Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Dicas de Saúde Doenças e Tratamentos

Os 5 Sintomas de Pedras nos Rins que Você Desconhece

Os 5 Sintomas de Pedras nos Rins que Você Desconhece são variados e podem ser de grande ajuda no tratamento contra as Pedras nos Rins. Além disso, as pedra nos rins, também chamada de cálculo renal, é uma massa semelhante a pedras que podem-se formar em qualquer local do sistema urinário.

Geralmente, as Pedras nos Rins são eliminadas através da urina, sem causar sintomas, mas em alguns casos as Pedras nos Rins pode ficar presa nos canais da urina, gerando dor intensa e sangue na urina. O tratamento contra as Pedras nos Rins é feito, geralmente, com ingestão de líquidos e ingestão de remédios, podendo nos casos mais graves ser necessária a realização de cirurgia.

Tipos de Pedras nos Rins: Existem quatro tipos de Pedras nos Rins, sendo que um se diferencia do outro no que diz respeito à sua formação e principais características. Os tipos de Pedras nos Rins existentes são:

  • Cálculos de Cálcio: São os mais comuns. Ocorrem mais frequentemente em homens do que em mulheres e aparecem e aparecem no geral entre 20 e 30 anos. Tendem a reaparecer após tratamento. O cálcio pode combinar-se com outras substâncias, como o oxalato, o fosfato ou o carbonato para formar as Pedras nos Rins. Algumas doenças do intestino delgado, dietas ricas em vitamina D e distúrbios metabólicos aumentam o risco de formação das Pedras nos Rins de oxalato e cálcio.
  • Cálculos de Cistina: Estes podem aparecer em pessoas que têm cistinúria, uma doença renal hereditária e que afeta tanto homens quanto mulheres.
  • Cálculos de Estruvita: Encontrados principalmente em mulheres com infecção do trato urinário. Essas Pedras nos Rins podem crescer muito e bloquear o rim, o ureter ou a bexiga.
  • Cálculos de Ácido úrico: Correspondem a 7% de todos as Pedras nos Rins tratadas. Formam-se principalmente em pacientes que têm ácido úrico elevado. São mais frequentes em homens do que em mulheres. Podem, ainda, ocorrer juntamente com dietas  ricas em proteína, gota ou quimioterapia. Fatores genéticos também podem contribuir para o surgimento de Pedras nos Rins deste tipo.
  • Outros Tipos: Os outros tipos de Pedras nos Rins também podem ser formados, mas são muito raros.

Sintomas de Pedras nos Rins que Você Desconhece: Nem todos os casos de Pedras nos Rins são acompanhados por sintomas visíveis. Quando o tamanho da Pedras nos Rins é muito pequena, geralmente os sintomas não se manifestam e a Pedras nos Rins é eliminada através da urina. Para as Pedras nos Rins maiores, os sintomas podem ser evidentes e irritantes. Então confira agora Os 5 Sintomas de Pedras nos Rins que Você Desconhece:

  • Dor repentina e Constante: A presença de Pedras nos Rins pode causar uma dor intensa no lado direito ou esquerdo, costas, virilha ou órgãos genitais (dor no pênis ou na vagina). Por vezes poderá sentir uma dor semelhante a cãibras chamada de cólica renal porque a parede muscular do ureter se contrai para empurrar a Pedras nos Rins para a bexiga. As cólicas podem ocorrer no lado esquerdo ou no centro do abdome. Às vezes também podem se irradiar para a virilha. As dores podem ser tão fortes que podem até impedir a execução dos movimentos normais como ficar sentado ou em pé.
  • Presença de Sangue na Urina (Hematúria): Pode haver alguns vestígios de sangue na urina. Às vezes, eles são visíveis ou podem ser detectados através de exames laboratoriais. O sangue na urina é um indicador do dano na parede do tecido do ureter perto ou dentro do rim.
  • Micção Freqüente e Dolorida: Este sintoma ocorre quando a pedra está no ureter ou tenha saído da bexiga. A infecção do trato urinário pode ser acompanhada de dor ao urinar.
  • Dor com Febre e Calafrios: Em caso de febre com dor, converse com seu médico, ele pode prescrever medicamentos adequados (geralmente antibióticos). É possível realizar testes de urina para descobrir se existem células brancas do sangue, neste caso, é provável que o paciente tenha uma infecção.
  • Dor com Vômito e Náusea: A náusea e o vômito, juntamente com a dor de barriga, aos quadris ou nas costas podem representar uma situação grave. Neste caso você deve conversar com o médico imediatamente. Também são observados outros sintomas como inapetência, transpiração, fraqueza, urina colorida (rosa vermelha ou escura), malcheirosa, bolhas na urina, incapacidade de urinar, etc.

Tratamento Para as Pedras nos Rins: Geralmente, as Pedras nos Rins menores que 0,5 cm costumam sair espontaneamente pela urina. As que medem entre 0,5 e 0,9 cm têm dificuldade de serem expelidas. Podem até sair, mas custam muito. As Pedras nos Rins maiores que 1,0 cm são grandes demais e não passam pelo sistema urinário, sendo necessária uma intervenção médica para eliminá-los.

Estas Pedras nos Rins grandes podem ficar impactadas no ureter, provocando uma obstrução à drenagem da urina e consequente dilatação do rim, a qual damos o nome de hidronefrose. A urina não consegue ultrapassar a obstrução e acaba ficando retida dentro do rim. As hidronefroses graves devem ser corrigidas o quanto antes, pois quanto maior o tempo de obstrução, maiores as chances de lesões irreversíveis do rim obstruído. Para facilitar a eliminação das Pedras nos Rins com menos de 1,0 cm, mediamentos como a tansulosina ou a nifedipina por até 4 semanas podem ser usados.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.