Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Dicas de Saúde Doenças Doenças e Tratamentos Saúde Sintomas

Intoxicação Alimentar – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos

Intoxicação Alimentar – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos que não devemos ignorar. Além disso, A Intoxicação Alimentar, também chamada de doença transmitida por alimentos, é a doença causada pela ingestão de alimentos contaminados. Os organismos infecciosos incluindo bactérias, vírus e parasitas – ou suas toxinas são as causas mais comuns de Intoxicação Alimentar.

Os organismos infecciosos ou suas toxinas podem contaminar alimentos em qualquer ponto de processamento ou produção. A contaminação também pode ocorrer em casa se o alimento for manipulado incorretamente ou cozido.

As bactérias que geralmente causam a Intoxicação Alimentar são Salmonella, Shigella, E. coli, Staphilococus, Clostridium, vírus Rotavírus (ou por suas respectivas toxinas), fungos, componentes tóxicos encontrados em certos vegetais (como a planta “comigo-ninguém-pode” e mandioca brava) e produtos químicos.

Esses organismos são encontrados em alimentos como: carne crua, frango, peixe e ovos, contudo, também podem se espalhar para qualquer outro tipo de alimento; na água e até mesmo durante a manipulação, preparo, conservação e/ou armazenamento dos alimentos.

Comumente, os pacientes acometidos pela Intoxicação Alimentar ingeriram alimentos que foram deixados ao ar livre ou que ficaram armazenados por muito tempo.

Porém, a Intoxicação Alimentar também pode ocorrer quando um indivíduo não lava as mãos antes de tocar na comida. Na maioria dos casos, é suave e desaparece após alguns dias.

O que se pode fazer nesses casos é aguardar o corpo responder, para se livrar do germe que está causando a doença. Os tipos mais sérios da doença exigem que a pessoa infectada procure um médico com urgência. Quando afeta crianças e idosos, a Intoxicação Alimentar pode ser uma doença grave.

Causas da Intoxicação Alimentar: Há diferentes causas para a Intoxicação Alimentar, ou seja ela é multifatorial. Veja quais são:

Frutas e verduras: Mesmo frescos, podem ser contaminados ao serem lavados com água contaminada por dejetos de animais ou esgoto humano.

É comum a transmissão de bactéria E. coli em água contaminada. A infecção bacteriana, na maioria dos casos, é a principal causa de Intoxicação Alimentar. Os diferentes tipos de Salmonella e o Staphilococus aureus são os mais frequentes agentes da infecção.

Eles ainda são capazes de viver e multiplicar-se no interior dos intestinos. A Salmonella é transmitida por meio da ingestão de alimentos que foram contaminados ao entrar em contato com as fezes de animais também infectados.

Já a bactéria Staphilococus aureus, tem maior ocorrência na pele das pessoas e não causa danos, a intoxicação é provocada pela toxina que a bactéria produz e, consequentemente, contamina os alimentos no momento em que são preparados ou manuseados.

Outra ocorrência de infecção é pela bactéria Clostridium que ataca o sistema nervoso.

Carnes e Laticínios: Também peixes e frutos do mar são os mais vulneráveis à contaminação, pois eles degradam rapidamente.

É mais fácil dos microrganismos patogênicos sobreviverem quando o alimento não é cozido ou conservado devidamente. Não é aconselhado usar, por exemplo, a mesma tábua que foi usada para cortar a carne crua.

Assim como cortar um alimento com as mãos sujas também pode ocorrer uma contaminação.

Água: Muitos organismos podem contaminar os alimentos. As condições ambientais, tais como a água poluída pode ser uma das principais causas.

Manipulação dos Alimentos: Os alimentos podem ser contaminados se uma pessoa infectada os tocar. Se as mão não forem higienizadas antes de cortar um manipular um alimento, também corre mais risco de ser contaminado.

Sintomas da Intoxicação Alimentar: Os sinais e sintomas mais comuns em todos os pacientes de Intoxicação Alimentar quando aguda são:

Desidratação, perda de peso e queda da pressão arterial: nos casos mais graves. Se o alimento for contaminado pelo Clostridium, ou seja, quando a intoxicação é causada por uma das variedades da bactéria responsável pela doença conhecida por “Botulismo”, o paciente poderá apresentar:

  • Distúrbios gastrointestinais raros
  • Alterações neurológicas
  • Visão dupla
  • Dificuldade para focalizar objetos
  • Dificuldade para falar e engolir

Os sintomas da Intoxicação Alimentar geralmente afetam o estômago e intestinos, sendo que o sinal mais comum é a diarreia. Outros sintomas incluem:

Depois de ingerir o alimento contaminado, os sintomas podem aparecer em poucas horas ou demorarem dias e até mesmo semanas; sua duração geralmente é de 10 dias. Tudo vai depender da bactéria que infectou o paciente e o estado de saúde no qual ele estava.

As crianças e os idosos, particularmente, podem ser os mais afetados pela Intoxicação Alimentar, devido aos seus sintomas ter maior duração, bem como alguns tipos de Intoxicação Alimentar tipicamente leves podem ser fatais para esses pacientes.

As gestantes também encaixam-se nesse grupo juntamente com as pessoas imunodeprimidas.

Diagnostico da Intoxicação Alimentar: A Intoxicação Alimentar é muitas vezes diagnosticada com base em uma história detalhada, incluindo por quanto tempo você esteve doente, seus sintomas e alimentos específicos que você comeu. O seu médico também realizará um exame físico, procurando sinais de desidratação.

Dependendo de seus sintomas e histórico de saúde, seu médico pode realizar testes de diagnóstico, como um exame de sangue, cultura de fezes ou exame para parasitas, para identificar a causa e confirmar o diagnóstico.

Para uma cultura de fezes, seu médico enviará uma amostra de suas fezes para um laboratório, onde um técnico tentará identificar o organismo infeccioso. Se um organismo for encontrado, seu médico provavelmente notificará o departamento de saúde local para determinar se a Intoxicação Alimentar está relacionada a um surto.

Em alguns casos, a causa da Intoxicação Alimentar não pode ser identificada.

Nem toda Intoxicação Alimentar provoca cólicas, diarreia, náuseas ou vômitos. Há tipos que apresentam sintoma diferentes ou mais graves, que podem incluir:

  • Fraqueza.
  • Dormência.
  • Confusão.
  • Formigamento na face, mãos e pés.

Tratamentos Para Intoxicação Alimentar: O tratamento para Intoxicação Alimentar geralmente depende da fonte da doença, se conhecida, e da gravidade de seus sintomas. Para a maioria das pessoas, a doença resolve-se sem tratamento dentro de alguns dias, embora alguns tipos de Intoxicação Alimentar possam durar mais.

O tratamento da intoxicação alimentar pode incluir:

Substituição de Líquidos Perdidos: Fluidos e eletrólitos – minerais como o sódio, potássio e cálcio que mantêm o equilíbrio de fluidos em seu corpo – perda de diarreia persistente precisam ser substituídos. Algumas crianças e adultos com diarreia ou vômitos persistentes podem precisar de hospitalização, onde podem receber sais e fluidos através de uma veia (intravenosa), prevenir ou tratar a desidratação.

Antibióticos: Seu médico pode prescrever antibióticos se você tiver certos tipos de Intoxicação Alimentar bacteriana e seus sintomas são graves. A Intoxicação Alimentar causada por listeria precisa ser tratada com antibióticos intravenosos durante a hospitalização. Quanto mais cedo o tratamento começar, melhor. Durante a gravidez, o pronto tratamento com antibióticos pode ajudar a evitar que a infecção afete o bebê.

Os antibióticos não ajudarão a Intoxicação Alimentar causada por vírus. Os antibióticos podem realmente piorar os sintomas em certos tipos de Intoxicação Alimentar viral ou bacteriana. Converse com seu médico sobre suas opções.

Os adultos com diarreia que não são sangrentos e que não apresentam febre podem obter alívio de tomar a medicação loperamida (Imodium A-D) ou subsalicilato de bismuto (Pepto-Bismol). Pergunte ao seu médico sobre essas opções.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.