Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Dicas de Saúde Doenças

Herpes Labial – Causas, Sintomas e Tratamentos

Herpes Labial – Causas, Sintomas e Tratamentos que muitos ignoram e passa despercebido. Além disso, A herpes é pequeno, tem má aparência e é sempre dolorido. Ocorre, geralmente, nos lábios ou na pele próxima, embora, ocasionalmente, na gengiva ou no nariz. O aparecimento de um herpes é sinalizado 24 ou 48 horas antes através de prurido ou sensação de dormência nos lábios. Uma área vermelha se desenvolve ao redor da pequena lesão, seguindo-se a formação de uma bolha ou de pequenas bolhas agrupadas e cheias de líquido. Então, confira agora sobre Herpes Labial – Causas, Sintomas e Tratamentos

Causas da Herpes: O herpes, por outro lado, é causado pelo Herpes vírus 1 e 2, sendo que o 1 é o mais comum e diferente do tipo 2, que está relacionado ao herpes genital. A infecção é contagiosa, mas grande parte das pessoas já contraiu o vírus nos primeiros anos da idade adulta (normalmente sem sintomas). O vírus fica inativo no corpo até que seja ativado por fatores como resfriado, febre, fadiga, exposição ao sol ou estresse emocional, podendo também ser desconhecido.

Sintomas da Herpes: O período de incubação do herpes labial varia entre 2 a 26 dias, mas na maioria dos casos as lesões surgem 4 a 6 dias após a contaminação. Todavia, é bom salientar que a maioria dos pacientes não desenvolve sintomas após a contaminação pelo vírus herpes simplex tipo 1. Na verdade, apenas 20% das pessoas desenvolve a doença. Os outros 80% permanece com o vírus “adormecido” no corpo por vários anos.

  • Uma pequena ulceração, branca ou amarela, circundada por uma área vermelha na língua ou pelo lado de dentro das bochechas ou dos lábios.
  • Dor ou dormência antes do aparecimento da lesão.
  • Dor local ao talar ou ao comer, especialmente durante os dois ou três primeiros dias.

O que acontece se você não tomar providência: Apesar de doloridas e irritantes, as aftas normalmente desaparecem em 5 ou 15 dias, com ou sem tratamento. Da mesma forma, o herpes, apesar de ter má aparência, não apresenta qualquer ameaça à saúde e deve desaparecer sozinho em 7 ou 10 dias.

Tratamento Caseiro Para Herpes: A primeira medicação para a cura deste tipo de herpes (amlexanox), que pode ser vendida sem receita médica, foi recentemente aprovada pelo FDA. Aplicando este creme tópico assim que os primeiros sinais se manifestarem, é possível prevenir o desenvolvimento da bolha ou, se ela aparecer acelerar a cura, mas a droga não funciona com todas as pessoas. Outros remédios, como os que contém aminoácidos liysine, são utilizados mas não há comprovação de que funcionem. Para casos mais graves, o melhor é procurar o médico, que poderá receitar um medicamento mais eficaz (vide O que o médico deverá fazer). As soluções a seguir devem ajudar a aliviar o desconforto do herpes.

  • Enxaguar com água e sai. Enxaguar a boca várias vezes ao dia com uma xícara de água morna contendo uma colher de café de sal.
  • Colocar gelo. Aplicar um cubo de gelo na região afetada durante cinco minutos pode a aliviar a dor. Reaplicar a cada hora do dia.
  • Aplicar pomada. Uma pomada anestésica adquirida sem receita médica pode ajudar a aliviar a dor.
  • Não furar. Não espremer, apertar ou furar a bolha nem tirar a casca. Uma camada suave de vaselina sobre a casca pode impedir que descasque ou sangre.
  • Lavar cuidadosamente. Isto deverá prevenir infecção. Evitar tocar nos olhos, na região genital ou em outras pessoas.

Como Prevenir a Herpes:  Não existe vacina contra o herpes, portanto, a prevenção deve ser baseada nas situações que costumam desencadear as crises. O gatilho mais comum para a reativação do herpes labial costuma ser a exposição solar intensa. Pacientes com histórico de herpes devem evitar ficar horas a fio sob o sol. O uso de protetor solar é essencial e ajuda a reduzir o aparecimento das lesões.

  • Usar bloqueador solar. Acessos de herpes por exposição ao sol podem ser evitados com protetor solar fator 15 nos lábios aplicado antes de sair e reaplicado com frequência.
  • Evitar tocar as bolhas. Tocar as bolhas e depois outras pessoas, é um meio possível de espalhar o vírus. Beijar é uma das maneiras mais comuns de transmissão.
  • Não compartilhar. Durante um surto, você não deve emprestar objetos pessoais como toalhas, lâminas de barbear ou escovas
  • Pensar na hipótese de tomar alguma medicação.
  • Se você tem herpes com frequência, deve conversar com seu médico sobre a possibilidade de tomar alguma medicação antiviral para prevenir.

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.