Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Câncer de Mama Dicas de Saúde Doenças

Doença de Paget na Mama – O que é, Sintomas e Tratamentos

Doença de Paget na Mama – O que é, Sintomas e Tratamentos. Além disso, doença de Paget na mama é um tipo de tumor que acomete a aréola e/ou mamilo, representando 0,5 a 4,3% de todos os casos de carcinoma mamário. Pode apresentar-se de forma assintomática ou associada à hiperemia e eczema. Existem duas teorias para explicar a origem da doença de Paget na mama.

A teoria mais aceita sugere que as células tumorais crescem nos ductos mamários e progridem em direção à epiderme do mamilo. A outra teoria  sobre a doença de paget na mama propõe que as células tumorais se desenvolvem já na porção terminal dos ductos lactíferos, na junção com a epiderme. A média de idade das pacientes acometidas varia entre 26 e 88 anos, mas o pico de incidência ocorre entre 60 e 70 anos de idade. Aproximadamente 85 a 90% dos casos apresentam associação com carcinoma in situ ou carcinoma infiltrativo. Então, confira Doença de Paget na Mama – O que é, Sintomas e Tratamentos.

Sintomas Doença de Paget na Mama: Os sintomas da doença de Paget na mama são bem característicos. A lesão nas mamas geralmente ocorre na superfície da pele dos mamilos ou ainda nas auréolas dos seios. Quando a ocorrência é mamária, este é o único sintoma da doença de paget. Quando a ocorrência é óssea, outros sintomas aparecem, como a dor óssea profunda que não melhora com repouso, deformações ósseas perceptíveis ao toque em áreas como crânio e alterações auditivas quando a doença afeta os ossos do ouvido.

Quando a doença de paget afeta a coluna, há também compressão dos nervos e formigamento, dor ou falta de sensibilidade nos membros inferiores. Quando afeta a pélvis, o paciente pode encontrar grandes dificuldades para se locomover.

Em muitos casos, no entanto, a doença de Paget óssea começa de forma assintomática, sendo descoberta por acaso em caso de fraturas ou de exames ósseos de rotina. Apesar de ser uma má formação, o osso afetado desenvolve um tumor maligno em menos de 1% dos casos

Tratamento Doença de Paget na Mama: O diagnóstico da doença de Paget mamária deve ser feito por meio de biópsia da lesão e dos carcinomas que a acompanham. Deve ser excluída a hipótese de dermatite e eczema. A mamografia também ajuda a localizar formações intramamárias e a descartar outras doença .

Quando óssea, a doença de Paget é geralmente detectada através de um raio X ou ressonância. Neste caso, o tratamento é feito por meio de medicamentos, de via oral ou injetável, que reorganizam o metabolismo ósseo, evitando sua destruição e regularizando os níveis químicos na produção de novas células. Este tratamento dura, em média, seis meses.

Quando a ocorrência de doença de paget mamária, o único tratamento disponível até dias recentes era a extração de toda a mama. Hoje em dia, graças ao avanço da medicina, o médico pode optar pela extração parcial do complexo mamilar, acompanhada de radioterapia ou quimioterapia para evitar o retorno da doença .

Mesmo a ocorrência de síndrome de Paget na mama não indica câncer e o uso de radioterapia ou quimioterapia serve apenas para matar todas as células defeituosas do local sem precisar extrair todo o seio.

A ocorrência de síndrome de paget óssea também não indica alterações semelhantes na mama e vice-versa. A doença sempre afeta um sítio específico e, uma vez eliminada com sucesso, tem poucas chances de voltar a aparecer.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.