc. (chá) de cereal matinal integral;
  • 1 pote de iogurte desnatado (ou com frutas);
  • 1 banana picada;
  • 1 col. (sopa) de semente de
  • linhaça.

Opção 2

  • ½ papaia;
  • 4 torradas integrais;
  • 1 copo (250 ml) de suco de laranja;
  • 1 col. (sopa) de cream cheese ou;
  • 1 col. (sobremesa) de geléia sem açúcar;
  • ½ papaia.Lanche da Manhã:

Opção 1:

  • 1 torrada integral;
  • 1 fatia fina de queijo branco;
  • 1 copo (250 ml) de suco de maracujá.

Opção 2:

  • 1 castanha-do-pará;
  • 1 copo (250 ml) de água-de-coco;
  • 5 damascos secos.

Almoço:

Opção 1

  • 5 col. (sopa) de arroz com ervilha;
  • 1 xíc. (chá) de espinafre;
  • 1 prato (sobremesa) de salada de folhas, tomate, brócolis e milho;
  • 4 col. (sopa) de filé de carne em tiras ou frango refogado com cebola, cenoura e pimentão.

Opção 2

  • 4 col. (sopa) de arroz integral;
  • 1 prato (sobremesa) de salada de folhas, pepino, tomate-cereja e azeitonas pretas;
  • 4 col. (sopa) de carne moída refogada com ervilha e cenoura;
  • 3 col. (sopa) de feijão ou lentilha cozida.

Opção 3

  • 5 col. (sopa) de batata e mandioquinha sauté;
  • 1 prato (sobremesa) de salada de folhas verdes, repolho roxo, cenoura e mostarda;
  • 1 posta de salmão (ou outro peixe) assado, cozido ou grelhado;
  • 1 xíc. (chá) de cenoura refogada com vagem.

Lanche da Tarde:

Opção 1

  • 1 sanduíche de pão integral light;
  • 4 col. (sopa) de atum light;
  • alface e cenoura;
  • 1 copo (250 ml) de água-de-coco.

Opção 2

  • 2 col. (sopa) de granola sem açúcar;
  • 1 taça com 6 col. (sopa) de salada de fruta.

Opção 3

  • ½ copo de iogurte desnatado;
  • 1 banana picada;
  • 2 col. (sopa) de aveia.

Jantar:

Opção 1

  • 1 prato (sobremesa) de legumes grelhados (cenoura, abobrinha e berinjela);
  • 1 prato (sobremesa) de salada de agrião, soja ou milho, cenoura e gergelim;
  • 4 col. (sopa) de purê de mandioquinha;
  • 1 filé de peixe grelhado, cozido ou assado.

Opção 2

  • 4 col. (sopa) de arroz integral com cenoura;
  • 1 prato (sobremesa) de salada de folhas verdes, lascas de maçã e semente de linhaça;
  • 1 omelete (2 ovos, 6 fatias de peito de peru, tomate, manjericão).

Opção 3

  • 4 col. (sopa) de arroz integral com cenoura;
  • 1 prato (sobremesa) de salada de folhas;
  • 1 xíc. (chá) de brócolis ou couve refogada;
  • 1 frango ao forno com tomate picado, 1 fatia de queijo prato ou mussarela.

Opção 4

  • 4 col. (sopa) de arroz integral com milho e salsinha;
  • 1 prato (sobremesa) de salada de alface, rúcula, cubos de abacaxi e ricota esfarelada;
  • 1 xíc. (chá) de escarola refogada com tomate;
  • 1 espeto de frango com legumes (como pimentão, abobrinha, cebola).

Ceia

Escolha qualquer um dos itens abaixo:

  • 1 maçã cozida com canela;
  • 1 taça de gelatina com maçã picada;
  • 1 banana assada/cozida (no forno ou microondas) com canela;
  • 1 xíc. (chá) de camomila;
  • 2 torradas integrais com geléia diet;
  • 1 taça de salada de frutas.

Alimentos que a Ajudam Perder Barriga Amamentando:

Nesse tempo, os nutrientes essenciais são:

  • Proteína: Essa vai ser a base para a sua produção de leite, que deve ser consumida no almoço e no jantar. Prefira por carnes magras, peixes, aves, ovo, lentilha, feijão e ervilha.
  • Ômega 3: Significativo para o desenvolvimento visual e mental do bebe. Acrescente sardinha, atum, linhaça e salmão.
  • Vitamina B6: Auxilia na aspiração adequada das proteínas. Existente nas verduras verde-escuras (espinafre, couve, rúcula agrião), batata, banana e cereais integrais.
  • Cálcio: Proporciona o bom funcionamento dos músculos e nervos, fortalece os dentes e ossos. Consuma leite desnatado, iogurte, cottage, ricota, semente de girassol, vegetais escuros, e gergelim cru.

Vitamina C: amplia as defesas contra infecções. Exagere dos legumes e frutas.

Exercícios para Perder Perder Barriga Amamentando:

Abaixo vamos dar dicas sobre exercícios práticos que podem ser praticados em qualquer ambiente e utilizando somente o próprio peso do corpo:

Prancha:

É um exercício isométrico de grande intensidade que trabalha simultaneamente o abdome e a lombar. Para realizar o movimento apoie-se em seus cotovelos e na ponta dos pés, mantendo a coluna ereta e o abdome contraído, utilizando o máximo de tempo que conseguir.

Escalada Curta:

É um exercício que trabalha diversas partes do corpo ao mesmo tempo, principalmente abdome e bumbum. Para fazer, na posição de prancha, com as mãos apoiadas no solo e afastadas na largura dos ombros, mantenha o tronco reto. Leve um dos joelhos em direção ao peito e faço o mesmo com a outra perna alternadamente, na maior velocidade que conseguir.

Perder Barriga Amamentando

Agachamento:

Mesmo sem nenhum peso, o agachamento é um exercício essencial para panturrilhas, quadríceps e região do abdome e lombar. Além disso, ajuda no equilíbrio. Posicione-se de pé, com as pernas abertas na largura do ombro, e vá descendo o corpo completamente, jogando os quadris para trás, até praticamente sentar-se sobre os calcanhares ou tocar os quadris no chão. Os seus joelhos nunca devem ultrapassar a linha da ponta dos seus pés. Suba lentamente até quase a posição inicial, sem travar os joelhos e repita quantas vezes conseguir.

Abdominal Tradicional:

Esse tipo de exercício fortalece a musculatura do abdome. Além disso, melhora o condicionamento físico e acelera o metabolismo, o que gera um emagrecimento satisfatório. Para fazê-lo, deite com as costas encostadas no chão e com as pernas flexionadas, apontando os joelhos para o teto. Depois, levante a parte superior do corpo apenas com a força dos músculos abdominais, e depois desça.

Repita o movimento o máximo que conseguir. Não esqueça que para conseguir perder a barriga depois de sua gravidez e importante conciliar esses tipos de exercícios com as atividades aeróbicas e uma refeição saudável e balanceada.

Às vezes é complicado, especialmente quando se olha no espelho, mas tenha paciência e espere passar pelo menos 6 meses para enfrentar uma dieta mais restritiva sem comprometer o leitinho do bebê. Assim, o corpo vai estar mais equilibrado hormonalmente para responder bem ao sacrifício e emagrecer rápido depois do parto.

Emagrecer depois do parto não é tão fácil, especialmente quando, por algum motivo, a mãe não pode amamentar. Mas, algumas vezes, mesmo assim, depois do bebê nascer o estresse, o cansaço e as noite mal dormidas fazem com que o peso normal demore para ser alcançado.

0/5 (0 Reviews)
Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Valéria Carneiro

Drª. Valeria Carneiro Graduada na Universidade Federal de Minas Gerais em Medicina Especializada em Ginecologia e Obstetrícia, Pós Graduada no Departamento de Ginecologia na UNIFESP/ EPM a 2 anos, Experiencia clinica em patologias do trato genital feminino e foco em cirurgias ginecológicas como também especialista em partos normais e cirúrgicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

Como Fazer Chá de Morango – Pra que Serve, Benefícios e Dicas!

acido-ferulico-1

Ácido Ferúlico: O que é isso? Usos, Propriedades e Contra-indicações!