Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Dicas de Saúde Doenças Saúde Sintomas

Escorbuto – O que é, Sintomas e Tratamentos

Escorbuto – O que é, Sintomas e Tratamentos. Além disso, o Escorbuto é uma doença carencial (falta de nutriente essencial), devido à ausência de vitamina C, na dieta. O Escorbuto é uma condição rara que pode desenvolver-se se houver uma carência em vitamina C na dieta. A vitamina C, também chamada de ácido ascórbico, é vital para o corpo, uma vez que é necessária para produzir colagênio.

O colagênio é um tipo de proteína encontrada em muitos tipos diferentes de tecidos, como a pele, vasos sanguíneos, ossos e cartilagem, o material que cobre a superfície das articulações. Sem vitamina C o colagênio não pode ser substituído e os diferentes tipos de tecido podem começar a quebrar.

Causas do Escorbuto: A causa do Escorbuto é a falta de vitamina C no organismo. A falta desta vitamina prejudica a formação de colágeno, que sustenta a pele, ligamentos e cartilagens, e de sulfato de condroitina, que juntos geram os sinais e sintomas típicos do Escorbuto.

O Escorbuto de rebote pode ocorrer quando o indivíduo toma doses excessivas de vitamina C e depois pára repentinamente.

Sintomas do Escorbuto: Os principais sintomas do Escorbuto envolvem manifestações dermatológicas, sangramentos espontâneos, inflamações e dores. Podemos destacar, por exemplo:

  • Hemorragias gengivais;
  • Inchaço com pus na língua ou nas gengivas;
  • Dificuldades de cicatrização das feridas;
  • Instabilidade dos dentes (dentes soltos);
  • Mialgia;
  • Dor óssea;
  • Edemas;
  • Hipertrofia gengival;
  • Depressão;
  • Alterações de humor;
  • Cabelos quebradiços;
  • Queda de dentes;
  • Dor nas articulações;
  • Fraqueza.

Com o passar do tempo, as hemorragias que acontecem em decorrência da fragilidade capilar podem atingir outras partes do corpo e inclusive causar a morte. Em crianças pequenas, alimentadas exclusivamente com leite esterilizado, pode ocorrer uma espécie de Escorbuto infantil, com dificuldades na ossificação do esqueleto.

Tratamento do Escorbuto: O tratamento do Escorbuto é basicamente realizado através da reposição de vitamina C no organismo do indivíduo. Porém, a quantidade pode variar bastante de caso para caso e é extremamente necessário o acompanhamento médico.

A ingestão correta de ácido ascórbico precisa ser feita por cerca de um a três meses. Após este período muitos sintomas do Escorbuto já começam a apresentar uma melhora considerável.

Apesar da vitamina C estar disponível para consumo em forma de cápsulas ou comprimidos, por exemplo, uma dieta balanceada é sempre o melhor remédio. Para que os sintomas do Escorbuto desapareçam por completo e para que a doença não deixe sequelas um médico deve ser procurado diante de quaisquer sintomas.

Prevenir o EscorbutoManter bons hábitos alimentares é uma medida que atua efetivamente na prevenção e no tratamento não somente do Escorbuto como de diversas outras doenças.

O Escorbuto é uma complicação praticamente toda relacionada à má alimentação, portanto, é através do monitoramento desta que a doença pode ser prevenida.

É muito importante o consumo frequente de verduras e de frutas frescas. Alimentos ricos em ácido ascórbico são considerados anti-escorbúticos e deve estar presentes na dieta de todas as pessoas.

Frutas ácidas com laranjas, kiwis, tangerinas e limões, por exemplo, não podem ficar de fora para prevenir o Escorbuto. Pimenta-vermelha, brócolis, batatas e espinafres são outros alimentos que precisam ser ingeridos. Uma dieta balanceada é a principal forma de prevenção do Escorbuto.

Obs: O diagnóstico do Escorbuto deve ser suspeitado sempre que houver história de privações de alimentos que contenham vitamina C. Pode-se comprovar o Escorbuto ao observar osteoporose generalizada ou certos sinais radiológicos típicos na estrutura óssea da pessoa acometida.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.