Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Dicas de Saúde Doenças e Tratamentos

Como Tratar o Corrimento Marrom em Casa

Como Tratar o Corrimento Marrom em Casa é uma ótima opção para quem deseja por fim no Corrimento Marrom. Além disso, o Corrimento Marrom é normal após a menstruação porque é comum a saída de alguns coágulos de sangue até alguns dias após o término da menstruação. Além do mais, o Corrimento Marrom também é comum após o contato íntimo ou devido á irritação das paredes da vagina, principalmente durante a menstruação ou gravidez.

Porém, o Corrimento Marrom quando dura mais de 3 dias também pode indicar a presença de infecções vaginais, como candidíase ou tricomoníase, que surgem especialmente quando o pH vaginal está alterado devido a frequentes duchas vaginais, por exemplo.

Sintomas do Corrimento Marrom: Grande parte dos Corrimentos crônicos são causados por preservativos. O látex nas camisinhas pode provocar alergia em algumas mulheres, o que vai desregular o pH vaginal e criar um ambiente propício à proliferação de bactérias que causam a vaginose bacteriana. Produtos de higiene íntima (duchas vaginais) também são outro agente que provoca irritação. Duchas podem levar à destruição das bactérias benéficas (flora vaginal normal – bacilos de Doderlein) que impedem a proliferação de bactérias causadoras de doenças como as da vaginose. O uso de sabonetes, lubrificantes e cremes vaginais sem indicação do médico é outro fator que pode explicar corrimentos recorrentes.

Muitas mulheres desenvolvem alergia a uma substância química chamada propileno glicol, que a maioria dos produtos usa na sua composição. O ginecologista é o profissional indicado para prescrever o tratamento médico adequado e ele pode observar eventuais reações. Mas nos casos de infecção bacteriana vaginal, normalmente outros sintomas acompanham o Corrimento Marrom, como:

  • Ardência
  • Cheiro forte e desagradável
  • Inchaço
  • Prurido (coceira)
  • Vermelhidão

Pode ser decorrente de doença inflamatória pélvica (DIP), muito mais grave e pode necessitar de internação hospitalar para tratamento, ou ainda câncer do colo do útero, câncer de endométrio, pólipos ou miomas uterinos, endometrite, outras doenças sexualmente transmissíveis como a gonorreia.

Como Tratar o Corrimento Marrom em Casa: Na maioria dos casos, o corrimento marrom não requer tratamento. Ele normalmente está relacionado as alterações hormonais que acontecem no corpo feminino. Por outro lado, a mulher deve ficar de olho na incidência desse tipo de secreção.

Quando o corrimento marrom não tem ligação com a menstruação ou uso de medicamentos, ele pode ser um dos tantos sintomas de infecções ou inflamações. A mulher deve procurar um ginecologista para realizar o tratamento correto. Os médicos normalmente receitam remédios antibióticos, como é o caso da Ceftriaxona ou Azitromicina.

Algumas pessoas costumam preparar chá de zimbro para tratar o corrimento escuro. Essa planta tem propriedades antimicrobianas e antissépticas, por isso é uma ótima aliada contra as doenças sexualmente transmissíveis (DSTs). Então confira agora Como Tratar o Corrimento Marrom em Casa:

Ingredientes:

  • 1 litro de água
  • 1 colher (sopa) de bagas de zimbro picadas

Modo de Preparo:

  • Coloque os dois ingredientes em uma panela e deixe ferver por 10 minutos.
  • Abafe o chá e espere esfriar um pouco.
  • Coe o chá de zimbro e beba entre as refeições ao longo do dia.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.