Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Dicas de Saúde Doenças e Tratamentos Sintomas

Os 11 Principais Sintomas da Aids que Você Desconhece

Os 11 Principais Sintomas da Aids que Você Desconhece podem ser muito úteis quando surge a dúvida se contrairmos a Aids. Logo porque, essa é uma das doenças mais temidas pela população mundial. Além disso, muito se fala sobre a Aids, mas na realidade, a maioria da população, de fato pouco sabe sobre ela. Conhecida por ser uma das mais sérias infecções virais o HIV assusta por dois principais motivos, sendo o primeiro deles a sua altíssima taxa de mortalidade e o segundo o fato de ainda não se ter uma cura que elimine efetivamente o vírus.

Por outro lado, nos últimos anos o portador da Aids tem se beneficiado e levado uma vida com uma maior qualidade, devido os famosos coquetéis que não curam, mas tratam a Aids, de modo a minimizar seus prejuízos. Normalmente um mês ou dois depois de contrair o HIV de 40% a 90% das pessoas apresentam sintomas semelhantes aos da gripe conhecida como síndrome retroviral aguda. Mas também é comum em alguns casos os sintomas da Aids não aparecem por anos, às vezes até mesmo uma década após a infecção.

O que é Aids: A Aids é uma doença que ataca o sistema imunológico devido à destruição dos glóbulos brancos (linfócitos T CD4+). A Aids é considerada um dos maiores problemas da atualidade pelo seu caráter pandêmico (ataca ao mesmo tempo muitas pessoas numa mesma região) e sua gravidade.

A infecção da Aids se dá pelo HIV, vírus que ataca as células do sistema imunológico, destruindo os glóbulos brancos (linfócitos T CD4+). A falta desses linfócitos diminui a capacidade do organismo de se defender de doenças oportunistas, causadas por micro-organismos que normalmente não são capazes de desencadear males em pessoas com sistema imune normal.

Principais Sintomas da Aids que Você Desconhece: Problemas dentários como gengivas machucadas e sangrando, feridas de herpes na boca e infecções por fungos (sapinho), podem ser os primeiros sinais clínicos de Aids. No entanto, se você tiver alguns destes sintomas não deve concluir que está infectado pelo vírus, uma vez que eles ocorrem também na população em geral. A única forma de se saber ao certo se está infectado é fazendo o teste de HIV.

Consulte seu médico ou qualquer outro profissional da área de saúde. Um teste de HIV positivo não significa que você tenha Aids. A Aids é um diagnóstico feito pelo médico, com base em critérios específicos. Também não se pode confiar nos sintomas para saber se está ou não infectado pelo HIV. Muitas pessoas que estão infectadas pelo vírus não apresentam nenhum sintoma durante muitos anos. Os 11 Principais Sintomas da Aids que Você Desconhece abaixo podem servir como alerta para a infecção pelo HIV:

  • Suores noturnos.
  • Febre persistente.
  • Rápida perda de peso.
  • Cansaço, fadiga e perda de energia.
  • Dor nos músculos e nas articulações.
  • Candidíase oral ou genital que não passa.
  • Tosse seca prolongada e garganta arranhada.
  • Dor de cabeça e dificuldade de concentração.
  • Diarreia por mais de 1 mês, náusea e vômitos.
  • Inchaço dos gânglios linfáticos durante mais de 3 meses.
  • Manchas avermelhadas e pequenas bolinhas vermelhas ou feridas na pele.

Tratamento da Aids: A Aids é uma doença que não tem cura e por isso o seu tratamento tem que ser feito por toda vida, sendo o principal objetivo do tratamento o fortalecimento do sistema imune e o combate ao vírus, controlando e reduzindo a sua quantidade no sangue. O ideal é começar o tratamento contra o HIV antes que a Aids se manifeste. Este tratamento pode ser feito com um coquetel com diferentes remédios, como Efavirenz, Lamivudina e Viread que são fornecidos gratuitamente pelo governo, bem como todos os exames necessários para avaliar a progressão da Aids e a carga viral.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.