Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Dicas de Saúde Doenças e Tratamentos

Os 10 Principais Sintomas da Hidrocefalia

Os Principais Sintomas da Hidrocefalia que todos devem ficar atentos. Além disso, a Hidrocefalia é a acumulação de fluido nas cavidades (ventrículos) no interior do cérebro. O excesso de líquido aumenta o tamanho dos ventrículos e faz pressão sobre o cérebro. Normalmente, o fluido cerebrospinal flui através dos ventrículos e banha o cérebro e a coluna vertebral. Mas a pressão do excesso de líquido cefalorraquidiano associado a Hidrocefalia pode danificar os tecidos do cérebro e causar um grande espectro de deficiências na função cerebral. Embora a Hidrocefalia possa ocorrer em qualquer idade, é mais comum entre crianças e adultos mais velhos. Então, confira Os 10 Principais Sintomas da Hidrocefalia:

O que é Hidrocefalia: O líquido cefalorraquiano (LCR ou líquor) banha o cérebro e a medula espinhal e preenche as cavidades ventriculares cerebrais, amortecendo eventuais traumas ou choques mecânicos sobre o sistema nervoso central. O líquor é produzido e reabsorvido pelos ventrículos, por meio da corrente sanguínea e circula por eles através de delicados orifícios que podem ser obstruídos, dificultando a sua circulação.

Hidrocefalia é uma situação em que há um desequilíbrio entre a produção, circulação ou absorção desse fluido, com um acentuado aumento dele. Refere-se ao acúmulo do líquor nas cavidades ventriculares cranianas (o que as faz aumentar de tamanho) e no espaço subaracnóideo e à pressão que passa a exercer sobre as estruturas do cérebro, podendo causar nelas lesões e inchaço.

Sintomas da Hidrocefalia:

  • Crescimento anormal do crânio.
  • Fontanela tensa.
  • Espaçamento anormal entre os ossos do crânio.
  • Couro cabeludo esticado.
  • Irritabilidade.
  • Acessos epiléticos.
  • Dores de cabeça.
  • Dificuldades de locomoção.
  • Perda de habilidades físicas.
  • Alterações de personalidade.
  • Vômitos.
  • Letargia.

Causas da Hidrocefalia: A Hidrocefalia é causada por um desequilíbrio entre a quantidade de líquido cefalorraquidiano produzido e a quantidade absorvida para a corrente sanguínea. O líquido cefalorraquidiano é produzido por tecidos que revestem os ventrículos do cérebro e que flui através dos ventrículos, por meio de canais de interligação e, eventualmente, flui para os espaços que envolvem o cérebro e coluna espinhal. Este é absorvido principalmente pelos vasos sanguíneos nos tecidos perto da base do cérebro.

Diagnóstico da Hidrocefalia: Geralmente, um diagnóstico de Hidrocefalia é baseado em:

  • Exame físico geral
  • Um exame neurológico
  • Exames de imagem cerebral

O tipo de exame neurológico irá depender da idade da pessoa. O neurologista pode fazer perguntas e realizar testes relativamente simples no consultório para avaliar a condição muscular, que inclui a verificação de reflexos, força muscular, tônus muscular e estatuto sensorial. O médico também deve avaliar o sentido do tato, visão e movimento do olho e audição. Para avaliar o movimento, o médico pode verificar a coordenação e o equilíbrio. Para avaliar a condição psiquiátrica, ele pode testar o estado mental e o humor

Exames de imagem do cérebro podem mostrar dilatação dos ventrículos causados pelo excesso de líquido cefalorraquidiano. Estes também podem ser utilizados para identificar as causas subjacentes da Hidrocefalia ou outras condições que contribuem para os sintomas.

Tratamento Para Hidrocefalia: Um de dos dois tratamentos cirúrgicos pode ser usado para tratar a Hidrocefalia. O tratamento mais comum para a Hidrocefalia é a inserção cirúrgica de um sistema de drenagem, chamado de derivação. Este consiste num tubo longo e flexível, com uma válvula, que mantém o líquido do cérebro fluindo na direção certa e à taxa adequada. Uma extremidade da tubagem é geralmente colocada num dos ventrículos do cérebro.

O tubo é então encapsulado sob a pele de outra parte do corpo, onde o excesso de fluido cerebrospinal pode ser mais facilmente absorvido, tais como abdômen, ou uma câmara no coração. Geralmente, as pessoas que têm Hidrocefalia precisam de um sistema de derivação para o resto de suas vidas, sendo necessária uma monitorização regular.

O outro tratamento possível para Hidrocefalia é o terceiro ventriculostomia endoscópica. Este é um procedimento cirúrgico que pode ser usado em algumas pessoas. No procedimento, o cirurgião utiliza uma pequena câmera de vídeo para ter uma visão direta no interior do cérebro e faz um buraco no fundo de um dos ventrículos ou entre os ventrículos, para permitir que o fluido cerebrospinal flua para fora do cérebro.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.