Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Dicas de Saúde Doenças e Tratamentos

Os 3 Principais Tratamentos Para o Intertrigo

Os 3 Principais Tratamentos Para o Intertrigo são vitais para o bem estar dos pacientes com Intertrigo.

Além disso, o Intertrigo é uma micose superficial que atinge a região da virilha, é causada pelo crescimento, nesta região, de fungos do gênero dermatófitos como Trichophyton rubrum (90% dos casos), Epidermophyton floccosum ou Candida albicans. A anatomia da virilha favorece o crescimento destes micro-organismos, devido à escuridão, calor e humidade características desta área do corpo.

Causas do Intertrigo: A Cândida albicans é encontrada na pele sem causar nenhuma alteração. No entanto, nas áreas sujeitas a atritos, sob o efeito do calor e da umidade, pequenas fissuras podem servir de porta de entrada para a Intertrigo. Baixa de imunidade, uso prolongado de antibióticos, obesidade, diabetes e roupas de tecido sintético são outros fatores de risco para o desenvolvimento da infecção.

Sintomas do Intertrigo: O Intertrigo comumente afeta as axilas, o períneo, as dobras inframamárias e abdominais, mas qualquer outra dobra de pele pode estar envolvida. É mais frequente em pessoas obesas e diabéticas. Usualmente o Intertrigo é uma condição crônica, de início insidioso com coceira, queimação e ardência na pele, que pode levar a um desconforto maior quando secundariamente ocorre uma infecção.

A aparência do Intertrigo depende da área de pele comprometida e da duração da inflamação, mas geralmente se inicia por placas eritematosas (avermelhadas) que evoluem para a formação de vesículas e crostas. O Intertrigo também pode gerar fissuras na pele e se houver uma outra infecção superveniente podem surgir pústulas cheias de pus. No períneo, as camadas da pele envolvidas costumam ser mais profundas, em comparação com superfícies convexas, nas quais em geral ocorre apenas uma dermatite irritativa. Em idosos, o Intertrigo pode surgir nas pregas nasolabiais ou no pescoço, por exemplo, formadas com a evolução da idade.

Diagnóstico de Intertrigo: O diagnóstico do Intertrigo é feito com base na observação dos sintomas da doença e através de exames como:

  • Raspagem da pele e exame KOH (hidróxido de potássio) para eliminar uma infecção por fungo
  • Lâmpada de Wood (luz negra) para eliminar uma infecção bacteriana chamada eritrasma
  • Biopsia da pele, que pode ser necessária em casos mais raropara confirmar o diagnóstico.

Também é indicada a realização de exame de sangue para o diagnóstico mais preciso do Intertrigo, principalmente, para verificar se o indivíduo não está com diabetes. O Intertrigo pode ser um dos sintomas iniciais da diabetes.

Os Principais Tratamentos Para o Intertrigo: O Intertrigo normalmente responde ao auto-tratamento em algumas semanas:

  • Mantenha a pele limpa e seca.
  • Não use roupas que friccionem e irritem a região.
  • Aplique antifúngicos tópicos ou talcos sem prescrição médica, como aqueles que contêm miconazol, clotrimazol ou tolnaftato.

Você pode precisar de tratamento com um médico se o Intertrigo durar mais de 2 semanas, for grave e voltar com frequência. O seu médico pode prescrever medicamentos antifúngicos mais fortes para tratar o Intertrigo. Antibióticos podem ser prescritos para tratar infecções bacterianas que ocorrem juntamente com o fungo (por exemplo, ao coçar a região).

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.