Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Dicas de Saúde Dicas para emagrecer Dicas Variadas

Como os Hormônios Podem Ajudar a Emagrecer

Como os Hormônios Podem Ajudar a Emagrecer, pode ser uma ótima alternativa para quem deseja emagrecer de forma saudável e natural, e não consegue. Logo porque os Hormônios podem influenciar e muito no processo de emagrecimento. E saber mante-los sobre controle, é uma das melhores formas e emagrecer com saúde. Além disso, em nosso corpo existem vários Hormônios que entre suas funções, têm a tarefa de controlar o nosso peso, de uma forma ou de outra tem a equidade no aumento ou na diminuição do peso, para fazer alguns deles funcionam da maneira certa, você precisa observar o que consome, e praticar atividades físicas, leia e conheça mais o sobre os Hormônios que controlam o seu peso.

Nosso corpo é como uma máquina perfeita, onde cada órgão tem uma função específica, se tudo funciona da maneira correta, seremos pessoas saudáveis, energéticas, e vitais, quando você fala em ficar no peso ideal, firme e ágil, os Hormônios desempenham um papel importante, continue lendo e descobrindo Como os Hormônios Podem Ajudar a Emagrecer. É importante notar que o desequilíbrio Hormonal pode resultar de várias condições de saúde, bem como idade e algumas doenças, portanto, não é tão simples de entender como alcançar um equilíbrio Hormonal satisfatório, se não tomarmos uma contagem mais profunda e cuidadosa da nossa saúde.

Principais Hormônios que Controlam o Peso: Muitas pessoas pensam que a perda de peso é apenas uma questão de parar de comer e fazer mais exercício para abaixar os quilos extras. Mas nem tudo está sob nosso controle e determinação, Como os Hormônios Podem Ajudar a Emagrecer. Vejam abaixo quais são os principais Hormônios que podem estar impedindo que você a perca peso. Pessoas que têm o seu nível de tireoide, cortisol, insulina, estrogênio e testosterona em perfeito equilíbrio raramente são as pessoas que precisam perder peso. Isto tem uma explicação, e então você saberá qual é seu papel.

Resistência à Insulina: A insulina é um Hormônio anabólico construtor de músculos, secretado pelo pâncreas, é responsável por controlar os níveis de açúcar, especialmente aqueles gerados por hidratos de carbono, por isso é aconselhável comer poucos hidratos de carbono, porque o excesso deles torna-se gordura no corpo. Quando as células tornam-se insensíveis à insulina, eles depositam a gordura em um lugar muito específico: em nossa barriga, que será posteriormente usado como combustível. Por isso ele é um dos Hormônios Podem Ajudar a Emagrecer.

Glucagon: É o Hormônio que se opôs à insulina, isso aumenta os níveis de açúcar no sangue, insulina armazena carboidratos em excesso, transformando-os em gordura, enquanto o glucagon decompõe gordura depósitos e faz com que queime mais rapidamente. Quando há um déficit na produção de glucagon, o corpo queima gorduras, mas de uma forma mais lenta. Este Hormônio pode retomar uma função regular, mantendo uma ingestão correta de carboidratos e mantendo o tratamento de resistência à insulina.

Leptina: É o Hormônio que avisa ao cérebro quando estamos satisfeitos e quando nós devemos parar de comer, é gerado pelas células de gordura do nosso corpo, quanto mais gordura temos mais leptina é gerada, mas isso não é bom se houver excesso de gordura, quando isso acontece, há um excesso do Hormônio leptina, e o cérebro se torna “surdo” para os sinais de que devemos parar de comer. Uma das maneiras de regular os níveis de leptina é através da dieta hipocalórica e durante alguns dias da semana, fazendo o que é conhecido como “o dia do lixo”, aumentando a ingestão de calorias, mas isso deve ser feito com cuidado, caso contrário, nós pode causar um aumento muito alto deste Hormônio, com as consequências negativas já mencionadas.

Cortisol: Cortisol é uma glândula que tem um impacto negativo sobre os músculos em situações de estresse ou overtraining, para controlar esse Hormônio é necessário dormir pelo menos 8 horas por dia. Altos níveis de cortisol são a principal causa do aumento de gordura na região abdominal. Além de provocar o caos na saúde, níveis muito altos de cortisol também causam outros desequilíbrios Hormonais, o cortisol afeta a tireoide e estrogênio no caso das mulheres. Neste caso, uma das maneiras mais comuns para tratar os altos níveis de cortisol é reduzir os níveis de estresse a que estamos expostos, bem como regular o nosso sono e começar a aumentar a serotonina, um neurotransmissor que estimula o bem-estar e bom humor.

Tireoide: Um metabolismo lento é outro dos inimigos da perda de peso. O estresse e altos níveis de cortisol podem retardar a tireoide, também podem causar esta diminuição da deficiência de vitamina D e do Hormônio da tireoide e intolerância ao glúten. Os sintomas de uma função de hipotireoidismo incluem ganho de peso, fadiga, confusão mental e depressão.

Níveis Baixos de Estrogênio: O baixo nível de estrogênio estimula o apetite. Pesquisadores de Yale descobriram que o estradiol usa as mesmas vias bioquímicas no corpo como leptina, um Hormônio liberado pela gordura que, quando ativada, ativa a sensação de fome, fazendo com que coma mais do que o habitual.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.