Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Dicas de Saúde Doenças e Tratamentos

Os 3 Principais Sintomas da Hidrocele Testicular

Os Principais Sintomas da Hidrocele Testicular que todos devem ficar atentos. Além disso, a Hidrocele Testicular é uma pequena bolsa preenchida por líquido que surge dentro do escroto, em volta de um testículo. Embora seja um problema que surge mais frequentemente em bebês, também pode acontecer em adultos, especialmente após os 40 anos. Normalmente, a Hidrocele Testicular não provoca dor ou qualquer outro sintoma além do inchaço do escroto e, por isso, também não provoca lesões nos testículos, desaparecendo quase sempre sem necessitar de tratamento. Então, confira Os 3 Principais Sintomas da Hidrocele Testicular:

O que é Hidrocele Testicular: Hidrocele Testicular é a presença de líquido em quantidades anormais dentro do escroto e envolvendo o testículo, que pode ser tanto unilateral quanto bilateral.

Sintomas da Hidrocele Testicular: Uma Hidrocele Testicular geralmente vem acompanhada de um inchaço indolor em um ou em ambos os testículos. Adultos com este problema podem reclamar de um desconforto na região escrotal. Nestes casos, pode haver dor dependendo do tamanho da inflamação.

Causas da Hidrocele Testicular: A Hidrocele Testicular pode se desenvolver antes mesmo do nascimento. Nos fetos, os testículos ficam situados no abdômen, em uma região chamada de retroperitônio. Conforme o feto cresce, no entanto, os testículos migram para baixo em direção ao saco escrotal. Cada testículo, ao entrar no escroto, carrega algumas camadas de peritônio (que reveste o abdômen). Essas camadas contém um líquido específico, que serve para lubrificar o testículo, permitindo que ele possa ser móvel dentro do escroto.

O trajeto percorrido pelos testículos, do retroperitônio até o saco escrotal, se fecha com o passar do tempo. Quando isso não ocorre, uma quantidade maior de fluido tende a ser formada ao redor do testículo (proveniente da cavidade abdominal), formando, assim, uma Hidrocele Testicular.

Fatores de Risco Hidrocele Testicular: A maioria das Hidroceles Testiculares ocorre em bebês recém-nascidos. Neste grupo, o principal fator de risco é o nascimento prematuro. Crianças que nasceram prematuramente têm maior chance de desenvolver Hidrocele Testicular.

No adulto, as Hidrocele Testicular afetam principalmente os homens com idade superior a 45 anos. Os fatores de risco para o desenvolvimento de uma Hidrocele Testicular nesta fase da vida incluem lesões, infecções (incluindo DSTs) e até mesmo tumores.

Diagnóstico da Hidrocele Testicular: O diagnóstico é geralmente simples nas crianças. A confirmação do conteúdo líquido se faz com a ajuda de uma técnica de transiluminação, que utiliza uma luz iluminando um lado da bolsa, quando se vê a passagem do raio luminoso através da bolsa. Pode haver um retorno espontâneo à normalidade nos primeiros anos de vida. A transiluminação permite também fazer o diagnóstico do Hidrocele Testicular no adulto. Diante de uma suspeita de cisto, uma ultrassonografia testicular é realizada.

Tratamento da Hidrocele Testicular: Na maior parte dos casos, nas crianças, um acompanhamento clínico é efetuado para observar a evolução do cisto, uma vez que o caráter benigno da lesão tenha sido constatado. O desaparecimento se faz geralmente no primeiro ano, mas, em caso de persistência e de incômodo importante, uma intervenção cirúrgica pode ser realizada, geralmente a partir dos sete anos. A Hidrocele Testicular vaginal do adulto deve ser operada se a causa identificada não puder ser tratada.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.