Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Deficiência Dicas de Saúde Doenças e Tratamentos

Laringite – Sintomas, Causas e Tratamento

Laringite – Sintomas, Causas e Tratamento. Alem disso, A laringite é um processo inflamatório que acomete a laringe, pode ser agudo ou crônico, infeccioso ou não, localizado ou presente em um quadro sistêmico.Entre as causas da laringite, estão as infecções virais (que é a mais comum), infecções bacterianas (podendo ser aguda ou crônica), fungos, reações alérgicas, inflamação devido ao uso intenso das cordas vocais, tosse excessiva, fumo e consumo de álcool.

O que é Laringite: laringite é uma inflamação da laringe que faz com que a sua voz fique áspera ou rouca. A laringite pode ser de curto prazo ou de longa duração (crônica). Na maioria das vezes, ela surge rapidamente e dura não mais de duas semanas.

Sintomas crônicos são aqueles que duram duas semanas ou mais. Por isso, marque uma consulta médica se os sintomas persistirem por mais tempo. Nesses casos, a laringite pode ser causada por problemas mais graves.

Causas de Laringite: A maioria das laringite é aguda e autolimitada, com duração menor que 3 semanas. As laringites agudas são habitualmente provocadas por infecções virais que acometem as vias áreas superiores. É muito comum um quadro de laringite vir acompanhado de outras infecções, como gripe, resfriado, faringite ou sinusite. Crises de alergia que acometem as vias áreas também podem provocar laringite aguda.

Outra causa comum para laringite aguda é o uso excessivo das cordas vocais, provocando irritação das mesmas. As cordas vocais podem sofrer lesões quando gritamos repetidamente, cantamos em voz alta por muito tempo ou quando usamos a voz prolongadamente sem descanso. Crises de tosse também podem causar lesão nas cordas vocais

O tratamento: vai depender dos sintomas e da causa. Nos casos de laringite viral aguda, os sintomas somem sem que seja realizado o tratamento. Nos casos da infecção crônica, após uma semana de repouso é provável que o paciente melhore. Medicamentos para aliviar os sintomas antialérgicos podem ser recomendados. Em alguns casos crônicos, pode ser necessária a realização cirurgia. Outras medidas podem ser tomadas, como: evitar inalar fumaça, poeiras ou vapores irritantes; repousar ou diminuir suas atividades, dormir o máximo que puder; repousar a voz; beber muito líquido.

Como prevenir a laringite: A prevenção é feita através de cuidados simples e eficientes. As cordas vocais precisam se manter hidratadas, por isso é importante evitar o ressecamento delas e a irritação. Veja algumas formas de fazer isso:

  • Evite o cigarro e se afaste de quem fuma. A fumaça prejudica a garganta e irrita as cordas vocais;
  • Beba muita água;
  • Evite o consumo em excesso de bebidas alcoólicas e de cafeína – essas bebidas causam desidratação;
  • Tente não limpar a garganta – Quando você faz isso, causa uma vibração anormal das cordas vocais que podem provocar inchaço e irritação;
  • Lave as mãos com frequência e evite o contato com pessoas resfriadas – Evitando se contaminar com infecções das vias respiratórias, suas chances de desenvolver uma laringite são menores.

Complicações: O primeiro ponto a ser considerado é que não levar em conta a laringite, pode agravar outros problemas sérios que a estejam causando.

O que pode acontecer também é que a falta de tratamento ou a demora para ele acontecer, poderão fazer com que o vírus, a bactéria ou o fungo, acabe migrando para outras partes do corpo, principalmente os órgãos do trato respiratório, causando problemas delicados.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.