Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Dicas de Saúde Doenças Saúde Sintomas

Os 15 Sintomas de Gordura no Fígado que Muitos Ignoram

Os Sintomas de Gordura no Fígado que Muitos Ignoram, fiquem atentos. Além disso, a gordura no fígado caracteriza pelo excesso de gordura no interior das células do fígado, uma glândula situada do lado direito do abdômen por onde circula uma grande quantidade de sangue. Nosso fígado possui normalmente pequenas quantidades de gordura, que compõe cerca de 10% do seu peso. Quando o percentual de gordura excede esse valor, estamos diante de um fígado que está acumulando gordura.

A gordura no fígado é uma doença é séria, pois o fígado exerce mais de 500 funções fundamentais para o nosso organismo, e o aumento de gordura dentro dos hepatócitos pode ocasionar uma inflamação capaz de evoluir para quadros graves de hepatite gordurosa, cirrose hepática e até mesmo câncer. Nesses casos, o fígado não só aumenta de tamanho, como perde a coloração vermelho-escuro e adquire um aspecto amarelado.

O fator mais preocupante é que a esteatose hepática é uma condição muito comum, que se manifesta também na infância e atinge com mais frequência as mulheres. Para você ter ideia, a estimativa é de que 30% da população sofrem com o problema, e aproximadamente metade dos casos podem evoluir para formas mais graves da doença

Causa de Gordura no Fígado: A principal causa do acúmulo de gordura no fígado é o consumo exagerado de alimentos ricos em gordura e açúcar associado ao sedentarismo, que é falta de atividade física e por isso esta é uma condição comum em pessoas obesas ou acima do peso. No entanto, a esteatose hepática, também pode ser causada por outros fatores como:

  • Jejum prolongado;
  • Desnutrição causada pela falta de proteínas na alimentação;
  • Resistência à insulina;
  • Diabetes tipo 2;
  • Consumo excessivo de álcool;
  • Colesterol ou triglicerídeos elevados;
  • Hepatite C crônica;
  • Doença de Wilson, doença rara que se manifesta na infância.

Sintomas de Gordura no Fígado: O acúmulo de gordura no fígado geralmente não é uma situação grave, mas quando não é devidamente tratada, pode gerar perda de funcionamento das células e cirrose, podendo ser necessário fazer um transplante de fígado. Então confira agora, Os 15 Sintomas de Gordura no Fígado que Muitos Ignoram:

  • Perda de apetite.
  • Dor do lado superior direito da barriga.
  • Barriga inchada.
  • Fezes esbranquiçadas.
  • Cansaço frequente.
  • Dor de cabeça constante.
  • Enjoo e vômito.
  • Cor amarelada nos olhos e na pele.
  • Fadiga.
  • Obesidade.
  • Dor Abdominal.
  • Perda de Músculo.
  • Fezes claras.

Tratamento de Gordura no Fígado: A gordura no fígado tem cura, principalmente quando ainda está nos estágios iniciais, e o seu tratamento é feito principalmente com alterações na dieta, prática regular de atividade física, perda de peso e controle de doenças como diabetes, hipertensão e colesterol alto. Assim, a dieta deve ser rica em alimentos integrais, como farinha de trigo, arroz e macarrão integral, frutas, legumes, peixes, carnes brancas e leite e derivados desnatados.

Além disso, é importante parar de fumar e de consumir bebidas alcoólicas, e reduzir o consumo de alimentos ricos em gordura e carboidratos simples, como pão branco, pizza, carnes vermelhas, linguiça, salsicha, manteiga e alimentos congelados.

Obs: Apesar de ser mais comum em obesos e diabéticos, o acúmulo de gordura no fígado pode afetar qualquer pessoa que tenha uma má alimentação e não pratique exercícios físicos regularmente.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.