Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Dicas de Saúde Doenças

Os 7 Principais Sintomas de Rubéola

Os Principais Sintomas de Rubéola que muitos ignoram é preocupante, muitas vezas relacionado a falta de informação. Além disso, também conhecida como sarampo alemão, a rubéola é uma virose ou doença infecto-contagiosa muito comum no período da infância, mas que também pode ocorrer em adultos não vacinados ou que não tiveram a doença quando crianças. Normalmente, as infecções por estes vírus produzem imunidade permanente, ou seja, ocorre apenas uma vez na vida.

Transmitida por via respiratória, a rubéola é causada por um vírus RNA chamado Togavírus. As epidemias de rubéola geralmente ocorrem em ciclos de 06 a 10 anos, no período do inverno e da primavera, atingindo principalmente crianças em idade escolar até 9 anos e adolescentes após a vacinação.

Causas de Rubéola: A rubéola é causada pelo vírus Rubella vírus e é transmitida de pessoa para pessoa, por meio do espirro ou tosse, sendo altamente contagiosa. Uma pessoa com rubéola pode transmitir a doença a outras pessoas desde uma semana antes do início da erupção até uma a duas semanas depois de seu desaparecimento. Ou seja, uma pessoa pode transmitir a doença antes mesmo de saber que tem rubéola. A doença também pode ser congênita, podendo ser transmitida de mãe para filho ainda durante a gravidez. Então, confira agora Os 7 Principais Sintomas de Rubéola.

Sintomas de Rubéola: Os principais sintomas da rubéola costumam ser leves e difíceis de serem notados, especialmente em crianças. Quando surgem, os sinais da doença demoram geralmente de duas a três semanas após a exposição com o vírus para se manifestar e duram, em média, de dois a três dias. O principal deles é o surgimento de erupções vermelhas pela pele, que aparecem primeiramente no rosto e depois vão se espalhando pelo tronco, braços e pernas. Entre os outros sintomas da rubéola estão:

  • Febre leve.
  • Dor de cabeça.
  • Congestão nasal.
  • Inflamação nos olhos (avermelhados).
  • Surgimento de nódulos na região da nuca e atrás das orelhas.
  • Desconforto geral e sensação de mal-estar constante.
  • Dor muscular e nas articulações.

Como Tratar a Rubéola: O tratamento para rubéola é feito de forma a controlar os sintomas da doença. Indica-se o uso de Paracetamol para diminuir as dores e a Febre, além de repouso e hidratação para que a pessoa se recupere mais rápido. A pessoa que está com rubéola deve permanecer em repouso e isolado do contato com os demais membros da família, e as suas roupas e objetos de uso pessoal devem ser separados até que a Febre cesse e que as erupções desapareçam.

Crianças que nasceram com rubéola congênita porque foram contaminadas durante a gestação devem ser acompanhadas por uma equipe de médicos porque existem diversas complicações que podem estar presente. Assim, além do pediatra as crianças devem ser vistas por especialistas e por fisioterapeutas que podem ajudar no seu desenvolvimento motor e cerebral.

A prevenção da rubéola pode ser feita através da aplicação da vacina tríplice-viral, que protege contra a caxumba, sarampo e rubéola. Esta vacina faz parte do calendário básico de vacinação das crianças, mas adultos não vacinados também podem tomar esta vacina, com exceção das grávidas.

Obs: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas para fins informacionais, não podendo, jamais, serem utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.