Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Dicas de Saúde Doenças e Tratamentos Sintomas

Sarcoma de Ewing – Causas, Sintomas e Tratamentos

Sarcoma de Ewing – Causas, Sintomas e Tratamentos que muitos não sabem. Além disso, o Sarcoma de Ewing é um tumor cancerígeno raro de osso ou tecido mole. Ocorre principalmente em jovens. No geral, afeta 1 em cada 1 milhão de americanos. Mas para adolescentes de 10 a 19 anos, isso atinge cerca de 10 casos por 1 milhão de americanos nesta faixa etária. Isso significa que cerca de 200 casos são diagnosticados nos Estados Unidos a cada ano. O sarcoma é nomeado pelo médico americano James Ewing, que primeiro descreveu o tumor em 1921. Não está claro o que causa o Ewing, portanto, não há métodos conhecidos de prevenção. A condição é tratável e, se capturada cedo, a recuperação total é possível.

O que Causa o Sarcoma de Ewing: A causa exata do Sarcoma de Ewing não é clara. Não é herdada, mas pode estar relacionada a mudanças não herdadas em genes específicos que ocorrem durante a vida de uma pessoa. Quando os cromossomos 11 e 12 trocam material genético, ele ativa um crescimento excessivo de células. Isso pode levar ao desenvolvimento do Sarcoma de Ewing. A pesquisa para determinar o tipo particular de célula em que o Sarcoma de Ewing se origina está em andamento.

Quem Está em Risco Para o Sarcoma de Ewing: Embora o Sarcoma de Ewing possa desenvolver-se a qualquer idade, mais de 50% das pessoas com a condição são diagnosticadas na adolescência. A idade mediana dos afetados é 15 .

Nos Estados Unidos, o Sarcoma de Ewing é nove vezes mais propensos a se desenvolver nos caucasianos do que nos afro-americanos. A American Câncer Society informa que o câncer raramente afeta outros grupos raciais.

Os machos também podem ser mais propensos a desenvolver a condição. Em um estudo de 1.426 pessoas afetadas pela Ewing, 59 por cento eram do sexo masculino e 41 por cento eram do sexo feminino.

Sintomas do Sarcoma de Ewing: O sintoma mais comum do Sarcoma de Ewing é dor ou inchaço na área do tumor. Algumas pessoas podem desenvolver um nódulo visível na superfície de sua pele. A área afetada também pode ser quente ao toque. Outros sintomas incluem:

  • Perda de apetite.
  • Febre.
  • Perda de peso.
  • Fadiga.
  • Sensação de indisposição geral ( mal-estar ).
  • Um osso que quebra sem um motivo conhecido.
  • Anemia.

Os tumores tipicamente se formam nos braços, pernas, pelve ou tórax. Pode haver sintomas específicos da localização do tumor. Por exemplo, você pode sentir falta de ar se o tumor estiver localizado no seu peito.

Tratamentos do Sarcoma de Ewing: O tratamento para o Sarcoma de Ewing depende de onde o tumor se origina, do tamanho do tumor e se o câncer se espalhou. Normalmente, o tratamento envolve uma ou mais abordagens, incluindo:

  • Quimioterapia.
  • Terapia de radiação.
  • Cirurgia.
  • Terapia de prótons direcionada.
  • Quimioterapia de alta dose combinada com transplante de células estaminais.

Opções de Tratamento Para Sarcoma de Ewing Localizado: A abordagem comum para um câncer que não se espalhou é uma combinação de:

  • Cirurgia Para Remover o Tumor.
  • Radiação para a área do tumor para matar todas as células cancerosas remanescentes.
  • Quimioterapia para matar possíveis células cancerosas que se espalharam, ou micro metastas.

Pesquisadores em um estudo de 2004 descobriram que uma terapia de combinação como essa foi bem sucedida. Eles descobriram que o tratamento resultou em uma taxa de sobrevivência de 5 anos de aproximadamente 89% e uma taxa de sobrevivência de 8 anos em torno de 82% . Dependendo do local do tumor, pode ser necessário um tratamento adicional após a cirurgia para substituir ou restaurar a função dos membros.

Opções de Tratamento para o Sarcoma Ewing Metastático e Recorrente: O tratamento para o Sarcoma de Ewing que tem metástase do site original é semelhante ao da doença localizada, mas com uma taxa de sucesso muito menor. Pesquisadores em um estudo de 2010 relataram que a taxa de sobrevivência de 5 anos após o tratamento para o Sarcoma de Ewing metastático era de cerca de 70%.Não há tratamento padrão para o sarcoma recorrente de Ewing. As opções de tratamento variam consoante o retorno do câncer e o tratamento anterior. Muitos ensaios clínicos e estudos de pesquisa estão em andamento para melhorar o tratamento do Sarcoma de Ewing metastático e recorrente. Esses incluem:

  • Transplantes de células estaminais.
  • Imunoterapia.
  • Terapia direcionada com anticorpos monoclonais.
  • Novas combinações de drogas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.