Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Dicas de Saúde Dicas Variadas Doenças Saúde

Talassemia – Causas, Sintomas e Tratamentos

Talassemia – Causas, Sintomas e Tratamentos que poucos sabem. Além disso, a Talassemia, também conhecida como anemia do Mediterrâneo, é uma doença hereditária do sangue em que ocorre uma produção anormal de hemoglobina, substância que dá a cor vermelha ao sangue e que é responsável por transportar oxigênio para as células.

Assim, as pessoas afetadas pela Talassemia têm anemia constante, e os sintomas apresentados da Talassemia variam de acordo com o tipo e gravidade da Talassemia.

Os dois tipos principais de Talassemia, são Talassemia Alfa e Talassemia Beta, recebem seus nomes por causa das duas cadeias de proteínas que fabricam hemoblobinas normais. Os genes de cada tipo de Talassemia são passados dos pais para a criança. Tanto a a Talassemia Alfa quanto a Talassemia Beta tem formas leves e severas.

Causas da Talassemia: A Talassemia é causada por mutações no DNA das células que produzem a hemoglobina, substância em seus glóbulos vermelhos que transporta oxigênio por todo o corpo. As mutações associadas com Talassemia são passadas do pai ou mãe para os filhos.

As mutações que causam a Talassemia interrompem a produção normal de hemoglobina, causando baixos níveis de hemoglobina e uma alta taxa de destruição das células vermelhas do sangue, resultando em anemia.

Sintomas da Talassemia: Em geral, a forma minor da Talassemia, que é a forma mais leve da doença, causa apenas uma leve anemia e palidez, que normalmente não é percebida pelo paciente. No entanto, a forma major, que é o tipo mais forte da doença, pode causar:

  • Fadiga;
  • Irritabilidade;
  • Sistema imune fraco e vulnerabilidade à infecções;
  • Atraso no crescimento;
  • Respiração curta ou ofegante com facilidade;
  • Palidez;
  • Falta de apetite.

Tratamento da Talassemia: O tratamento da Talassemia é bem mais complicado. Inclui programa de transfusão sanguínea permanente, esplenectomia e uso de quelantes para retirar excesso de ferro resultantes das inúmeras transfusões. Quando o paciente da Talassemia dispõe de um doador de medula compatível, esse tipo de procedimento pode ser indicado.

Prevenir a Talassemia: Na maioria dos casos, a Talassemia não pode ser prevenida. Se você tem Talassemia ou carrega esse gene no seu organismo, considere procurar a ajuda de um geneticista ou hematologista antes de ter um filho. Ele poderá dizer se a criança terá mais ou menos risco de sofrer com a Talassemia.

Obs: Os sinais e sintomas que você enfrenta dependem do tipo e gravidade da Talassemia que você tem. Alguns bebês apresentam sinais e sintomas de Talassemia ao nascimento, ao passo que outros podem desenvolver sinais ou sintomas durante os primeiros dois anos de vida.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.