Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Dicas de Saúde Dicas Variadas Efeitos Colaterais

Os 10 Efeitos Colaterais Mais Comuns das Pílulas Anticoncepcionais

Os Efeitos Colaterais Mais Comuns das Pílulas Anticoncepcionais que todas as mulheres devem saber. Além disso, você sabia que cerca de 150 milhões de mulheres no mundo tomam pílulas anticoncepcionais? Este uso generalizado de pílulas anticoncepcionais preocupa os médicos, pois muitas mulheres não estão conscientes das implicações graves para a saúde destas drogas.

As pílulas anticoncepcionais são frequentemente prescritas sem controle dos sintomas ou acompanhamento médico, oferecendo riscos à mulher. A cada vez que você ingere aquele pequeno comprido, está jogando no seu corpo uma combinação de hormônios que vão inibir a sua ovulação: o estrogênio e a progesterona, lembrando que cada Pílulas Anticoncepcionais tem uma composição diferente, há até opções sem estrogênio.

Apesar de bastante popular, eficaz e fácil de ser administrada, as pílulas anticoncepcionais ainda despertam muitas dúvidas entre mulheres, além de provocar diversos sintomas que mexem com o organismo feminino. No entanto, a pílula anticoncepcional, devido às alterações hormonais que causa no corpo da mulher, pode provocar o surgimento de alguns efeitos colaterais. Confira agora, Os 10 Efeitos Colaterais Mais Comuns das Pílulas Anticoncepcionais:

Dor de Cabeça e Náuseas: Alguns sintomas pré-menstruais, como dores de cabeça, dor abdominal e náuseas, são alguns dos Efeitos Colaterais Mais Comuns das Pílulas Anticoncepcionais nas primeiras semanas de utilização da pílula anticoncepcional devido às grandes alterações hormonais.

Espinhas: Embora a pílula anticoncepcional seja muitas vezes utilizada como tratamento para evitar o surgimento de acne na adolescência, algumas mulheres que utilizam mini pílula podem apresentar aumento da quantidade de espinhas nos primeiros meses de utilização, pois elas estão na lista dos Efeitos Colaterais Mais Comuns das Pílulas Anticoncepcionais.

Alteração do Fluxo Menstrual: É frequente existir uma diminuição na quantidade e duração do sangramento durante a menstruação, assim como sangramentos de escape entre cada ciclo menstrual, especialmente no uso de pílulas com doses baixas que tornam o revestimento do útero mais fino e frágil.

Diminuição da Líbido: As pílulas anticoncepcionais podem provocar uma diminuição da líbido devido à redução da produção de testosterona no organismo, no entanto, este Efeitos Colaterais são mais frequente em mulheres que apresentam grandes níveis de ansiedade.

Aumento de Peso: O aumento de peso é um dos Efeitos Colaterais Mais Comuns das Pílulas Anticoncepcionais e pode surgir quando as alterações hormonais provocadas pela pílula levam ao aumento da vontade de comer. Além disso, algumas pílulas anticoncepcionais, também podem causar retenção de líquidos devido ao acúmulo de sódio e potássio nos tecidos corporais, provocando aumento do peso corporal.

Aumento do Risco de Trombose: A pílula anticoncepcional pode aumentar o risco de trombose venosa profunda quando a mulher apresenta outros fatores de risco cardiovascular como pressão alta, diabetes ou colesterol alto, por exemplo.

Alterações do Humor: As alterações do humor surgem principalmente com o uso prolongado das pílulas concepcionais com elevada dose hormonal, pois altos níveis de estrogênio e progestina podem diminuir a produção de serotonina, um hormônio que melhora o humor, podendo aumentar o risco de depressão.

Varizes: Se as varizes são causadas pela má circulação sanguínea, não é de se estranhar que associar o problema como um dos Efeitos Colaterais Mais Comuns das Pílulas Anticoncepcionais.

Câncer: Alguns cânceres têm receptores hormonais, ou seja, podem ser desenvolvidos de acordo com os níveis hormonais. Assim, o uso da Pílulas Anticoncepcionais pode agravar esse quadro.

Hipertensão: Hipertensão e Pílulas Anticoncepcionais podem não ser uma boa combinação, se você sofre com essa doença, é preciso procurar auxílio médico e fazer exames antes de usar o medicamento. Os riscos são similares aos do tópico anterior: AVC, e outros problemas relacionados aos vasos sanguíneos.

Obs: As pílulas anticoncepcionais, na verdade, destroem as bactérias benéficas no intestino, tornando-o mais suscetível a crescimento de levedura, baixa imunidade e infecção.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.