Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Dicas de Saúde Efeitos Colaterais

Os 10 Efeitos Colaterais do Excesso de Sal Para Saúde

Os 10 Efeitos Colaterais do Excesso de Sal Para Saúde. O sal é de suma importância para o bom funcionamento do organismo. Ele é o responsável por controlar a quantidade de líquidos que ficam dentro e fora das células, além de equilibrar o ritmo cardíaco e contração muscular. No entanto, seu excesso pode ser extremamente prejudicial à saúde.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda o consumo de menos de 2 g de sódio por dia, o que equivale a 5 g de sal. No entanto, no Brasil, um adulto médio consome mais do que o dobro desta quantidade diariamente.  Veja o que pode acontecer com a sua saúde se você exceder a quantidade indicada de sódio por dia:

Inchaço: O acúmulo de água e sal leva ao edema comum, ou inchaço do corpo, que atinge principalmente os calcanhares, pernas, coxas e abdome. o Inchaço também muitas vezes e resultados dos Efeitos Colaterais do Excesso de Sal no seu corpo.

Dor de cabeça: Pode ser um reflexo tanto da retenção de líquidos quanto da hipertensão arterial, as Dores de cabeças constante pode ser uns do Efeitos Colaterais do Excesso de Sal veja se você ta consumindo muito sal porque pode ser isso a causa.

Pedras nos rins: O sódio dificulta a absorção de cálcio pelo organismo, causando o acúmulo desta substância, que é responsável pela formação de pelo menos 50% das pedras nos rins.

Insuficiência renal: A função dos rins é filtrar o sangue, retirando substâncias tóxicas e excesso de líquidos, que mais tarde formarão a urina. Se o consumo de sódio é alto demais, os rins podem não dar conta do recado e ficar sobrecarregados.

Osteoporose: O sódio reduz a densidade óssea, fazendo com que os ossos percam força. Além disso, a Osteoporose pode resultado dos Efeitos Colaterais do Excesso de Sal  o mineral também interfere na habilidade do organismo de absorver cálcio, um importante nutriente para a construção e manutenção de ossos saudáveis.

Pressão arterial alta: O sódio estimula o sistema nervoso simpático, causando vasoconstrição, o que eleva a pressão arterial. Além disso, com o aumento de líquido no corpo (inclusive no sangue), graças à retenção, o volume sanguíneo também se eleva, forçando a parede das artérias.

Micção frequente: É verdade que, quando bebemos muita água, acabamos indo várias vezes ao banheiro, No entanto, o excesso de sal também causa o mesmo efeito. Isso acontece porque os rins se sentem forçados a trabalhar mais para limpar os detritos acumulados do sal.

Frequente dor na cabeça: Uma pesquisa publicada no British Medical Journal mostrou que os adultos que consomem mais de 3.500 mg de sódio por dia têm 33% a mais de chances de sofrer com dores na cabeça, comparados com os que consomem apenas 1.500 mg dessa substância.

Sede constante: Este é um dos sinais mais evidentes de quem consome muito sal.Entenda: o corpo precisa beber água para equilibrar os altos níveis de sódio no organismo. É por isso que, quando comemos uma comida salgada, nosso cérebro envia o sinal de sede e a nossa boca fica seca.

Lentidão cerebral: Quando consumimos muito sal, o nosso cérebro fica desidratado e acaba ficando mais lento. Vários estudos já mostraram que as pessoas que têm o organismo desidratado tendem a realizar menos atividades cognitivas. Por isso é importante controlar o sal consumido no dia a dia.Além disso, tenha o costume de bebe bastante água.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.