Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Dicas de Saúde Efeitos Colaterais

Os 5 Efeitos Colaterais de Pílulas de Resistência

Os 5 Efeitos Colaterais das Pílulas de Resistência são variados pois as Pílulas de Resistência é bastante curiosa. Além disso, você provavelmente já ouviu falar dos eletrólitos. Eles são o motivo das bebidas esportivas serem tão populares!

Você pode até tomar Pílulas de Resistência ou pílulas de eletrólito como uma opção mais fácil. Mas é seguro? Os eletrólitos são cruciais para a hidratação, juntamente com a função nervosa e muscular. No entanto, como todas as coisas, o excesso pode causar danos. Tomar comprimidos de resistência pode elevar os níveis instantaneamente e causar sérios efeitos colaterais.

Quais são as Pílulas de Resistência: As Pílulas de Resistência são projetadas para melhorar o corpo. Muitas vezes, elas contêm taurina e vitamina B6, que lhe proporcionam energia. Os eletrólitos também são utilizados para reduzir as cãibras musculares e auxiliar a hidratação. Elas também possuem minerais como o sódio, cálcio, cloreto, potássio e magnésio.

Você perde os eletrólitos sempre soa. Isso faz com que os níveis de líquido sofram um desequilíbrio, levando a sintomas como fraqueza e espasmos musculares. As Pílulas de Resistência são destinadas para evitar tal situação, fazendo com que os níveis eletrólitos voltem ao normal.

Essas Pílulas de Resistência são atraentes para os atletas que desejam melhorar seu desempenho esportivo. Caso não esteja utilizando de forma responsável, isso pode levar a esses cinco efeitos colaterais.
5 Efeitos colaterais de comprimidos de resistência

Hipercalemia: Os comprimidos de resistência podem sobrecarregar o corpo com potássio. Isso pode levar à hipercalemia ou níveis elevados de potássio no sangue. Possíveis sintomas incluem náuseas, dormência, irritabilidade, fraqueza muscular, cólicas estomacais e diarreia. O potássio também controla o músculo cardíaco, portanto, os níveis elevados podem levar a uma frequência cardíaca mais lenta ou ao desmaio. Por isso ela é um dos Efeitos Colaterais das Pílulas de Resistência.

A hipercalemia nem sempre apresenta sintomas. Tomar Pílulas de Resistência irá piorar a situação. O risco de hipercalemia irá aumentar caso esteja tomando medicamento que altere os níveis de potássio. Os remédios que reduzem a pressão arterial são um exemplo perfeito. Você também pode estar em risco caso tenha diabetes, alcoolismo ou lesões musculares. Esses problemas já estão ligadas a altos níveis de potássio.

Hipercalcemia: Outro Efeitos Colaterais das Pílulas de Resistência é hipercalcemia, ou níveis elevados de cálcio no sangue. Este mineral é necessário para uma função nervosa e contração muscular correta. Também é benéfico para ossos, dentes e coagulação sanguínea saudáveis.

Assim como a hipercalemia, a hipercalcemia pode causar alguns sintomas. Desta forma, você poderá sentir dor nos ossos, fadiga, confusão, náuseas e contrações musculares. O estresse nos rins também proporcionará uma maior sede ou urina. Caso tenha uma glândula tireóide hiperativa, já possui altos níveis de cálcio. Tomar suplementos de cálcio juntamente com Pílulas de Resistência também são más notícias.

Hipernatremia: O sódio é necessário para controlar o equilíbrio de fluidos. Também auxilia os músculos e nervos a funcionarem adequadamente. No entanto, tomar comprimidos de resistência pode levar a altos níveis de sódio no sangue ou hipernatremia. Os efeitos colaterais não se manifestam até que os níveis sanguíneos sejam muito altos. Os sintomas variam de náuseas e vômitos a fraquezas musculares e convulsões.

A hipernatremia pelo aumento do consumo de sódio é rara. É mais comum em caso de baixos níveis de fluido. Portanto, nunca tome comprimidos de resistência enquanto estiver desidratado. A combinação de ambos os fatores aumentará as chances de hipernatremia.. Por isso ela é um dos Efeitos Colaterais das Pílulas de Resistência.

Hipermagnesemia: O corpo pode excretar o excesso de magnésio. Caso esteja tomando muitas Pílulas de Resistência, você pode desenvolver toxicidade ao magnésio. Os sintomas podem ser náuseas, vômitos, rubor facial, hipotensão e dificuldade na respiração. Em casos extremos, batimentos cardíacos irregulares e a parada cardíaca. O risco aumenta caso esteja tomando laxantes e antiácidos com magnésio. Essas pastilhas que baixa o equilíbrio de fluidos, aumenta os níveis de magnésio ainda mais. As Pílulas de Resistência só vão piorar.

Dano ao Rim: As Pílulas de Resistência são estressantes para os rins. Elas vão trabalhar para controlar os altos níveis de eletrólitos, tornando-os mais suscetível a danos. Outros ingredientes – como taurina e vitamina B6 – também podem ser perigosos. A taurina é um aminoácido essencial, mas irá prejudicar o metabolismo e o controle de nitrogênio em níveis elevados. Uma grande quantidade de vitamina B6, que é necessária para o metabolismo das proteínas, pode causar entorpecimento e problemas nervosos. As Pílulas de Resistência contêm elementos que seu corpo necessita. No entanto, aumentam o risco de toxicidade. Isso faz dela é um dos Efeitos Colaterais das Pílulas de Resistência.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.