Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Câncer Dicas de Saúde Doenças e Tratamentos

Câncer de Timo – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos

Câncer de Timo – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos e muito mais é o que você vai aprender a partir de agora, então continue conosco e desvende tudo sobre o Câncer de Timo, doença essa que mata mais brasileiros a cada dia. Além disso, o Câncer de Timo é um tipo raro de neoplasia.

O timo tem diferentes tipos de células, que podem produzir diferentes tipos de câncer: células epiteliais, linfócitos e células Kulchitsky ou neuroendócrinas. Os timomas e os carcinomas tímicos são tumores que se iniciam a partir das células epiteliais do timo. No passado, os timomas, eram divididos em benignos e malignos de acordo com seu desenvolvimento e disseminação para outros tecidos ou órgãos. Atualmente, se considera que todos os timomas são potencialmente cancerígenos.

Sinais e Sintomas do Câncer de Timo: Muitos tumores do timo podem ser diagnosticados em radiografias realizadas por algum outro motivo, antes do paciente ter qualquer queixa ou quando o paciente vai ao médico por apresentar determinados sinais e sintomas. Estes sinais e sintomas podem estar relacionados com o tumor em si ou podem ser devido a uma síndrome paraneoplásica.

Embora estes sinais e sintomas do Câncer de Timo possam ser provocados ​​por tumores do timo, também podem ser decorrentes de outras patologias. Se você tiver qualquer um dos sinais e sintomas relacionados a seguir, procure um médico imediatamente para que a causa possa ser diagnosticada, e, se necessário, iniciado o tratamento.

Sintomas Provocados Pelo Câncer de Timo: Os tumores do timo podem pressionar estruturas próximas, provocando sintomas como:

  • Falta de ar.
  • Tosse.
  • Dor no peito.
  • Problemas de deglutição.
  • Perda de apetite.
  • Perda de peso.

O timo está localizado próximo da veia cava superior, o principal vaso sanguíneo que leva o sangue da parte superior do corpo e cabeça para o coração. Os Câncer de Timo que pressionam esse vaso podem provocar o que se denomina síndrome de veia cava superior, o que pode incluir:

  • Inchaço no rosto, pescoço e parte superior do tórax.
  • Inchaço das veias que podem tornar-se visíveis nesta parte do corpo.
  • Dores  de cabeça.
  • Sensação de tontura.

Síndrome Paraneoplásica

Esta condição estão relacionada com o Câncer de Timo, mas não é a causa direta da massa tumoral. Por exemplo, as pessoas com timomas podem desenvolver doenças autoimunes, onde o sistema imunológico começa a atacar o próprio organismo. Parte da função normal do timo é ajudar a manter o sistema imunológico ativo, o que pode ajudar a explicar porque isso acontece.

Miastenia Gravis: De 30% a 65% das pessoas com timomas também têm miastenia gravis, que é a doença autoimune mais comum associada ao timoma. Nesta enfermidade, o sistema imunológico produz anticorpos que bloqueiam os sinais químicos que fazem os músculos se moverem, provocando fraqueza muscular severa. Pessoas com miastenia gravis se cansam facilmente. Embora os pacientes tenham diminuição da força muscular em todo o corpo, os sintomas provocados pela fraqueza dos músculos dos olhos, pescoço e tórax podem ser os mais problemáticos.

A fraqueza nos músculos do olho pode provocar visão turva ou dupla e pálpebras caídas, enquanto os músculos do pescoço fracos podem levar a problemas com a deglutição. Fraqueza dos músculos peitorais e diafragma podem provocar problemas respiratórios e falta de ar. A miastenia gravis pode ser tratada com a retirada do timo ou com medicamentos.

Aplasia de Células Vermelhas: A aplasia de células vermelhas, na qual a capacidade do corpo de produzir novos glóbulos vermelhos é severamente reduzida, ocorre em cerca de 5% dos pacientes com timoma. As células vermelhas do sangue transportam oxigênio dos pulmões para os tecidos do corpo. A redução da produção de glóbulos vermelhos provoca anemia. Os sintomas da anemia podem incluir fraqueza, tonturas, falta de ar e cansaço. O tratamento para o Câncer de Timo usual é a retirada do timo.

Hipogamaglobulinemia: A hipogamaglobulinemia é um distúrbio no qual o corpo produz baixas quantidades de anticorpos que combatem as infecções, deixando o indivíduo susceptível a elas. A hipogamaglobulinemia se desenvolve em cerca de 5% a 10% dos pacientes com timoma. Por outro lado 10% dos pacientes com hipogamaglobulinemia tem um timoma. Ao contrário da miastenia grave e da aplasia de células vermelhas, a retirada do timo não ajuda a corrigir esta doença.

Causas do Câncer de Timo: Alguns sinais e sintomas podem sugerir que uma pessoa tem Câncer de Timo, mas será necessária a realização de exames e biópsias para confirmar o diagnóstico. Será perguntado durante a consulta seu histórico clínico completo, incluindo informações sobre os sintomas apresentados, possíveis fatores de risco, histórico familiar, e outras condições clínicas.

Será realizado um exame físico completo para detectar possíveis sinais da doença ou outros problemas de saúde. Os pacientes com Câncer de Timo, às vezes, apresentam aumento de volume na parte inferior do pescoço que pode ser sentido na palpação. Os Câncer de Timo muitas vezes são diagnosticados pelo reconhecimento de sinais e sintomas associados com a miastenia gravis, hipogamaglobulinemia ou aplasia de células vermelhas. Se os sinais e sintomas apresentados sugerirem que o paciente possa ter Câncer de Timo, serão solicitados exames de imagem, de laboratório e biópsias, para confirmação diagnóstica e estadiamento da doença.

Sintomas do Câncer de Timo: Os principais sintomas do Câncer de Timo são tosse persistente, dor no peito e dificuldade para respirar, porém outros sintomas incluem:

  • Fraqueza constante;
  • Inchaço do rosto ou braços;
  • Dificuldade para engolir;
  • Visão dupla.

Os sintomas do Câncer de Timo são raros, sendo mais frequentes nos casos de Câncer de Timo maligno, devido ao tumor se espalhar para outros órgãos.

Tratamentos do Câncer de Timo: Após o diagnóstico e estadiamento da doença, o médico discutirá com a paciente as opções de tratamento. Fatores importantes na escolha da terapia incluem o tipo de tumor, o estadiamento, se é operável e o estado de saúde geral do paciente. Como o Câncer de Timo é raro, muitas vezes é difícil prever com precisão a eficácia das estratégias de tratamento e, em muitos casos, a melhor maneira de tratar esse tipo de câncer ainda não está clara. Os principais tratamentos para o Câncer de Timo são cirurgia, radioterapia e quimioterapia.

Em função das opções de tratamento definidas para cada paciente, a equipe médica deverá ser formada por especialistas, como cirurgião torácico, pneumologista, oncologista, neurologista, e radioterapeuta. Mas, muitos outros poderão estar envolvidos durante o tratamento, como, enfermeiros, nutricionistas, fisioterapeutas, assistentes sociais e psicólogos. É importante que todas as opções de tratamento sejam discutidas com o médico, bem como seus possíveis efeitos colaterais, para ajudar a tomar a decisão que melhor se adapte às necessidades de cada paciente.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.