Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Dicas de Saúde

Os 8 Tipos de Transtornos de Ansiedade

Os Tipos de Transtornos de Ansiedade que não devem ser ignorados. Além disso, a Ansiedade é uma emoção normal do ser humano, comum ao se enfrentar algum problema no trabalho, antes de uma prova ou diante de decisões difíceis do dia a dia. No entanto, a Ansiedade excessiva pode se tornar uma doença, ou melhor, um Transtornos de Ansiedade.

Pessoas que sofrem de Transtornos de Ansiedade sentem uma preocupação e medo extremos em situações simples da rotina, além de alguns sintomas físicos, o que atrapalha suas atividades cotidianas, já que eles são difíceis de controlar. Então, confira agora Os 8 Tipos de Transtornos de Ansiedade:Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC): O transtorno obsessivo compulsivo é um dos principais Tipos de Transtornos de Ansiedade. O transtorno obsessivo compulsivo (TOC) caracteriza-se por dois tipos de manifestações: as obsessões ou idéias obsessivas e as compulsões ou rituais compulsivos. As obsessões são idéias ou imagens que vem à mente da pessoa independente de sua vontade repetidamente.

Embora a pessoa saiba que são idéias suas, sem sentido, não consegue evitar de pensá-las. São freqüentes idéias relacionadas a religião, sexo, duvidas, contaminação, agressão (por exemplo, a pessoa tem idéias repetidas de que suas mãos estão contaminadas por ter tocado em objetos “sujos”).As compulsões são atos ou rituais que o indivíduo se vê obrigado a executar para aliviar ou evitar as obsessões. Se a pessoa não executa o ato compulsivo ela fica muito ansiosa.

Os rituais são repetidos numerosas vezes, apesar da sensação que a pessoa tem de que não fazem sentido. Compulsões freqüentes são lavar as mãos, verificar se a porta está trancada ou a válvula do gás está fechada, questionar uma informação repetidamente para ver se está correta, executar minuciosamente uma série pré-programada de atos para evitar que aconteça algum mal a alguém, contar ou falar silenciosamente. Tanto as obsessões como as compulsões ocupam uma boa parte do tempo da pessoa, prejudicando ou dificultando seu dia a dia.

Agorafobia: Agorafobia é um dos piores Tipos de Transtornos de Ansiedade. A agorafobia é outro Transtornos de Ansiedade que, na maioria das vezes, está associado às crises de pânico. Formada por dois radicais gregos – ágora, nome dado às praças onde se realizavam trocas de mercadorias ou reuniões do povo e fobos, que quer dizer medo, – inicialmente, a palavra era empregada para indicar o medo que as pessoas sentiam em lugares abertos.

Hoje, o significado é muito mais amplo. Segundo o Manual de Diagnóstico e Estatística da Associação Psiquiatra Americana (DSM-IV), a palavra é usada para definir comportamentos de esquiva, que aparecem quando a pessoa se encontra em situações ou locais dos quais seria difícil ou embaraçoso escapar ou mesmo receber socorro se algo de errado acontecesse. Nos casos mais graves, a agorafobia compromete a vida social e profissional dos pacientes.

Transtorno de Pânico: O transtorno de pânico é um dos Tipos de Transtornos de Ansiedade que causa crises repentinas e repetidas de Ansiedade, medo ou terror severos, que atingem o pico em questão de minutos. Isso é conhecido como um ataque de pânico. Aqueles que experimentam um ataque de pânico podem experimentar:

  • Sentimentos de perigo iminente
  • falta de ar
  • dor no peito
  • Batimentos cardíacos rápidos ou irregulares que parecem agitar ou bater (palpitações)

Os ataques de pânico podem causar preocupação sobre a ocorrência novamente ou tentar evitar situações nas quais eles já ocorreram.

Transtorno de Ansiedade Generalizada (GAD): O transtorno da Ansiedade generalizada é um dos piores Tipos de Transtornos de Ansiedade. Pois, segundo o manual de classificação de doenças mentais (DSM.IV), é um distúrbio caracterizado pela “preocupação excessiva ou expectativa apreensiva”, persistente e de difícil controle, que perdura por seis meses no mínimo e vem acompanhado por três ou mais dos seguintes sintomas: inquietação, fadiga, irritabilidade, dificuldade de concentração, tensão muscular e perturbação do sono.

Transtorno de estresse pós-traumático (TEPT): O transtorno do estresse pós-traumático (TEPT) pode ser definido como um Transtornos de Ansiedade caracterizado por um conjunto de sinais e sintomas físicos, psíquicos e emocionais. Esse quadro ocorre devido à pessoa ter sido vítima ou testemunha de atos violentos ou de situações traumáticas que representaram ameaça à sua vida ou à vida de terceiros.

Quando ele se recorda do fato, revive o episódio como se estivesse ocorrendo naquele momento e com a mesma sensação de dor e sofrimento vivido na primeira vez. Essa recordação, conhecida como revivescência, desencadeia alterações neurofisiológicas e mentais.

Fobias Específicas: As fobias específicas é um dos Tipos de Transtornos de Ansiedade que consistem em um medo de um objeto ou circunstância específica, tais como: medo de animais, alturas, agulhas, espaços fechados, lesões, água, tempestades e / ou morte. Se você tem uma fobia específica, você só sentirá os sintomas quando você pensar ou experimentar esse objeto ou situação específica.

Mutismo seletivo: O mutismo seletivo é um dos Tipos de Transtornos de Ansiedade que acomete crianças de todas as idades,  caracteriza-se por uma incapacidade da criança em falar em alguns locais (escola, festas, rua), em algumas situações e com algumas pessoas, inclusive da própria família. Essas crianças compreendem a linguagem e são capazes de falar com toda normalidade em lugares onde se sentem seguros e confortáveis, como exemplo, em casa e com pessoas de seu círculo mais íntimo, tais como, pais e irmãos.

O fato de não falar em determinadas situações não significa que estão querendo chamar atenção ou controlar o ambiente, mas sim em demonstrar o grau de Ansiedade e vergonha que sofrem, e essas emoções as inibe de falar e expressar seu comportamento não-verbal. Normalmente, elas apresentam dificuldade em olhar nos olhos, dificuldade em sorrir, de se expressar em público, de ir ao banheiro, em comer na escola.

A percepção dessas crianças é que estão sendo observadas constantemente, por isso, seus movimentos ficam paralisados como estátua cada vez que elas se sentem avaliadas. Embora seja considerado um transtorno raro, sendo encontrada em menos de 1% dos indivíduos vistos em contextos de saúde mental, observamos no contexto clínico, uma incidência cada vez maior no Brasil.

Distúrbio de Ansiedade de Separação: Ansiedade de separação é um dos principais Tipos de Transtornos de Ansiedade. A Ansiedade de separação é um medo excessivo e intenso de perder um dos pais que acarreta um sofrimento significativo e prejuízos importantes nas relações sociais, rendimento escolar e na dinâmica familiar. Quando não estão na companhia dos pais estas crianças apresentam-se muito ansiosas. Fatores biológicos e ambientais contribuem para a ocorrência deste transtorno.

Crianças com predisposição genética para a Ansiedade têm maior chance de apresentar este transtorno, principalmente quando vivem em um ambiente estressante, possuem famílias ansiosas ou passaram por alguma situação traumática. O comportamento da família influencia significamento o desenvolvimento da personalidade da criança.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.