Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Dicas de Saúde Doenças Saúde Sintomas

Vasculite – O que é, Causas e Tratamentos

Vasculite – O que é, Causas e Tratamentos que não devemos ignorar. Além disso,  A Vasculite é uma inflamação de seus vasos sanguíneos. Provoca alterações nas paredes dos vasos sanguíneos, incluindo espessamento, enfraquecimento, estreitamento e cicatrizes. Essas mudanças restringem o fluxo sanguíneo, resultando em dano de órgãos e tecidos. Existem muitos tipos de Vasculite, e a maioria deles é rara. A Vasculite pode afetar apenas um órgão, como sua pele, ou pode envolver vários. A condição pode ser de curto prazo (aguda) ou duradoura (crônica).

A Vasculite pode afetar qualquer pessoa, embora alguns tipos sejam mais comuns entre certos grupos. Dependendo do tipo que você possui, você pode melhorar sem tratamento. Ou você precisará de medicamentos para controlar a inflamação e prevenir surtos. A Vasculite  também é conhecida como angiite e arterite.

Causas da Vasculite: A causa exata da Vasculite não é totalmente compreendida. Alguns tipos estão relacionados à composição genética de uma pessoa. Outros resultam do sistema imunológico atacando as células dos vasos sanguíneos por engano. Os possíveis gatilhos para esta reação do sistema imunológico incluem:

  • Infecções, como hepatite B e hepatite C
  • Câncer de sangue
  • Doenças do sistema imunológico, como artrite reumatoide, lúpus e esclerodermia
  • Reações a certas drogas
  • Os vasos sanguíneos afetados pela Vasculite podem sangrar ou inflamar-se. A inflamação pode fazer com que as camadas da parede do vaso sanguíneo se espessem. Isso reduz os vasos sanguíneos,
  • reduzindo a quantidade de sangue – e, portanto, oxigênio e nutrientes vitais – que atinge os tecidos e órgãos do seu corpo.

Diagnósticos da Vasculite: Seu médico provavelmente começará tomando seu histórico médico e realizando um exame físico. Ele ou ela podem fazer você passar por um ou mais testes e procedimentos de diagnóstico, como o seguinte:

  • Exames de sangue: Esses testes podem ser usados ​​para procurar sinais de inflamação, como um alto nível de proteína C-reativa. Uma contagem completa de células sanguíneas pode indicar se você tem glóbulos vermelhos suficientes. Um exame de sangue que busca certos anticorpos – o teste anti-neutrófilos de anticorpos citoplasmáticos – pode ser útil no diagnóstico de Vasculite.
  • Testes de urina: Esses testes podem revelar se sua urina contém glóbulos vermelhos ou tem muita proteína, o que pode sinalizar um problema médico.
  • Testes de imagem: As técnicas de imagem não invasiva podem ajudar a determinar quais os vasos sanguíneos e os órgãos afetados. Eles também podem ajudar o médico a monitorar se você está respondendo ao tratamento. Os testes de imagem para Vasculite incluem raios-X, ultra-som, tomografia computadorizada (TC), ressonância magnética (MRI) e tomografia por emissão de positrões (PET).
  • Raios-X de seus vasos sanguíneos (angiografia): Durante este procedimento, um cateter flexível, parecido com uma palha fina, é inserido em uma grande artéria ou veia. Um tingimento especial (meio de contraste) é então injetado no cateter, e os raios-X são tomados porque o corante enche estas artérias ou veias. Os contornos dos vasos sanguíneos são visíveis nas raios X resultantes.
  • Biopsia: Este é um procedimento cirúrgico em que seu médico remove uma pequena amostra de tecido da área afetada do seu corpo. O seu médico examina este tecido para detectar sinais de Vasculite.

Tratamentos da Vasculite: Seu tratamento será focado em controlar a inflamação com medicamentos e resolver qualquer doença subjacente que desencadeou sua Vasculite . Para a sua Vasculite, você pode passar por duas fases de tratamento – parar a inflamação e prevenir a recaída (terapia de manutenção).

Ambas as fases envolvem medicamentos prescritos. Quais drogas e quanto tempo você precisa para levá-las dependem do tipo de Vasculite, dos órgãos envolvidos e da gravidade da sua condição.

Algumas pessoas têm sucesso inicial com o tratamento, depois experimentam crises depois. Outros podem nunca ver sua Vasculite desaparecer completamente e precisar de tratamento contínuo.

Os medicamentos utilizados para tratar a Vasculite incluem:

  • Corticosteroides para controlar a inflamação. Seu médico pode prescrever um medicamento com corticosteróides, como prednisona ou metilprednisolona (Medrol). Estes ajudam a controlar a inflamação nos vasos sanguíneos afetados. Os efeitos colaterais dos corticosteróides podem ser graves, especialmente se você os leva por um longo tempo. Possíveis efeitos colaterais incluem ganho de peso, diabetes e desbaste ósseo (osteoporose). Se um corticosteroide for necessário para terapia de longo prazo (manutenção), você provavelmente receberá a menor dose possível.
  • Medicamentos para afetar o sistema imunológico. Se você não responder aos corticosteróides, seu médico pode prescrever medicamentos citotóxicos ou imunossupressores. Estes tipos de drogas matam ou diminuem a função das células do sistema imunológico causando a inflamação. Eles incluem azatioprina (Azasan, Imuran), metotrexato (Trexall, Rheumatrex) e ciclofosfamida. Possíveis efeitos colaterais da ciclofosfamida incluem risco aumentado de câncer, infertilidade e infecção. Portanto, mesmo que esta droga seja eficaz no controle da inflamação, nem sempre é a primeira escolha, especialmente para a terapia de longo prazo.

Rituximab (Rituxan) é uma opção segura e eficaz para o tratamento de alguns tipos de Vasculite. Rituximab provou ser uma boa opção para terapia de manutenção, a menos que você tenha tido hepatite B. Um efeito colateral do rituximab é um risco aumentado de reativação da hepatite B.

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.