Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Dicas de Saúde Doenças e Tratamentos Uncategorized

Câncer de Vesícula Biliar – O que é, Causas e Tratamentos

Câncer de Vesícula Biliar – O que é, Causas e Tratamentos desta condição. Além disso, o Câncer de Vesícula Biliar só se manifesta quando a doença já está em estágio avançado, mas em alguns casos pode aparecer em um estágio mais precoce, quando o tratamento pode ser mais eficaz. A vesícula biliar é um pequeno órgão em forma de pera sob o fígado.

Tanto o fígado como a vesícula biliar estão atrás das costelas mais baixas. Em adultos, a vesícula biliar geralmente tem cerca de 3 a 4 centímetros de comprimento e normalmente não é mais larga do que uma polegada. Pessoas com Câncer de Vesícula Biliar podem experimentar os seguintes sintomas ou sinais. Às vezes, pessoas com Câncer de Vesícula Biliar não possuem nenhuma dessas alterações. Ou, a causa de um sintoma pode ser uma condição médica diferente que não é câncer, como um vírus estomacal.

Causas do Câncer de Vesícula Biliar: As mutações genéticas relacionadas aos cânceres da vesícula biliar geralmente são adquiridas durante a vida em vez de serem herdadas. Por exemplo, as alterações adquiridas no gene supressor de tumor TP53 são encontradas em muitos casos de Câncer de Vesícula Biliar. Outros genes que podem desempenhar um papel no Câncer de Vesícula Biliar incluem KRAS, BRAF, CDKN2 e HER2. Algumas das alterações genéticas que levam ao Câncer de Vesícula Biliar podem ser causadas por inflamação crônica. Mas às vezes o que causa essas mudanças não é conhecido. Muitas mudanças de genes podem ser apenas eventos aleatórios que às vezes ocorrem dentro de uma célula, sem ter uma causa externa.

Sintomas do Câncer de Vesícula Biliar: O Câncer de Vesícula Biliar pode ser difícil de ser detectado durante os exames físicos de rotina. Às vezes, o Câncer de Vesícula Biliar é encontrado inesperadamente após a remoção da vesícula biliar por outro motivo, como cálculos biliares ou infecção da vesícula biliar. Quando eles ocorrem, eles incluem os seguintes sintomas:

  • Icterícia (amarelecimento da pele e dos brancos dos olhos);
  • Dor abdominal;
  • Náusea e vomito;
  • Inchaço;
  • Um nódulo no abdômen;
  • Febre.

Diagnósticos do Câncer de Vesícula Biliar: O diagnóstico do Câncer de Vesícula Biliar é difícil de ser realizado com exatidão. O Câncer de Vesícula Biliar é difícil de detectar e diagnosticar pelas seguintes razões:

  • Não há sinais ou sintomas nos estágios iniciais do Câncer de Vesícula Biliar.
  • Os sintomas do Câncer de Vesícula Biliar, quando presentes, são como os sintomas de muitas outras doenças.
  • A vesícula biliar está escondida atrás do fígado.

O Câncer de Vesícula Biliar é encontrado às vezes quando a vesícula biliar é removida por outros motivos. Pacientes com cálculos biliares raramente desenvolvem Câncer de Vesícula Biliar.

Tratamentos Para o Câncer de Vesícula Biliar: Depois de ter sido diagnosticado com Câncer de Vesícula Biliar, o seu médico discutirá com você sobre as opções de tratamento. Para os tumores que não podem ser tratados cirurgicamente, outras opções podem incluir cirurgia, radioterapia, quimioterapia ou tratamento paliativo para reduzir o tumor ou aliviar os sintomas.

Em função das opções de tratamento definidas para cada paciente com Câncer de Vesícula Biliar, a equipe médica deverá ser formada por especialistas, como cirurgião, oncologista, radioterapeuta e gastroenterologista. Mas, muitos outros poderão estar envolvidos durante o tratamento, como, enfermeiros, nutricionistas, fisioterapeutas, assistentes sociais e psicólogos.

A escolha do tratamento dependerá muito do estadiamento do Câncer de Vesícula Biliar no momento do diagnóstico, além de outros fatores como idade da paciente, estado geral de saúde, circunstâncias individuais e preferências da paciente. É importante que todas as opções de tratamento sejam discutidas com o médico, bem como seus possíveis efeitos colaterais, para ajudar a tomar a decisão que melhor se adapte às necessidades de cada paciente.

Fatores de Risco do Câncer de Vesícula Biliar: Um fator de risco é qualquer coisa que afeta sua chance de contrair uma doença como câncer. Diferentes tipos de câncer têm diferentes fatores de risco. Alguns fatores de risco, como fumar, podem ser alterados. Outros, como a idade de uma pessoa ou história familiar, não podem ser alterados.

Mas ter um fator de risco, ou mesmo vários fatores de risco, não significa que uma pessoa terá a doença. E muitas pessoas que recebem a doença podem ter poucos ou nenhum dos fatores de risco conhecidos.

Os cientistas encontraram vários fatores de risco que tornam a pessoa mais propensa a desenvolver Câncer de Vesícula Biliar. Muitos destes estão relacionados de alguma forma à inflamação crônica (irritação e inchaço) na vesícula biliar.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.