Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Dicas de Saúde Doenças e Tratamentos

Os 2 Principais Tratamentos Para Fibroadenoma da Mama

Os 2 Principais Tratamentos Para Fibroadenoma da Mama são muito importantes para os pacientes que sofrem Fibroadenoma da Mama. Além disso, o Fibroadenoma da Mama é um tumor da mama benigno formado seja do tecido glandular mamário seja do tecido estromal (tecido conjuntivo). É mais frequente em mulheres entre 20 e 30 anos de idade, mas pode se desenvolver em mulheres de qualquer idade.

Tomar a pílula anticoncepcional antes da idade de 20 anos aumenta o risco de Fibroadenoma da Mama. O tecido mamário normal está presente seja nos homens que nas mulheres de todas as idades. Esse tecido responde a alterações hormonais e como resultado, alguns nódulos podem ir e vir durante as fases do ciclo menstrual.

Este tumor é benigno, portanto não é vascularizado e proliferativo, não existem células cancerosas nos linfonodos sentinela axilares. Entre os cânceres femininos, o mioma e o leiomioma do útero são as doenças ginecológicas benignas mais frequente, o Fibroadenoma da Mama é mais raro. O Fibroadenoma da Mama é uma doença juvenil de facto é observada especialmente nos adolescentes, geralmente nos 20 anos após a puberdade.

Tipos de Fibroadenoma da Mama: Existem dois tipos de Fibroadenoma da Mama: os Fibroadenomas simples e os Fibroadenomas complexos. Os tumores simples não aumentam o risco de câncer de mama e têm a mesma aparência em toda a amostra quando observados ao microscópio. Os tumores complexos contêm outros componentes, como macrocistos (sacos cheios de líquido grandes o suficiente para serem palpados e observados sem um microscópio) e calcificações (depósitos de cálcio).

O Fibroadenoma da Mama pode aumentar um pouco o risco de câncerde mama. A Sociedade Americana do Câncer (American Cancer Society – ACS) afirma que as mulheres  com Fibroadenoma da Mama têm risco entre uma vez e meia e duas vezes maior de desenvolver câncer de mama do que as mulheres sem nódulos mamários.

Causas do Fibroadenoma da Mama: A causa do Fibroadenoma da Mama é desconhecida. No entanto, o desenvolvimento do Fibroadenoma da Mama está relacionado provavelmente aos hormônios reprodutivos. O Fibroadenoma da Mama ocorrem mais frequentemente durante os anos reprodutivos, podem aumentar de tamanho durante a gravidez ou o por o tratamento com estrogênio e se reduzem após a menopausa, quando diminui a estimulação do estrogênio.

Sintomas do Fibroadenoma da Mama: O principal sintoma do Fibroadenoma da Mama é o surgimento de um nódulo que:

  • Tem forma redonda;
  • É duro ou com consistência de borracha;
  • Não provoca dor ou incômodo.

Quando a mulher sente um nódulo durante o autoexame da mama deve consultar um mastologista para fazer uma avaliação e descartar o câncer de mama.

Diagnóstico do Fibroadenoma da Mama: O médico faz um exame físico, com palpação dos seios (exame manual). Ele também pode pedir um exame de ultrassom ou uma mamografia. No ultrassom de mama, a pessoa fica deitada enquanto um dispositivo chamado transdutor é passado sobre a pele da mama, produzindo uma imagem na tela do aparelho. A mamografia é uma radiografia da mama feita com a mama comprimida entre duas superfícies planas.

Uma biópsia ou aspiração com agulha fina pode ser realizada para remover tecido para exame. Isso envolve a inserção de uma agulha no seio e a remoção de pequenos pedaços do tumor. O tecido será então enviado a um laboratório para análise microscópica para determinar o tipo de Fibroadenoma da Mama e se ele é canceroso.

Os Principais Tratamentos Para Fibroadenoma da Mama: Em diversos casos o Fibroadenoma da Mama não demanda nenhum tratamento, entretanto, pode ser necessário removê-lo cirurgicamente, ou o próprio paciente acaba optando pela cirurgia por uma questão estética.

Método não cirúrgico: A cirurgia normalmente não é recomendada quando o médico não acredita que o Fibroadenoma da Mama possa representar qualquer risco ou incômodo para o paciente – até porque, em muitos casos, ele tende a desaparecer sem a necessidade de tratamento. Neste caso, o ideal é que a pessoa faça um monitoramento constante do tamanho e formato do Fibroadenoma da Mama através de consulta de rotina e realização de exames periódicos. No caso de alterações, pode ser necessário realizar a cirurgia.

Método cirúrgico: O médico pode recomendar remover o Fibroadenoma da Mama cirurgicamente se um dos testes – clínico, de imagem ou biópsia – apresentar algum resultado anormal. Neste caso, o procedimento costuma incluir lumpectomia ou biópsia excisional, ou seja, o cirurgião remove o tecido do seio e o envia para análise laboratorial. Mas, atenção, depois que um Fibroadenoma da Mama é removido é possível que outros venham a se desenvolver. Novos nódulos sempre devem ser analisados pelo médico através dos resultados dos exames de imagem e possível biópsia. A biópsia tira a dúvida se é um Fibroadenoma da Mama ou câncer de mama.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.