Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Dicas de Saúde Doenças Doenças e Tratamentos

Nanismo – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos

Nanismo – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos para ajudar a diminuir as dificuldades dessa condição. Além disso, fala-se em Nanismo quando um indivíduo tem altura muito menor (cerca de 20% menos) do que a média das demais pessoas da mesma população.

As pessoas vítimas desse pequeno crescimento são popularmente chamadas de anões. Em geral, esses indivíduos têm uma estatura menor que 1,45 metro no caso de homens e 1,40 metro no caso de mulheres.As menores pessoas existentes no mundo, em razão do Nanismo, podem chegar à vida adulta com apenas 60 centímetros de altura. Os anões, contudo, têm inteligência normal e as mesmas capacidades das demais pessoas, sendo limitados apenas pela sua estatura.

O que é Nanismo: O Nanismo é uma doença genética que provoca um crescimento esquelético anormal, deixando o indivíduo com uma estatura 20% abaixo da média normal dos outros indivíduos da sua idade e raça, ou inferior à media da população em geral.

Os indivíduos vítimas desta doença são chamados de anões. O Nanismo também pode ocorrer em animais, mas nos deteremos aqui a falar a respeito do Nanismo humano. Considera-se, pois, que um homem é anão quando mede até 1.45m e para uma mulher ser considerada anã ela deve medir até 1.40m. A partir da morfologia, o Nanismo está dividido em dois grandes grupos:

  • Nanismo Pituitário ou Nanismo Proporcional (é causado por alterações hormonais) – o indivíduo tem uma estatura baixa e o tamanho dos seus órgãos mantém a mesma proporção;
  • Nanismo Rizomélico ou Nanismo Desproporcional (é causado por mutações genéticas) – também designado por Displasia Esquelética.

O tamanho do indivíduo é muito mais baixo que o normal e alguns dos seus órgão têm um tamanho maior em relação à altura. Tipos mais comuns de Nanismo são:

  • Acondroplasia (um em cada 26.000 a 40.000 nascimentos);
  • Displasia Espondilo Epifisária Congênita (um a cada 95.000 nascimentos);
  • Displasia Diastrófica (um a cada 110.000 nascimentos).

Causas de Nanismo: As principais causas são de ordem genética, e podem, ou não, ter motivos hereditários. Em alguns casos, pode ser resultado de uma parada prematura do crescimento esquelético, causada por uma insuficiência do hormônio do crescimento. Já em outros, a baixa estatura está relacionada a deformidades no esqueleto.

O diagnóstico ocorre com uma análise da altura da criança, do peso e da circunferência principal. Além disso, é importante analisar a genética, a história médica da família e os resultados de testes da hormonal e de estudos da imagem lactente.

Sintomas de Nanismo: Baixa estatura e algum atraso no desenvolvimento sexual são dos poucos sinais que as pessoas afetadas pelo Nanismo hipofisário proporcional costumam apresentar. Já, nos indivíduos com acondroplasia, a forma mais frequente de Nanismo desproporcional, são sintomas típicos do transtorno:

  • Baixa estatura;
  • Pernas e braços curtos especialmente se comparados com o tamanho normal do tronco;
  • Cabeça grande (macrocefalia);
  • Testa proeminante;
  • Achatamento na parte de cima do nariz;
  • Dedos curtos e grossos;
  • Mãos pequenas;
  • Pés planos, pequenos e largos;
  • Arqueamento das pernas;
  • Mobilidade comprometida na articulação do cotovelo;
  • Cifose e lordose acentuadas;
  • Protusão da mandíbula e desalinhamento dos dentes.

Esses sinais podem aparecer em níveis e graus diferentes nas pessoas que têm o transtorno

Tratamentos do Nanismo: Alguns casos de Nanismo podem ser detectados antes do nascimento, podendo até mesmo passar por tratamentos que melhorem o desenvolvimento dos ossos, mas em outros casos só pode ser detectado o problema na infância.

Alguns anões tem problemas com anestesias, pois desenvolvem um problema chamado “hipertermia maligna”, um superaquecimento do organizanismo que pode ser agravado com alguns anestésicos. Em outros casos, devido a compressão dos órgãos pela estrutura óssea, alguns anões podem ter sua expectativa de vida diminuída, o que não é uma característica genérica.

Contudo, o Nanismo é um problema de saúde como outro qualquer, e um indivíduo com Nanismo pode viver normalmente como outro qualquer.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.