Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Dicas de Saúde Doenças e Tratamentos

Os 7 Principais Sintomas da Gengivite

Antes de ler o Artigo, Curta-nos Abaixo!

Os 7 Principais Sintomas da Gengivite são bem comuns e isso faz com que a identificação da Gengivite seja dificultada. Além disso, caso você sofra de inflamação das gengivas. Quando micróbios e bactérias acumulam-se na boca podemos experimentar algumas condições, tais como cáries, doenças periodontais e/ou gengivas inflamadas, conhecida como Gengivite. No entanto, esse problema pode também ser causado por danos à gengiva, até mesmo pela escovação ou fio dental.

O que é a Gengivite: A Gengivite é uma inflamação da gengiva, é o estágio inicial da doença da gengiva e a mais fácil de ser tratada. A causa direta da doença é a placa – uma película viscosa e incolor de bactérias que se forma, de maneira constante, nos Dentes e na gengiva.

Se a placa não for removida pela escovação e uso de fio dental diários, ela produz toxinas (ácidos) que irritam a mucosa da gengiva causando a Gengivite. Neste estágio inicial da doença gengival, os danos podem ser revertidos, uma vez que o osso e o tecido conjuntivo que segura os dentes no lugar ainda não foram atingidos. Entretanto, se a Gengivite não for tratada, ela pode evoluir para uma periodontite e causar danos permanentes aos dentes.

Sintomas da Gengivite: A Gengivite pode ocorrer em qualquer idade, mas é mais comum entre os adultos. Se for detectada no seu estágio inicial, a Gengivite pode ser revertida – portanto, visite seu dentista se notar qualquer um dos seguintes sintomas:

  • Gengiva vermelha, intumescida ou inchada, ou flácida.
  • Gengiva que sangra durante a escovação ou o uso do fio dental.
  • Dentes que parecem mais longos devido à retração da gengiva.
  • Gengiva que se separam ou se afastam dos dentes, criando uma bolsa.
  • Mudanças na forma como seus dentes se encaixam quando você morde.
  • Secreção de pus ao redor dos dentes e na bolsa gengival.
  • Mau hálito constante ou gosto ruim na boca.

Causas da Gengivite: A Gengivite é a primeira fase da doença periodontal, que consiste em uma inflamação e infecção que provoca alterações nos tecidos que dão sustentação aos dentes, como as gengivas, ligamentos e osso alveolar – o tecido ósseo que circunda as raízes dos dentes.

A Gengivite é, algumas vezes, o resultado dos efeitos do acúmulo de placa no longo prazo – embora a doença possa ser notada bem antes também. A Gengivite costuma ser causada por higiene deficiente ou mal orientada. A placa, ou biofilme, em termos médicos, é um material grudento feito de bactérias, muco e resíduos de comida que se desenvolve na parte exposta dos dentes. É também a maior causa de cárie dentária.

Se a placa não for removida, ela se transforma em um depósito duro chamado de tártaro, que fica preso no dente. As bactérias e as toxinas produzidas pela placa e pelo tártaro irritam as gengivas e as deixam inchadas e sensíveis.

Danos à gengiva podem ser resultantes de inúmeras causas. Até mesmo a escovação excessiva ou a limpeza vigorosa com fio dental podem causar Gengivite. Além disso, mudanças hormonais também podem aumentar o risco de desenvolver essa inflamação, pois deixam as gengivas mais sensíveis. Gengivite costuma aparecer muito em adolescentes no início da puberdade, jovens no começo da idade adulta e em mulheres grávidas.

Dentes desalinhados, pontas de obturação ásperas ou aparelhos mal encaixados ou mal limpas, como aparelhos e dentaduras, podem irritar as gengivas e elevar o risco da inflamação. Também estão relacionados à Gengivite o uso de medicamentos como fenitoína e pílulas anticoncepcionais, além de metais pesados a exemplo do chumbo e do bismuto.

Tratamento Para a Gengivite: Mesmo sendo complicações que atingem toda a região da gengiva, existem cuidados diferenciados para cada tipo. O profissional explica as medidas mais indicadas pelos dentistas. Na Gengivite, o tratamento é bem simples consistindo em instruções de higiene oral, um bom controle de placa por parte do paciente e profilaxia. Na periodontite, além das mesmas orientações, deve-se fazer a raspagem supra e sub-gengival para evitar a progressão da doença.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.