Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Dicas de Saúde Doenças Doenças e Tratamentos Remédio Caseiro Saúde

Os 12 Remédios Caseiros Para Tratar as Infecções Vaginais

Os Remédios Caseiros Para Tratar as Infecções Vaginais, são ótimos e fáceis de prepara-lós, confira quais são. Além disso, as infecções vaginais afetam as mulheres de todas as idades. O bem-estar íntimo das mulheres ainda é um tabu e, às vezes, não é algo tratado como naturalmente merece, e isso resulta em muitas circunstâncias que geram algumas dúvidas sobre como evitar problemas na área vaginal. Hoje vamos falar Os 12 Remédios Caseiros Para Tratar as infecções vaginais, sem esquecer que as visitas periódicas ginecologista são essenciais em todas as fases de sua vida.

Não pense que ser uma mulher jovem não precisa de remédios caseiros para tratar as infecções vaginais, pois a juventude não lhe exclui do sofrimento de uma infecção deste tipo. Embora existam diferentes tipos de infecções, é verdade que as infecções vaginais mais comuns que as mulheres sofrem são as causadas por fungos, bactérias ou vírus que causam coceira.

Tipos de Infecções Vaginais: Existem três tipos comuns de infecções vaginais, são elas:

  • Candidíase: O tipo mais comum de vaginite é causado por uma das muitas espécies de fungos denominados Cândida. A cândida vive naturalmente no corpo em pequenas quantidades, e até mesmo na vagina, e, geralmente, não causa nenhum dano. No entanto, a cândida prospera em ambiente quente, úmido e sem ar. Nestas condições, pode crescer em número, causando infecções vaginais.
  • Vaginose Bacteriana: Quando o número de lactobacilos é muito baixo, pode provocar um problema chamado de vaginose bacteriana. A gardnerella é a bactéria mais associada com a vaginose bacteriana. Com vaginose bacteriana, uma mulher pode ter um corrimento espesso ou esbranquiçada, que é escorregadio e transparente. Um odor de peixe pode ser perceptível, especialmente durante o sexo.
  • Trichomonas: Das três infecções vaginais mais comuns, a vaginite por trichomonas é a única que é verdadeiramente uma infecção sexualmente transmissível. Geralmente referido como “trich”, que é causada por um parasita unicelular, o trichomonas vaginalis é transmitido de parceiro para parceiro durante o sexo. Os sintomas de vaginite por trichomonas são semelhantes à outras infecções vaginais, ardor, irritação, vermelhidão e inchaço da vulva, com descarga vaginal amarela ou verde-cinza, possivelmente com um odor de peixe. Algumas mulheres também experimentam dor durante a micção.

Outras Infecções e Vaginais:

  • Vaginite Clamídia: A clamídia é uma doença sexualmente transmissível que pode causar infecções vaginais.
  • Vaginite não infecciosa: A vaginite não infecciosa é quando a pele em torno da vagina torna-se sensível a uma substância irritante, tal como loções perfumadas, sabonetes perfumados ou amaciadores.
  • Vulvodinia: A vulvodinia é um problema em que as mulheres têm uma dor crônica ou desconforto na vulva sem uma causa conhecida. Os sintomas são semelhantes às infecções vaginais: ardor, picadas, crueza, dor e inchaço, os sintomas podem ser constantes ou ocasionais.
  • Vaginose viral: Os vírus também podem causar infecções vaginais, a maioria dos vírus são espalhados através do contato sexual. O vírus do herpes simplex é uma causa comum de vaginite viral.

Remédios Caseiros Para Tratar Infecções Vaginais: Posso tratar infecções vaginais com remédios caseiros? Sim, pois os remédios caseiros não produzem efeitos colaterais e, além disso, você pode realizar no conforto da sua casa. Então, agora conheça Os 12 Remédios Caseiros Para Tratar as infecções vaginais:

Óleo da Árvore do Chá: Tome um banho com óleo da árvore do chá, pois tem propriedades antibacterianas e anti-inflamatórios. Adicione cerca de seis gotas de óleo na água do banho, tomando cuidado para dissolver adequadamente na água. Mergulhe por cerca de quinze minutos, isso irá ajudar a tratar as infecções vaginais.

Chá de Ervas Casca de Pau D’arco: Use o chá da casca de Pau D’arco, pois contém uma substância chamada lapachol, que ajuda a combater microrganismos. Prepare um chá introduzindo em um litro de água fervente, duas colheres de sopa de casca de pau d’arco. Deixe repousar e tome uma dose de 3 a 6 xícaras por dia, este sem dúvida é um dos melhores remédios caseiros para tratar as infecções vaginais.

Calêndula: A calêndula pode ser usada para tratar infecções vaginais devido suas propriedades antibacterianas. Você pode fazer um chá com uma flor de calêndula e uma folha, uma panela de água fervente e tomar duas vezes por dia.

Óleo essencial de lavanda: Um banho com óleo essencial de lavanda, é ótimo para tratar as infecções vaginais e permite desinfetar a área, pois tem propriedades antissépticas. No banheiro, aplique cerca de oito gotas de óleo e deixe de molho por cerca de vinte minutos.

Prevenir Para Levedura Vaginal: O melhor remédio caseiro que pode prevenir a levedura vaginal é o fermento. No entanto, seu uso não é recomendado em todos os produtos perfumados para a higiene feminina ou sabonetes desodorizantes.

Evite a Umidade: Evite a umidade na área vaginal, pois este excesso pode exacerbar as infecções vaginais. É inconveniente usar roupas excessivamente apertada e cuecas sintéticas pois impedem a transpiração. Use roupas íntimas de algodão durante o dia e evite tangas. Tente não usar roupas apertadas e troque as roupas de ginástica suadas o mais rápido possível.

Evite a Ducha: A ducha pode interferir com os níveis de pH da vagina, o palco para as infecções vaginais, tipicamente, o pH vaginal é de cerca de 3,8 a 4,5. Se a sua vagina estiver com um forte ou desagradável odor, consulte o seu médico.

Usar o chuveiro apenas para encobrir o cheiro incurável será um grande problema. Evite o uso de sabonetes fortes ou produtos de limpeza na vulva ou vagina, pois estes também podem afetar o equilíbrio saudável pH e causar as infecções vaginais.

Iogurte Natural: O iogurte é um alimento saudável e nutritivo que ajuda a restaurar o equilíbrio ácido presente na flora vaginal e tenha sido alterada pela infecções vaginais. O consumo de iogurte contribui eficazmente para recompor as boas bactérias na flora vaginal. Você também pode consumir suco de cranberry na parte da manhã.

Alho: Machuque vários dentes de alho e coloque em uma gaze estéril cujas extremidades devem ser adequadamente fechadas. Coloque-o na área afetada por, no máximo, quatro horas. Lave-se com água após o uso, este é um dos remédios caseiros para tratar as infecções vaginais mais fáceis de prepara-ló.

Alcalina: É recomendável que elimine todos os produtos com teor de açúcar. Estes alimentos devem ser eliminados 100% da dieta, evitar alimentos processados, evitar pão, leite e álcool enquanto estiver com problema de infecções vaginais, independentemente do tipo e a causa.

Alimentos frescos como vegetais (evite frutas doces, apenas frutas com baixo teor de açúcar são recomendados, como: morangos, mirtilos, amoras, etc.).

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.