Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Dicas de Saúde Doenças e Tratamentos Sintomas

Dermatofitose – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos

Dermatofitose – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos desta condição. Além disso, a Dermatofitose é uma doença causada por fungos ou cogumelos chamados dermatófitos. Os dermatófitos são fungos que necessitam de queratina para sua nutrição e devem viver na camada córnea, pelo ou unhas para sobreviver. As infecções humanas são causadas por Epidermophyton, Microsporum e Trichophyton spp. Essas infecções diferem da candidíase por raramente invadir o organismo.

A transmissão ocorre por contato entre os indivíduos, do animal para o homem e, raramente, do solo para o homem. O organismo pode persistir indefinidamente. A maioria das pessoas não desenvolve a infecção clínica, aqueles que a desenvolvem podem ter resposta reduzida das células T decorrente de uma alteração nas defesas locais (p. ex., trauma com comprometimento vascular) ou por diabetes primária (hereditária) ou secundária (p. ex., diabetes, HIV, imunossupressão).

Causas da Dermatofitose: A Dermatofitose é causada por fungos filamentosos chamados dermatófitos que são capazes de usar a queratina como fonte de nutrientes. Estes fungos são classificados em três gêneros:

  • Microsporum: responsáveis por acometer a pele e os pelos.
  • Trichophyton: afetam a unha, pele e pelos e é o gênero mais frequente. Sua espécie T. rubrum é a responsável pela maioria das infecções causadas por fungos queratinofílicos.
  • Epidermophyton: afetam a pele e a unha e apresentam apenas uma espécie que causa doenças no ser humano.

São da espécie queratinofílicas e os que causam doenças recebem o nome de dermatófitos. Esses micro-organismos (queratinofílicos) quebram a queratina para usá-la como fonte de nutrição. Os fungos localizam-se nas camadas mais superficiais da pele, e quando atingem as regiões mais profundas, causam inchaço e inflamação.

Sintomas da Dermatofitose: O principal sintoma da Dermatofitose é manifestação de pela lesões avermelhadas e descamativas, geralmente acompanhadas de coceira. Elas se iniciam por um pequeno ponto e tem crescimento centrífugo, formando lesões arredondadas ou ovalares, com as bordas bem delimitadas, avermelhadas e descamativas, e o centro da lesão tendendo à cura.

Diagnósticos da Dermatofitose: A Dermatofitose pode ser diagnosticada por um dermatologista, e também por umclínico geral ou pediatra em casos de crianças. O médico pode realizar o diagnóstico com base no histórico clínico-epidemiológico e demais exames laboratoriais. O diagnóstico solicitado e mais preciso, também para confirmar a doença-da Dermatofitose é a coleta do material e posterior análise dele em laboratório, para isso a área afetada é raspada para coletar os pelos.

Tratamentos da Dermatofitose: O tratamento da Dermatofitose pode é feito com medicamentos antimicóticos de uso tópico ou via oral, o que vai depender da extensão da doença.

Procure um dermatologista aos primeiros sintomas sem usar nenhuma medicação por conta própria, pois elas podem mascarar o aspecto da doença, dificultando o diagnóstico correto e a indicação do medicamento mais apropriado para cada caso.

Prevenção da Dermatofitose: Para prevenir a Dermatofitose é necessário fazer um cuidadoso exame do couro cabeludo e também verificar os contatos domiciliares e peridomiciliares do paciente à procura de portadores sintomáticos e assintomáticos. Para a Dermatofitose do corpo é necessário um cuidado com a higiene íntima e evitar contaminar-se em banheiros públicos, balneários, piscinas públicas e de academia usando roupas ou sapatos adequados.

Durante o verão, se faz necessário evitar ficar com roupas úmidas por tempo prolongado. Na Dermatofitose dos pés é importante descontaminar os sapatos e as meias para evitar recidiva ou reinfecção.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.