Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Dicas de Saúde Doenças e Tratamentos

Os 8 Principais Sintomas do Beribéri

Os Principais Sintomas do Beribéri que todos devem ficar atentos. Além disso, a Beribéri é considerada uma doença que deixa a pessoa fraca e dependendo do estágio que ela se apresenta pode chegar a ser fatal, caso raro. Sendo provocada pela falta de vitamina B1 (tiamina) no organismo, causada principalmente por uma série de alterações nervosas, cardíacas e cerebrais. Quando o organismo apresenta uma deficiência dessa vitamina, o Beribéri surge. Está doença que é rara em países desenvolvidos, nos quais a maior parte dos alimentos são enriquecidos com as vitaminas necessárias. Então, confira Os 8 Principais Sintomas do Beribéri:

Sintomas do Beribéri: Os sintomas podem levar de dois a três meses para se manifestar. Existem dois tipos de Beribéri: o cardíaco, também chamado de molhado, que manifesta-se por taquipneia (respiração acelerada) após exercícios físicos, taquicardia, apneia (acordar sem ar) e pernas inchadas; e o nervoso ou seca que apresenta fraqueza muscular, perda da sensibilidade dos pés e das mãos, dor, dificuldade para falar, vômito, confusão mental, movimentos involuntários do olhos, paralisia e alterações nervosas que começam com uma sensação de formigamento nos dedos dos pés, tornando-se particularmente intensa à noite, câimbras musculares na panturrilha e dor nas pernas e nos pés. Em casos mais severos a doença pode evoluir para a Síndrome de Wernicke-Korsakoff.

  • Perda de apetite
  • Cansaço
  • Irritabilidade
  • Dores musculares
  • Dores nos membros
  • Inchaço das articulações
  • Paralisia da mão
  • Paralisia pé
  • Problemas cardíacos

Causas do Beribéri: O Beribéri é causado pela falta de vitamina B1 (tiamina) no organismo. Uma das causas de deficiência de vitamina B1 é a inibição da sua absorção pelo fungo Penicillium citreonigrum, mas outras enzimas, encontradas em peixes de rio, também podem causar idêntica deficiência. De um modo geral, as deficiências de vitamina B1 se dão por dieta carente de fontes dessa vitamina, baixa absorção dela pelo intestino, diarreias prolongadas ou por hipertireoidismo, gravidez e febre.

Diagnóstico do Beribéri: Um exame físico pode mostrar sinais de Beribéri através de: alterações no modo de andar, problemas de coordenação motora, reflexos diminuídos e pálpebras caídas. Exames sanguíneos podem medir diretamente a concentração de vitamina B1 no sangue, um exame de urina pode revelar se o problema é uma má absorção ou a falta da vitamina.

Tratamento do Beribéri: O tratamento consiste na administração da vitamina B1 em uma dosagem superior à dose diária recomendada durante 2 a 3 dias. Posteriormente, a vitamina é administrada pela via oral até a completa remissão dos sintomas da doença. A intensidade do tratamento depende do quadro do paciente caso a doença se encontre em estágio avançado o recomendado é administrar doses de vitamina B1 numa quantidade 10 vezes maior do que a diariamente recomendada durante 3 dias.

Esta vitamina não é tóxica podendo, assim, ser ingerida o quando quiser, e seu corpo aproveitará apenas a quantidade que for necessária. O consumo elevado indicado em casos de Beribéri é somente para burlar os casos onde há insuficiência no aproveitamento da vitamina, como quando o paciente não consegue absorvê-la adequadamente.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.