Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Dicas de Saúde Doenças e Tratamentos

Os 6 Principais Sintomas da Herpes Genital

Os Principais Sintomas da Herpes Genital que todos devem ficar atentos. Além disso, a Herpes Genital é uma doença sexualmente transmissível que se pega através do contato íntimo vaginal, anal ou oral e é mais frequente em adolescentes e adultos com idade entre os 14 e os 49 anos, devido à realização de contato íntimo sem camisinha. Então, confira Os 6 Principais Sintomas da Herpes Genital:

O que é Herpes Genital: O Herpes Genital é uma doença sexualmente transmissível (DST) transmitida por vírus e que ataca a pele ou as membranas mucosas dos genitais.

Sintomas da Herpes Genital: 

  • Surgimento de manchas vermelhas e bolhas esbranquiçadas após a infecção;
  • Aparecimento de irritações e dores em torno de dois a dez dias após a contaminação;
  • Lesões e erupções nas regiões genitais;
  • Pequenas bolhas agrupadas nas regiões genitais;
  • Dor e possível sangramento ao urinar;
  • Há formação de cascas no momento da cicatrização;
  • Ínguas que causam sensibilidade na área da virilha;
  • No caso das mulheres, pode haver corrimento vaginal e dificuldade para urinar.

Como se Pega o Herpes Genital: A transmissão geralmente acontece através do contato íntimo sem camisinha, devido ao contato direto com as bolhinhas provocadas pela herpes. No entanto, também pode acontecer mesmo com o uso de preservativo, uma vez que as lesões podem ficar descobertas durante o contato.
Além disso, o contágio também pode ocorrer da mãe para o bebê durante o parto normal, especialmente se, durante o trabalho de parto, a mulher apresentar as feridas do herpes.

Prevenção da Herpes Genital: A melhor forma de se prevenir Herpes Genital e outras doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) é fazendo uso de preservativos durante atos sexuais. A única forma 100% garantida de não se contrair nenhum tipo de DST é não manter relações sexuais, então quanto mais cuidado tiver durante o ato, melhor.

Tratamento Para Herpes Genital: Ainda não há cura para Herpes Genital, mas o tratamento pode ajudar a evitar a recorrência da doença e impedir que ela cause complicações mais graves e que se espalhe pelo corpo. Acompanhamento médico pode, também, agir para amenizar os sintomas e para não transmitir herpes para outras pessoas.

O tratamento é feito basicamente por meio de medicamentos antivirais, que aliviam a dor e o desconforto causados durante uma crise, curando as lesões com maior rapidez. Para crises recorrentes, comece a tomar o medicamento assim que o formigamento, a queimação ou a coceira começar, ou assim que você notar o aparecimento de bolhas.

As pessoas que têm muitas crises podem tomar esses medicamentos diariamente durante um tempo. Isso pode ajudar a evitar crises e a diminuir sua duração. Isso pode diminuir a chance de transmitir herpes para outra pessoa.

Mulheres grávidas podem receber tratamento contra herpes durante o último mês de gestação para diminuir as chances de ter uma crise no momento do parto. Se houver uma crise no momento do parto, será recomendada uma cesariana para diminuir a possibilidade de infecção do bebê.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.