Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Dicas de Saúde Doenças e Tratamentos Doenças ortopédicas Saúde Sintomas

Tendinite – Causas, Sintomas e Tratamentos

Tendinite – Causas, Sintomas e Tratamentos conheça. Além disso, a tendinite é uma doença inflamatória que atinge os tendões dos músculos e tem ganhado muita ‘fama’ nas últimas décadas. O aumento das linhas de produção e a consequente focalização do trabalhador em uma única tarefa contribuíram para que o índice de desenvolvimento da doença subisse muito. Logicamente esta não é a única e exclusiva causa da doença, mas sabe-se que a maioria dos casos de tendinite se deve aos movimentos repetitivos atribuídos a estes empregos.

A tendinite pode ser considerada, segundo as classificações atuais, tanto como uma Lesão por Esforço Repetitivo (L.E.R.) quanto como Doença Osteoarticular Relacionada ao Trabalho (D.O.R.T.). As LERs envolvem quaisquer doenças caracterizadas por lesões de tendões músculos e ligamentos que tenham como causa o esforço repetitivo da estrutura lesionada, seja por trabalho ou lazer. Já as DORTs são doenças que também envolvem lesões em tendões, ligamentos e músculos, mas que sejam necessariamente decorrentes do trabalho exercido.

As DORTs podem ser lesões por esforço repetitivo, mas não apenas isto, uma série de outros fatores pode desencadeá-la, e é importante estar atento aos sintomas e cuidados para evitar uma lesão persistente.

Causas da Tendinite: A tendinite é causada quando há esforço muito grande ou fragilização da área, acontece que os tendões mesmo tendo poder de elasticidade não são tão fortes quanto o osso ou os músculos. Caso a força exercida seja muito grande eles podem sofrer lesões, o que causa da tendinite. Algumas situações podem aumentar as chances de acontecimento do problema, a exemplo está:

  • Alongamento Muscular: O alongamento intenso pressiona o tendão de modo a provocar uma lesão, caracterizada pelo processo inflamatório.
  • Postura Inadequada: posturas inadequadas diminuem o espaço necessário para o bom funcionamento dos tendões, de modo que eles trabalhem de forma irregular . A longo prazo isso pode trazer o desenvolvimento da tendinite.
  • Movimentos Repetitivos: A operação de máquinas, uso de computadores e outras situações que envolvem o esforço repetitivo são os grandes vilões os tendões, além da tendinite pode causar a LER ( Lesão por esforço repetitivo).
  • Estresse: o fator psicológico de ansiedade ou tensão faz com que os músculos fiquem tensionados imperceptível, o resultado está a sobrecarga dos tendões que também precisam aguentar essa pressão.
  • Atividades Esportivas: Esportes e exercícios praticados de forma inadequada podem estirar os músculos e com isso provocar a tendinite
  • Doenças Auto-imunes: Neste tipo de doença o sistema de defesa do organismo não funciona de acordo não age no inicio das inflamações, por isso torna-se muito mais fácil de criar tendinite.
  • Pessoas Idosas: Quanto mais velho a pessoa pior é a circulação sanguínea, o que torna o tendão pouco irrigado e mais suscetível a inflamações.

Sintomas de Tendinite: A tendinite pode ocorrer em qualquer tendão do corpo, mas ela é mais frequente nos ombros, cotovelos, punhos e joelho, confira alguns sintomas:

Sintomas de Tendinite no Ombro, Cotovelo e Braço: A tendinite no braços, normalmente, surge devido a esforços repetitivos, como tocar instrumentos musicais por muitas horas seguidas, lavar roupa ou cozinhar, por exemplo. Os indivíduos que tem maiores chances de desenvolver uma tendinite no ombro são os atletas, músicos, telefonistas, secretárias, professores e as empregadas domésticas, por exemploOs sintomas da tendinite no ombro, braço ou antebraço incluem:

  • Dor num ponto específico do ombro ou antebraço, que pode irradiar para o braço.
  • Dificuldade em realizar algum movimento com o braço, como levantar os braços acima da cabeça e dificuldade em segurar objetos pesados com o braço afetado.
  • Fraqueza do braço e sensação de fisgadas ou cãibras no ombro.

Sintomas de Tendinite no Joelho: As pessoas que geralmente desenvolvem a tendinite no joelho são os atletas, professores de educação física e aqueles que passam muito tempo ajoelhados como as empregadas domésticas, por exemplo os sintomas da tendinite no joelho, também chamada de tendinite patelar, podem ser:

  • Dor na parte da frente do joelho, especialmente ao andar, correr ou saltar.
  • Dificuldade em realizar movimentos como dobrar e esticar a perna, subir escadas ou sentar em uma cadeira.

Sintomas de Tendinite no Pulso e Mão: Qualquer pessoa que tenha um trabalho onde faça esforço repetitivo com as mãos pode desenvolver uma tendinite no punho. Algumas situações que favorecem sua instalação são professores, operários, pintores e indivíduos que trabalham muito tempo com as mãos como aqueles que fazem peças de artesanato e outros trabalhos manuais. Os sintomas específicos da tendinite no punho ou mão são:

  • Dor localizada no punho que piora ao realizar movimentos com a mão.
  • Dificuldade em realizar certos movimentos com o punho por causa da dor.
  • Dificuldade de segurar um copo, por exemplo, devido a fraqueza dos músculos da mão.

Prevenir a Tendinite: A prevenção da tendinite é muito importante principalmente para as pessoas que se enquadram como população de risco. A exemplo as pessoas idosas, que trabalham com operações repetitivas ou então que tem doenças que mantenham o corpo vulnerável.

Nestas circunstâncias a prática de atividade físicas regulares, fisioterapia e uma alimentação saudável é importante para evita que o problema se desenvolva e também garantir a saúde como um todo. Em casa devem ser praticados exercícios de alongamento e movimentação das articulações com periodicidade.

Tratamento Para Tendinite: O diagnóstico da tendinite pode ser feito basicamente por exame físico acompanhado de exame de raio-X ou outro da preferência do médico. Em alguns casos, podem ser requisitado um exame de sangue, a fim de verificar possíveis doenças que estejam contribuindo para a inflamação.

Quanto mais cedo a tendinite for tratada, maiores as chances de melhora. O tratamento para a tendinite consiste em repouso, acompanhado de medicamentos anti-inflamatórios e outros que o médico julgar necessário.

Dependendo da localização da inflamação pode ser necessária imobilização temporária, com o tratamento adequado, geralmente a reabilitação é completa. É muito importante que o tipo e o tempo do tratamento sejam respeitados, pois o esforço feito antes do indicado pode piorar o quadro e causar lesões mais graves.

Obs: Sem o tratamento adequado, a tendinite pode levar a problemas mais graves, como a ruptura no tendão, que pode exigir uma cirurgia para reparação dos danos. Pode resultar, também, em outras lesões e na recorrência de tendinite.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.