Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Dicas de Saúde Doenças Doenças e Tratamentos Sintomas

Os 16 Principais Sintomas de Acromegalia

Os Principais Sintomas de Acromegalia que não devemos ignorar. Além disso, a Acromegalia é uma doença hormonal que se desenvolve quando a glândula pituitária produz hormônio de crescimento demais durante a fase adulta. Quando isso acontece, seus ossos aumentam de tamanho, incluindo os de suas mãos, pés e rosto. A Acromegalia geralmente afeta adultos de meia-idade. Nas crianças que ainda estão crescendo, muito hormônio do crescimento pode causar uma condição chamada gigantismo. Essas crianças têm crescimento ósseo exagerado e aumento anormal da altura. Como a Acromegalia é incomum e as mudanças físicas ocorrem gradualmente, a condição geralmente não é reconhecida imediatamente: às vezes não há anos.

Se não for tratada prontamente, a Acromegalia pode levar a uma doença grave e até se tornar uma ameaça à vida. No entanto, os tratamentos disponíveis para a Acromegalia podem reduzir seu risco de complicações e melhorar significativamente seus sintomas, incluindo o aumento de suas características.

Causas de Acromegalia: A Acromegalia é causada pela hormona da hormona hipofisária sobre produzindo hormônio do crescimento (GH) ao longo do tempo. A hipófise, uma pequena glândula situada na base do cérebro por trás da ponte do nariz, produz uma série de hormônios. GH desempenha um papel importante na gestão do seu crescimento físico.

Quando GH é secretada em sua corrente sanguínea, ele desencadeia seu fígado para produzir um hormônio chamado fator de crescimento de insulina-I (IGF-I). Por sua vez, IGF-I estimula o crescimento de ossos e outros tecidos. Se sua glândula pituitária faz demais GH, quantidades excessivas de IGF-I podem resultar. Muito IGF-I pode causar crescimento anormal de seus tecidos moles e esqueleto e outros sinais e sintomas característicos da Acromegalia e do gigantismo. Em adultos, um tumor é a causa mais comum de produção excessiva de GH:

  • Tumores hipofisários. A maioria dos casos de Acromegalia são causados ​​por um tumor (benigno) não canceroso (adenoma) da glândula pituitária. O tumor secreta quantidades excessivas de hormônio do crescimento, causando muitos dos sinais e sintomas da Acromegalia. Alguns dos sintomas da Acromegalia, como dores de cabeça e visão prejudicada, são devidos à massa tumoral que pressiona os tecidos cerebrais próximos.
  • Tumores não-hospitalares. Em algumas pessoas com Acromegalia, os tumores em outras partes do corpo, como os pulmões, pâncreas ou glândulas supra-renais, causam o transtorno. Às vezes, esses tumores realmente secretam GH. Em outros casos, os tumores produzem um hormônio chamado hormônio de liberação de hormônio do crescimento (GH-RH), que estimula a glândula pituitária a produzir mais GH.

Sintomas de Acromegalia: Um dos sinais mais comuns de Acromegalia é o aumento de mãos e pés. As pessoas com este distúrbio geralmente percebem que não podem mais colocar anéis que costumavam caber e que seu tamanho de sapato aumentou progressivamente. A Acromegalia também pode fazer com que você experimente mudanças graduais na forma do seu rosto, como um maxilar e uma sobrancelha inferiores salientes, um nariz alargado, lábios engrossados ​​e um espaçamento mais largo entre os dentes.

Como a Acromegalia tende a progredir lentamente, os sinais iniciais podem não ser facilmente evidentes durante vários anos. Às vezes, as pessoas observam a condição apenas comparando fotografias antigas. A Acromegalia pode produzir os seguintes sinais e sintomas, que podem variar de uma pessoa para outra:

  • Mãos e pés ampliados
  • Características faciais grosseiras e ampliadas
  • Pele grosseira, oleosa e espessada
  • Suor excessivo e odor corporal
  • Pequenos desfavimentos do tecido da pele (marcas de pele)
  • Fadiga e fraqueza muscular
  • Uma voz profunda e rouca devido a cordas vocais e seios aumentados
  • Ronco severo devido à obstrução da via aérea superior
  • Visão prejudicada
  • Dores de cabeça constante
  • Linguagem alargada
  • Dor e mobilidade articular limitada
  • Irregularidades do ciclo menstrual em mulheres
  • Disfunção erétil em homens
  • Fígado, coração, rins, baço e outros órgãos ampliados
  • Maior tamanho do tórax (cofre de barril)

Quando Consultar um Médico: Se você possui sinais e sintomas associados à Acromegalia, entre em contato com seu médico para uma avaliação. A Acromegalia geralmente se desenvolve devagar, e até mesmo os membros da sua família podem não notar as mudanças físicas graduais que ocorrem com esse distúrbio. O diagnóstico precoce é importante, no entanto, para que você possa receber cuidados adequados. A Acromegalia pode levar a complicações graves se não for tratada.

Complicações de Acromegalia: A progressão da Acromegalia pode resultar em grandes problemas de saúde. As complicações podem incluir:

  • Osteoartrite
  • Pressão arterial elevada (hipertensão)
  • Doença cardiovascular, em particular o aumento do coração (cardiomiopatia)
  • Diabetes mellitus
  • Bócio
  • Crescimentos pré-cancerosos (pólipos) no revestimento do seu cólon
  • Apneia do sono, uma condição em que a respiração pára repetidamente e começa durante o sono
  • Síndrome do túnel carpal
  • Redução da secreção de outros hormônios pituitários (hipopituitarismo)
  • Miomas uterinos, tumores benignos no útero
  • Compressão da medula espinhal
  • Perda de visão

O tratamento precoce da Acromegalia pode evitar que essas complicações se desenvolvam ou pioram. Se não tratada, a Acromegalia e suas complicações podem levar à morte prematura.

Diagnóstico de Acromegalia: Para iniciar o processo de diagnóstico de Acromegalia, o seu médico terá um histórico médico e realizará um exame físico. Então ele ou ela pode recomendar as seguintes etapas:

  • Medição GH e IGF-I. Depois de jejuar durante a noite, seu médico tomará uma amostra de sangue para medir seus níveis de GH e IGF-I. Níveis elevados destes hormônios sugerem Acromegalia.
  • Teste de supressão de hormônio de crescimento. Este é o método definitivo para verificar a Acromegalia. Neste teste, os níveis sanguíneos de GH são medidos antes e depois de beber uma preparação de açúcar (glicose). Normalmente, a ingestão de glicose deprime os níveis de GH. Se você tiver Acromegalia, seu nível de GH tenderá a permanecer alto.
  • Imagem. Seu médico pode recomendar que você seja submetido a um procedimento de imagem, como a ressonância magnética (MRI), para identificar a localização e o tamanho de um tumor da glândula pituitária. Se os radiologistas, que usualmente executam os procedimentos, não veem nenhum tumor da glândula pituitária, eles podem procurar tumores não-hospitalares que possam ser responsáveis ​​por altos níveis de GH.

Tratamento de Acromegalia: O tratamento de Acromegalia concentra-se na redução da produção de GH, bem como na redução dos efeitos negativos do tumor na glândula pituitária e nos tecidos circundantes. Você pode precisar de mais de um tipo de tratamento.

Prevenção de Acromegalia: A Acromegalia não pode ser prevenida, no entanto o tratamento precoce previne as complicações da doença.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.