Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Dicas de Saúde Doenças e Tratamentos

Como Tratar a Sarna de Forma Natural

Como Tratar a Sarna de Forma Natural é uma das melhores opções para curar a Sarna de forma simples. Além disso, a Sarna ou escabiose é uma parasitose humana causada pelo ácaro Sarcoptes scabiei variedade hominis. O contágio se dá somente entre humanos, por contato direto com pessoa ou roupas e outros objetos contaminados. O contato deve ser prolongado para que ocorra a contaminação.

A fecundação do ácaro ocorre na superfície da pele. Logo após o macho morrer, a fêmea penetra na pele humana, cavando um túnel, por um período aproximado de 30 dias. Depois, deposita seus ovos. Quando eles eclodem, liberam as larvas que retornam à superfície da pele para completar seu ciclo evolutivo. Este processo de maturação é de 21 dias. Importante: animais como gato e cachorro não transmitem a Sarna humana.

Causas da Sarna: A Sarna é causada por um ácaro, Sarcoptes scabiei, que se aloja sob a pele do hospedeiro e ali se reproduz. Os ovos demoram entre 3 a 4 dias para eclodir e as larvas recém-nascidas fazem seu caminho da epiderme até a superfície da pele, onde amadurecem e se espalham para outras áreas do corpo. Conforme eles se movem, vão deixando para trás as suas fezes, que criam lesões lineares na pele. A Sarna é resultado de uma reação alérgica contra o ácaro, seus ovos e as fezes, e a Sarna causa coceiras intensas e borbulhas, como erupções cutâneas.

Sintomas de Sarna: Os principais sinais e sintomas da Sarna são:

  • Coceira, muitas vezes grave e que geralmente piora à noite
  • Presença de pápulas, que são lesões de pele que surgem principalmente nas dobras da pele, especialmente entre os dedos das mãos, nas axilas, ao redor da cintura, nos pulsos, cotovelos, solas do pé, nádegas e joelhos. Em homens, essas lesões também são comuns na região genital e, em mulheres, as Sarna costumam aparecer também nos seios.
  • No caso de crianças, os locais mais comuns de infestação incluem o couro cabeludo, o rosto, pescoço, palmas das mãos e solas dos pés.

Como Tratar a Sarna de Forma Natural: O tratamento da Sarna consiste na aplicação de medicamentos sob a forma de loções na pele do corpo todo, do pescoço para baixo, mesmo nos locais onde não aparecem lesões ou coceira. Após terminada a primeira série do tratamento, este deve ser repetido uma semana após, para atingir os parasitas que estarão deixando os ovos. Medicamentos para o alívio da coceira devem ser utilizados, porém não são os responsáveis pela cura.

O tratamento também pode ser realizado por via oral, sob a forma de comprimidos de ivermectina, tomados em dose única. A dose correta varia de acordo com o peso do paciente. Pode ser necessária a repetição após 1 semana. Em casos resistentes ao tratamento, pode-se associar os tratamentos oral e local.

As roupas de uso diário e as roupas de cama devem ser trocadas todos os dias, colocadas para lavar e passar a ferro. Todas as pessoas da casa que tiverem qualquer tipo de coceira devem se tratar ao mesmo tempo, para evitar a re-contaminação. As unhas devem ser escovadas com sabonetes apropriados para a retirada de parasitas ali depositados pelo ato de coçar. Para evitar a Sarna não use roupas pessoais, roupas de cama ou toalhas emprestadas, evite aglomerações ou contato íntimo com pessoas de hábitos higiênicos duvidosos. Em pessoas com bons hábitos higiênicos, a Sarna pode ser confundida com outras doenças que causam coceira, devendo o diagnóstico correto ser realizado por um médico dermatologista que indicará o tratamento ideal para cada caso.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.