Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Dicas de Saúde Doenças e Tratamentos Sintomas

Bursite – O que é, Causas, Tipos e Sintomas

Antes de ler o Artigo, Curta-nos Abaixo!

Bursite – O que é, Causas, Tipos e Sintomas que muitos devem sentir, mas não fazem ideia do que pode ser. Além disso, com o enfraquecimento muscular que ocorre nos idosos, esta doença é mais comum na terceira idade, mas pode afetar pessoas em qualquer fase da vida, principalmente os trabalhadores braçais, que fazem muito esforço e esforços repetitivos (uma das principais causas da doença).

A Bursite pode afetar qualquer articulação que seja lesionada ou que sofra infecção, mas geralmente, esta doença afeta o ombro, pois esta articulação tem muitas bursas. Ela também é comum nos joelhos, quadril, cotovelos e calcanhar.A dor no ombro é uma situação tão comum, que até 70% das pessoas terão este tipo de dor ao menos uma vez ao longo das suas vidas. Entre as várias causas possíveis de dor no ombro, a Bursite do ombro, também chamada de Bursite subacromial ou Bursite subdeltoidea, é uma das mais comuns.

Sintomas: Os principais sinais e sintomas da Bursite são:

  • Inchaço, calor e vermelhidão na articulação;
  • Rigidez e dor nas articulações, principalmente ao movê-las;
  • Sensibilidade ao pressionar nas proximidades da região dolorida;
  • Limitação da mobilidade da articulação.

Causas: A causa mais comum de Bursite é a repetição de movimentos em determinadas articulações ou posições que possam causar danos às bursas. Isso pode acontecer nas seguintes situações:

  • Alguns bursas, como no joelho e cotovelo ficam logo abaixo da pele. São esses os locais do corpo com maior risco de traumas que podem ocasionar à Bursite;
  • Apoiar-se em seus cotovelos por longos períodos de tempo;
  • Lançar bolas ou levantar algo sobre sua cabeça repetidamente;
  • Ficar muito tempo sentado, principalmente sobre lugares pouco confortáveis e com superfícies duras;
  • Ajoelhar-se por períodos longos de tempo;
  • Além do uso excessivo e crônico das articulações, Bursite também pode ser causada por traumas ortopédicos, processos reumatológicos, gota ou por algum tipo de infecção. Algumas vezes, a causa da Bursite não pode ser determinada.

Tipos de Bursite: A Bursite pode afetar qualquer articulação que seja lesionada ou que sofra infecção, mas geralmente, esta doença afeta o ombro, pois esta articulação tem muitas bursas. Ela também é comum nos joelhos, quadril, cotovelos e calcanhar.

A Bursite pode ser dividida em dois grupos: distúrbios hemorrágicos e inflamatórios. Os hemorrágicos são causados por traumas que ocasionam derramamento de sangue (hemorragia) direto na bursa.

Já os inflamatórios podem ser divididos em outros três subgrupos: causas químicas, sépticas (feridas infectadas) e sobrecarga (atrito constante do tendão com a bursa). Os tipos de Bursite são categorizadas de acordo com o local da inflamação da bursa, são eles:

Joelho: As bursas do joelho podem inflamar com contusões, pressão contínua ao passar muito tempo ajoelhado ou pela repetição de gestos. A articulação do joelho é cercada por cinco principais bursas, que são:

  • Bursa pré-patelar: Localizada entre a rótula e a pele. Dentre as bursas do joelho, é a que tem maiores chances de desenvolver inflamação;
  • Bursa infrapatelar profunda: Localizada entre o tendão patelar e a gordura de Hoffa;
  • Bursa anserina: Também chamada de bursa da pata de ganso, está localizada na superfície interna do joelho, entre os tendões dos músculos grácil, sartório e semitendinoso;
  • Bursa semimembranosa: Localizada entre o lado medial do joelho e o tendão semimembranoso, a um nível mais elevado do que a bursa anserina;
  • Bursa infrapatelar: Localizada abaixo da rótula sob o tendão patela.

Cotovelo: Também conhecida como Bursite olecraniana, a bursa do cotovelo fica entre a pele solta e o osso pontiagudo na parte de trás do cotovelo. É um problema comum entre tenistas, golfistas e outros esportistas que realizam a flexão repetitiva do cotovelo que, eventualmente, leva à uma lesão ou inflamação.

Ombro: Também chamado de Bursite subacromial-subdeltoidea, a bursa do ombro localiza-se abaixo do acrômio, extremidade superior da escápula, e do músculo deltóide. É o tipo mais comum da doença, provocado por traumas, movimentos excessivos e repetitivos no ombro ou doenças inflamatórias. Frequentemente, esse tipo de Bursite faz parte da Síndrome do Impacto do Ombro, patologia que tanto a bursa quanto os músculos do ombro apresentam inflamação e sinais de tendinite.

Tornozelos e Calcanhares: A bursa retrocalcânea está localizada entre o calcanhar e o tendão calcâneo, popularmente chamado de tendão de Aquiles. Esse tipo de Bursite pode ser causado após longas caminhadas, pelo uso de sapatos errados ou excesso de cargas e movimentos repetitivos no calcanhar.

Quadril: A bursa trocantérica é localizada superficialmente no osso trocânter maior, a parte do fêmur que é saliente na lateral do quadril. Todo indivíduo possui quatro ou mais bursas em cada quadril, sendo a Bursite trocantérica a inflamação mais comum de ocorrer nesta região.

Em menores incidências, há outras bursas que podem causar sintomas no quadril, como a bursa isquiática e do músculo iliopsoas, localizado ao lado da virilha. Corredores de média e longa distâncias têm maiores chances de adquirir esse tipo de Bursite.

Nádegas: A bursa localizada nas nádegas pode inflamar após sentar em superfícies duras durante muito tempo, como em bicicletas.

Coxas: A bursa localizada nas coxas pode inflamar com a realização errada de alongamentos.

Obs.: É importante procurar um profissional em caso de dor aguda ou desconforto em qualquer parte do corpo, para que ele possa identificar com precisão o quadro e o tratamento que é necessário. A Bursite, como muitas outras doenças, é de mais fácil tratamento quando identificada no início.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.