Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Dicas de Saúde Doenças e Tratamentos

Câncer de Pulmão – O que é, Causas e Tratamentos

Câncer de Pulmão – O que é, Causas e Tratamentos desta condição. Além disso, o Câncer de Pulmão se desenvolve quando as células do pulmão se multiplicam anormalmente, formando uma massa (tumor) que cresce destrutivamente e invade os tecidos normais.

O câncer pode começar em várias partes do pulmão, como as grandes passagens aéreas (brônquios), ramos mais baixos das vias aéreas (bronquíolos) ou pequenos sacos de ar (alvéolos). O Câncer de Pulmão é especialmente letal quando se espalha (metástase) para locais distantes do corpo, como o cérebro, osso e fígado. O Câncer de Pulmão é a causa mais comum de morte por câncer para homens e mulheres.

Causas do Câncer de Pulmão: O Câncer de Pulmão pode se desenvolver bastante quando relacionado ao tabagismo, aproximadamente 90% dos casos de Câncer de Pulmão são atribuíveis ao uso do tabaco. O fumo de tubos e charutos também pode causar Câncer de Pulmão, mas o risco não é tão alto quanto o tabagismo. A fumaça do tabaco contém mais de 4.000 compostos químicos, muitos dos quais são cancerígenos (agentes cancerígenos). O fumo passivo, ou seja, a inalação do fumo de tabaco por não fumantes que vivem ou trabalham com fumantes também é um fator de risco estabelecido para o desenvolvimento de Câncer de Pulmão.

Embora a maioria dos cânceres de pulmão esteja ligada ao tabagismo, nem todos os fumantes continuam a desenvolver Câncer de Pulmão sugerindo que a susceptibilidade genética (ou seja, a história familiar) pode desempenhar um papel no desenvolvimento do Câncer de Pulmão. Outras causas de Câncer de Pulmão incluem poluição do ar (de veículos, indústria e geração de energia) e inalação de fibras de amianto (geralmente no local de trabalho).

Sintomas do Câncer de Pulmão: O principal sintoma do Câncer de Pulmão é a tosse. Se alguém com bronquite crônica acabar desenvolvendo Câncer de Pulmão, a tosse devida a bronquite piorará. O câncer pode crescer nos vasos sanguíneos e fazer com que o sangue seja tossido na fleuma. Também pode crescer ou pressionar os brônquios, tornando-os mais estreitos e fazendo com que o paciente consiga respirar.

O câncer pode crescer na parede torácica, causando dor torácica. Também pode causar pneumonia, com sintomas de tosse, febre, dor torácica e falta de ar. Pessoas com Câncer de Pulmão avançado perdem o apetite, sentem-se fracas e perdem peso.

O Câncer de Pulmão pode se espalhar para partes do corpo perto dos pulmões ou para outras partes do corpo, como fígado, cérebro e ossos, causando dor. Também pode crescer e bloquear as veias que vão da parte superior do corpo para o coração. Esta síndrome, chamada síndrome superior da veia cava, faz com que o sangue nas veias do rosto, pescoço e parte superior do tórax para trás e as veias para inchar.

O câncer pode causar líquido para preencher os sacos que cercam o coração ou o pulmão, tornando muito difícil respirar. As células cancerosas também podem pressionar o pulmão, fazendo com que ele colapse, ou na medula espinhal (espinha dorsal), causando dor ou perda de função dos nervos. Alguns tipos de câncer também liberam hormônios que podem afetar o metabolismo do organismo.

Diagnósticos do Câncer de Pulmão: Os pacientes assintomáticos de alto risco podem ser rastreados com uma tomografia computadorizada de baixa dose (LDCT), um teste de imagem usado para detectar Câncer de Pulmão em estágio inicial e reduzir a chance de morrer da doença.

Teste de diagnóstico: A maioria dos pacientes com Câncer de Pulmão desenvolve sintomas no final da doença. Quando os sintomas surgem, vários testes são realizados para confirmar o diagnóstico.

  • Radiografia de tórax fornece uma imagem básica dos pulmões.
  • A tomografia computadorizada (CT) do tórax fornece imagens mais detalhadas do que uma radiografia de tórax.
  • A citologia do esputo é um teste que detecta células cancerosas nas secreções do trato respiratório.
  • As biópsias geralmente são obtidas durante uma broncoscopia, um procedimento no qual um instrumento flexível com uma câmera é passada através da boca e da tráquea nos pulmões, e amostras de tecido pulmonar são removidas para exame sob microscópio.
  • Quando os gânglios linfáticos aumentados estão presentes, uma biópsia ganglionar é realizada para verificar se há câncer.
  • Quando a membrana (pleura) ao redor do pulmão acumula excesso de líquido (derrame pleural), um procedimento chamado toracentese é realizado para drenar e testar o fluido para câncer.

Tratamentos do Câncer de Pulmão: O tratamento do Câncer de Pulmão requer uma abordagem em equipe. Os oncologistas cirúrgicos são cirurgiões especializados na remoção de cânceres. Cirurgiões torácicos ou cirurgiões gerais também podem tratar cirurgicamente cancros do pulmão. Os oncologistas médicos e de radiação são especialistas no tratamento de câncer com medicamentos e radioterapia, respectivamente. Outros especialistas que podem estar envolvidos no cuidado de pessoas com Câncer de Pulmão incluem especialistas em dor e cuidados paliativos, bem como especialistas em pulmão (pneumologistas médicos).

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.