Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Dicas de Saúde Doenças e Tratamentos

Balanopostite – Causas, Sintomas e Tratamentos

Balanopostite – Causas, Sintomas e Tratamentos que devemos ficar atentos. Além disso, a Balanopostite é uma inflamação do fim do pênis (a glande). Muitas vezes, o prepúcio também está inflamado ao mesmo tempo que a glande. (O prepúcio é a pele solta que cobre a glande se você não tiver sido circuncidado.) A Balanopostite é comum e pode ocorrer em qualquer idade. Isso afeta mais comumente meninos menores de 4 anos e também homens que não foram circuncidados. Cerca de um em cada 25 meninos e cerca de um em cada 30 homens incircuncisos são afetados com Balanopostite em algum momento de suas vidas. É muito incomum em homens que foram circuncidados.

Principais Sintomas de BalanopostiteApós o exame físico, os seguintes sinais e sintomas podem ser notados:

  • Lesão vermelha e úmida não levantada sobre a glande e prepúcio
  • Dor
  • Irritação
  • Vermelhidão do pênis
  • Pênis doloroso e prepúcio
  • Presença de alta abaixo do prepúcio
  • Aperto do prepúcio ou fimose
  • Falha no cheiro
  • Ulcerações aparentes
  • Aumento incomum dos gânglios nas áreas da virilha
  • Fatige
  • Dor lombar
  • Ansiedade

Principais Causas de Balanopostite: Em quase todos os casos de Balanopostite resulta da existência do prepúcio, que pode ser desnecessário e apertado, tornando-o mais suscetível a diferentes infecções. A fachada do prepúcio fornece sob o descamação comum de células epiteliais e as secreções das glândulas fornecem um ambiente convidativo quente e úmido para os organismos. Portanto, a higiene pessoal adequada é muito importante na prevenção da balanopostite.

Outras Causas Notáveis ​​Incluem:

  • Uso de sabões ásperos para lavagem genital
  • Infecção por Staphylococcus aureus
  • Infecção por Candida albicans
  • Diabetes descontrolada
  • Lavagem inadequada do sabão durante o banho
  • Doenças como esclerose líquida e artrite reativa.

Diagnóstico de Balanopostite: Para o diagnóstico desta condição, o médico fará uma avaliação física, que revelará os sintomas mais comumente associados à balanopostite. Além do exame físico, a história adequada também é tomada. Outros testes incluem:

  • Estudos Laboratoriais
  • Teste de Hidróxido de Potássio: isso é feito para verificar a presença de infecções candidíase. Isso também é cultivado para conhecer a medicação antifúngica específica à qual o organismo é sensível.
  • Teste Sorológico: Este teste pode ser prescrito para infecções candidíase, especialmente nos casos em que a infecção não é clara.
  • Biopsia da Pele: Este procedimento é feito se a terapia antifúngica recomendada não produzir um bom resultado. Isso também é feito para verificar a malignidade da área afetada e para descartar outras condições.

Tratamento de Balanopostite: O manejo e manuseio para esta condição concentra-se em limpar o início da infecção e inibir a irritação periódica ou infecção por meio de uma maior higiene. O regime de tratamento para a balanopostite também depende da causa. Se a infecção é causada por uma bactéria, o tratamento será antibiótico. O tratamento também pode incluir cremes à base de esteróides para reduzir a inflamação.

Cuidados de Suporte: Mantenha uma higiene pessoal adequada e lave as mãos regularmente A exposição da parte afetada ao ar ajudará a parar o crescimento de microorganismos anaeróbios.

Cuidados Médicos: Aplicar cremes tópicos são o tratamento amplamente utilizado para esta condição. O objetivo desta terapia é erradicar os diferentes microorganismos e prevenir a inflamação.

Terapia Antifúngica: Os meios pelos quais esta classe de fármacos atuam incluem a desaceleração das condutas de substâncias essenciais para a produção da membrana celular dos organismos ou a mudança da capacidade da membrana celular para permitir que a substância passe através da membrana celular das células fúngicas.

Cotrimazole (Lotrimin, Fomisol 7, Mycelex, Gyne-Lotrimin): São drogas com ação antifúngica de amplo espectro. Estes são usados ​​para remediar infecções da pele, que resultam de diferentes variedades de microorganismos que causam distúrbios da pele e leveduras. Desacelera o crescimento de leveduras, alterando a capacidade da membrana celular para permitir a passagem da substância, o que resulta na morte de células fúngicas. 1% de creme é geralmente prescrito.

Terapia Antimicrobiana: Os mecanismos pelos quais esses fármacos funcionam tendem a destruir os micróbios causadores da infecção, prender sua reprodução ou desenvolvimento, ou parar suas doenças causando ações.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.