Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Dicas de Saúde Doenças e Tratamentos

Como Diferenciar a Tendinite da Bursite

Como Diferenciar a Tendinite da Bursite e como tratar elas. Além disso, da mesma forma de que artrite e a artrose podem ser alvos de confusão entre as pessoas, é comum que muitas não saibam muitos bem a diferença entre a Tendinite e a bursite. Pensando nisso, que tal conhecer um pouco mais a fundo ambos os problemas reumáticos? De uma forma simples, pode-se dizer que tanto a Bursite quanto a Tendinite são problemas que geram inflamações em diversas área do corpo, como as articulações. Saiba mais sobre Como Diferenciar a Tendinite da Bursite:Tendinite: Tendinite é a inflamação do tendão, a parte final do músculo que se liga ao osso, e a Bursite é uma inflamação da bursa, uma pequena bolsa cheia de líquido sinovial que serve de “almofada” para determinadas estruturas como tendões e proeminências ósseas. Ela atua evitando o contato com estas estruturas que poderiam ser danificadas pelo atrito constante.

Bursite: Já a Bursite é a inflamação da bolsa sinovial, uma estrutura cheia de líquido que se localiza entre um tendão e a pele ou entre um tendão e o osso, com função de amortecimento, e auxílio no deslizamento dos tecidos e sua nutrição. A doença pode ser aguda ou crônica. A ocorrência de Bursite é mais comum nos ombros, cotovelos e quadril.

Mas ela também pode ocorrer nos joelhos, calcanhares e no dedão do pé, além de outras articulações. Em geral, Bursite ocorre perto das articulações que realizam movimentos repetitivos. Com sintomas parecidos, as duas doenças causam inflamações pelo corpo e geram dores.

Sintomas da Tendinite e da Bursite: Os sintomas da Tendinite e da Bursite são muito semelhantes. Geralmente o indivíduo apresenta:

  • Dor na articulação;
  • Dificuldade em realizar movimentos com esta articulação;
  • A articulação pode estar inchada, avermelhada ou com uma pequena elevação da temperatura, devido a inflamação.

Estes sintomas podem surgir aos poucos. Inicialmente eles tem tendência a surgir quando o indivíduo realiza algum esforço como carregar uma sacola pesada, ou esforço repetitivo por exemplo, mas em alguns casos estes sintomas podem surgir após um traumatismo ou uma pancada na região.

Esses problemas ocorre em decorrência de uma inflamação de uma bolsa (ou saco) cheias de líquidos sinovial, que servem como “almofadas” ou “amortecedores” para determinadas estruturas, como tendões e proeminência óssea. Elas atuam evitando o contado direto com estas estruturas, que poderiam ser lesadas pelo atrito constante.

Os principais sintomas são dor na articulação, dificuldade para realizar movimentos e, eventualmente, sinais de inflamação, como aumento de volume, calor e rubor no local. “As causas podem ser traumatismo direto, esforço repetido, excesso de peso e envelhecimento com desidratação da Bursa. Os locais mais frequentemente acometidos são ombros, joelhos, quadril e cotovelos”.

Causas da Tendinite e da Bursite: As causas da Tendinite e a da Bursite podem ser:

  • Traumatismo direto;
  • Esforço repetitivo com a articulação afetada;
  • Excesso de peso;
  • Desidratação do tendão, da bursa ou da articulação.

Como foi dito, Tendinite é a inflamação de um tendão, que são estruturais fibrosas como uma corda, que unem o musculo ao osso. Ocorre dor e aumento de volume do tendão e pode atingir qualquer parte do corpo – os locais mais frequentes são ombros, cotovelos, joelhos, tornozelos e pés.

“O tendão é mais fraco que o osso, e menos elástico do que o musculo, portanto, em qualquer condição de atrito, sobrecarga ou superuso (movimentos repetidos) é a estrutura que geralmente mais sofre”. Suas causas costumam estar relacionadas a alguns fatores de risco como:

  • Falta de alongamento muscular;
  • Postura inadequada;
  • Movimentos retidos (como no uso de computadores, tablets e celulares);
  • Idade do paciente;
  • Estresse (contraturas musculares e fadiga);
  • Atividades esportivas em excesso e/ou feitas com técnica inadequada;
  • Doenças reumáticas que causam com inflamação de músculos, tendões e articulações.

Quem Sofre Com Essas Doenças? Como acontece com as demais doenças reumáticas, a grande maioria das pessoas esta sujeita a desenvolver a Bursite e a Tendinite. Assim, um estilo de vida saudável, com controle de peso, exercícios orientados e dieta adequada, são ainda a melhor forma de se conduzir perante essas doenças. “Aliado a isso, a informação e o conhecimento de sua existência e manifestações, bem como um diagnostico e tratamento precoce com um reumatologista habilitado, são primordiais”.

Tratamento Para Tendinite e Bursite: Normalmente, o tratamento de ambas as doenças é feito com base no uso de anti-inflamatórios, além de repouso e termoterapia (tratamento feito com uso de bolsas de água quente e/ou gelada). Isso porque as bolsas de gelo são capazes de causar o estreitamento dos vasos sanguíneos, fator que reduz as inflamações; enquanto as bolsas de água quente aquecem e relaxam a musculatura dos vasos sanguíneos, o que melhora a circulação (vasodilatação), também diminui o processo inflamatório.

Medicamentos Para Bursite: Os medicamentos mais usados para o tratamento de Bursite são:

  • Androcortil
  • Artrosil
  • Betametasona
  • Betatrinta
  • Bi Profenid
  • Cataflampro
  • Celestone
  • Cetoprofeno
  • Decadron
  • Dexalgen
  • Dexametasona
  • Diprospan
  • Duoflam
  • Flanax
  • Fenaflan
  • Flanax 550Mg
  • Ibupril 300mg
  • Ibupril 400mg
  • Ibupril 600mg
  • Naproxeno
  • Prednisolona
  • Predsim
  • Profenid

Medicamentos para Tendinite: Os medicamentos mais usados para o tratamento de Tendinite são:

  • Bi Profenid
  • Cataflampro
  • Cetofenid (solução)
  • Cetoprofeno
  • Diclofenaco Dietilamônio
  • Fenaflan
  • Flanax 550mg
  • Ibupril 300mg
  • Ibupril 400mg
  • Ibupril 600mg
  • Naproxeno
  • Profenid

Somente um médico pode dizer qual o medicamento mais indicado para o seu caso, bem como a dosagem correta e a duração do tratamento. Siga sempre à risca as orientações do seu médico e NUNCA se automedique. Não interrompa o uso do medicamento sem consultar um médico antes e, se tomá-lo mais de uma vez ou em quantidades muito maiores do que a prescrita, siga as instruções na bula.

Como Prevenir a Tendinite e Bursite: Ao perceber que sente dor ao fazer um movimento, o paciente precisa buscar ajuda médica com um ortopedista ou reumatologista. assim, o profissional irá realizar exames de imagem (radiografia e ressonância, por exemplo) para haver a confirmação do diagnostico. Como as estruturas anatômicas de cada pessoa são diferente, o médico irá analisar os exames e definir se o quadro é de Tendinite ou de Bursite.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.