Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Doenças Doenças e Tratamentos Saúde dos Olhos

Daltonismo – Sintomas, Causas e Tratamentos

Daltonismo – Sintomas, Causas e Tratamentos. Além disso, O daltonismo, também conhecido como discromatopsia ou cegueira parcial das cores, é um distúrbio visual caracterizado pela incapacidade de percepção e distinção das cores primárias (como vermelho e verde), além do azul e amarelo. Em casos mais raros, a total ausência de cor se faz presente. Daltonismo é um problema de visão que geralmente não prejudica que a pessoa enxergue tudo, mas que atrapalha alguns elementos da visão , não ela como um todo. Então, confira Daltonismo – Sintomas, Causas e Tratamentos.

Causas do Daltonismo: O Daltonismo também conhecido como cegueira de cores, ocorre quando existe um problema com os grânulos de cor, que são pigmentos de detecção de cores em determinadas células nervosas do olho. Estas células são denominadas cones. Eles são encontrados na retina, a camada sensível à luz de tecido que reveste o fundo do olho.

O daltonismo é um distúrbio genético ligado ao cromossomo X. Neste distúrbio, ocorre um problema com os pigmentos de determinadas cores em células nervosas do olho, chamadas de cones, localizadas na retina. Mesmo que apenas um pigmento esteja faltando, uma pessoa pode apresentar problemas para reconhecer e identificar diversas cores, tonalidades ou brilho.

Se apenas um pigmento está faltando, você pode ter problemas em distinguir entre o vermelho e o verde. Este é o tipo mais comum de daltonismo. Se um pigmento diferente está faltando, você pode ter problemas para ver as cores azul e amarelo. Pessoas com daltonismo azul-amarelo geralmente têm problemas em identificar vermelhos e verdes também.

A forma mais grave de daltonismo é a acromatopsia. Uma pessoa com daltonismo rara não consegue ver qualquer cor, de modo que enxergam tudo em tons de cinza. Acromatopsia é freqüentemente associada com o olho preguiçoso (ambliopia), nistagmo (pequenos movimentos espasmódicos dos olhos), sensibilidade à luz intensa e visão extremamente pobre.

Sintomas de Daltonismo: Os sintomas de daltonismo podem variar de leve a grave. Muitas pessoas têm sintomas leves, pelo que, não sabem que têm daltonismo (deficiência de cor). Os pais só podem notar um problema na criança quando esta está a aprender as cores. Os sintomas do daltonismo incluem:

  • Dificuldade em ver as cores e o brilho das cores de forma habitual
  • Incapacidade de dizer a diferença entre tons de cores iguais ou semelhantes, especialmente vermelho e verde, ou azul e amarelo.
  • Exceto na forma mais grave, a cor não afeta a nitidez da visão .
  • A incapacidade de ver qualquer cor e ver tudo apenas em tons de cinza é chamada acromatopsia.
  • Esta condição rara é frequentemente associada com ambliopia, nistagmo (movimento involuntário rápido dos olhos), sensibilidade à luz e visão pobre.

Tratamento de Daltonismo: Os problemas de visão de cores que são herdados não podem ser tratados ou corrigidos. Para o tipo mais comum de daltonismo, nomeadamente uma deficiência para as cores verde e vermelha, nenhum tratamento é necessário, porque as pessoas funcionam normalmente. A pessoa com daltonismo pode não estar ciente de que não vê as cores da forma como elas são vistas pelos outros.

Alguns problemas de visão de cor adquirida podem ser tratados, dependendo da causa. Por exemplo, se uma catarata estiver a causar um problema com a visão de cores, a cirurgia que remove a catarata pode restaurar a visão normal das cores. Você pode encontrar formas de ajudar no daltonismo ou de ajudar a compensar este problema de visão de cores, tais como:

  • O uso de lentes de contato coloridas. Estas podem ajudá-lo a ver as diferenças entre as cores. Mas estas lentes não oferecem visão normal das cores e podem distorcer objetos.
  • O uso de óculos que bloqueiam o brilho. Pessoas com problemas severos de visão de cores podem ver melhor as diferenças entre as cores quando existe menos brilho.
  • Aprender a controlar pistas como brilho ou localização, em vez de cores. Por exemplo, você pode aprender a ordem das três luzes coloridas num sinal de trânsito.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.