Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Dicas de Saúde Doenças do Aparelho Reprodutor

Como Identificar uma Hemorragia no Útero ou Bexiga

Como Identificar uma Hemorragia no Útero ou Bexiga, que significa uma perda de sangue dentro ou fora do seu organismo, devido ao rompimento dos vasos sanguíneos. Alem disso, no caso da hemorragia interna, o sangue se acumula nas cavidades do corpo, nos tecidos ou órgãos, e como não há sangue aparente, devem ser muito bem analisados os sintomas para evitar que o problema se agrave.

Às vezes até pode ocorrer uma perda leve de sangue, mas que provém de um órgão interno e não de um corte externo, por exemplo, como acontece na hemorragia externa. então, confira Como Identificar uma Hemorragia no Útero ou Bexiga.

Geralmente, uma hemorragia interna ocorre devido a:

  • Traumas que levam a compressão ou deslocamento de órgãos internos, como cair de algum lugar, acidente de carro, queda de um objeto pesado sob o corpo, etc;
  • Fraturas ósseas;
  • Sangramento espontâneo, quando, por exemplo, a pessoa usa anticoagulantes;
  • Gravidez, quando indica sinal de aborto e após o parto;
  • Efeito colateral de certos medicamentos ou bebidas alcoólicas;

Assim, devido à dificuldade em saber qual órgão foi atingido em uma hemorragia interna, confira abaixo como identificá-la quando ocorre no útero, rim e bexiga:

Hemorragia Interna no Útero: Uma hemorragia interna no útero, também chamada de “metrorragia”, ocorre quando os vasos sanguíneos do útero se rompem, gerando perda de sangue do interior deste órgão pela vagina.

Alem disso, não é a mesma coisa que ocorre na menstruação, pois um sangramento anormal no útero pode ocorrer devido a um tumor, problemas na gravidez (hemorragias pós-parto, aborto espontâneo ou gravidez ectópica), trauma na região, doenças infecciosas e a anovulação (quando não há ovulação).

Uma Mulher com Hemorragia Uterina Apresenta os Sintomas:

  • Perda considerável de sangue pela vagina, principalmente numa hemorragia pós-parto, uma vez que, se as contrações forem lentas ou insuficientes, podem não conseguir fechar os vasos sanguíneos;
  • Febre;
  • Abdome aumentado;
  • Dores e cólicas abdominais fortes, principalmente na gravidez ectópica e no abordo espontâneo;
  • Disfunções hormonais variadas;

Após diagnosticado o problema que causou a hemorragia uterina, o médico pode prescrever hormônios, antibióticos, cirurgias ou até mesmo a retirada do útero (como nos casos de tumores, por exemplo).

Hemorragia Interna nos Rins e Bexiga: Uma hemorragia interna no trato urinário, que vai do rim até a bexiga, pode ocorrer devido a uma fratura da pelve, lesão atrás ou na lateral das costas, tumores, infecções, inflamações, doenças (como, por exemplo, a nefropatia), cirurgias (como a de próstata, por exemplo) e tratamento por radioterapia.

Uma Pessoa com Hemorragia Interna no Trato Urinário Apresenta:

  • Hematúria, que é a perda de sangue pela urina;
  • Urina avermelhada ou com coágulos visíveis;
  • Ardência ao urinar;
  • Febre;
  • Calafrios;
  • Vômitos e náuseas;
  • Dor lombar ou no abdome;
  • Perda de peso inexplicável;
  • Urinar com muita freqüência ou dificuldade para urinar;
  • Jato urinário diminuído, intermitente ou gotejamento.

Para diagnosticar a hemorragia no trato urinário, o médico irá realizar exames físico e laboratorial, como, por exemplo, o exame de urina, onde será avaliada a procura de mais hemácias (células vermelhas do sangue), em, em casos mais graves, exame de sangue, biópsia dos rins, ultrassonografia, tomografia ou cistoscopia.

O tratamento se dará através de remédios, como antibióticos, e cirurgia caso necessário.

Diante dos sintomas apresentados acima nas hemorragias internas do estômago, útero, rins ou bexiga, é necessário tomar algumas providências. Em geral é sempre importante:

  • Chame por ajuda, geralmente o SAMU (telefone 192);
  • Mantenha a vítima calma e converse com ela para deixar os sentidos ativos;
  • Mantenha a pessoa em repouso, deitada de costas e coloque a cabeça de lado (sem apoio de travesseiros na cabeça para evitar engasgo caso haja sangramento por vômitos);
  • Não dê nenhum líquido, alimento ou remédio para ela ingerir;
  • Aplique compressa ou bolsa de gelo na área do abdome (se for hemorragia estomacal) ou na região pélvica (se for hemorragia uterina ou no sistema urinário);
  • Se a pessoa estiver conversando normalmente, mesmo com dor, pegue sua identificação, pergunte o que aconteceu, veja se há suspeita de gravidez e aguarde o socorro chegar;
  • Se não der para esperar o socorro, encaminhe urgentemente a vítima para atendimento médico especializado.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.