Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Dicas de Saúde Doenças

As 9 Doenças Comuns que Podem Atingir os Olhos

As Doenças Comuns que Podem Atingir os Olhos que devemos conhecer. Além disso, o sistema visual humano é considerado um dos cinco sentidos mais importantes, uma vez que através dele o homem enxerga e compreende os diversos estímulos presentes no ambiente. Os estímulos captados pela retina são processados pelo cérebro, gerando representações das imagens visualizadas.

Os olhos, assim, possibilitam nossa sobrevivência, ou seja, fazendo com que a gente se defenda, além de desenvolver nosso pensamento, como vemos o mundo e como se comunicar com ele.

Porém, problemas nos olhos podem atrapalhar esse processamento de informações e, por vezes, até danificá-lo de forma permanente. Dessa forma, é necessário que os sintomas não sejam ignorados e se realize visitas regulares ao oftalmologista para diagnosticar possíveis doenças ou precavê-las, além de tratá-las. Então, confira As 9 Doenças Comuns que Podem Atingir os Olhos.

Astigmatismo: O astigmatismo é uma das doenças comuns que podem atingir os olhos. Além disso, ela é uma curvatura desigual da córnea ou do cristalino, onde a luz não se concentra corretamente na retina, levando a uma imagem distorcida, embaçada e borrada. Geralmente é um problema hereditário acometido quando se formam os olhos, podendo a pessoa ter somente o astigmatismo ou tê-lo associado a outro problema de visão (por exemplo, ter astigmatismo e também miopia).

Miopia: A miopia é também uma das doenças comuns que podem atingir os olhos. Ela é considerada uma doença hereditária, mas também pode ocorrer quando se força demais a vista para se visualizar coisas próximas (como computador, ver TV etc), em que se comprime o globo ocular ou ocorre do aumento da curvatura da córnea ou cristalino. Assim, como a luz não alcança corretamente a retina, as imagens se formam antes dela. A pessoa passa a enxergar bem de perto, porém de longe vê tudo embaçado.

Hipermetropia: Outra das doenças comuns que podem atingir os olhos é a hipermetropia. Além disso, a hipermetropia é o contrário da miopia, ou seja, a pessoa vê embaçado de perto, mas de longe enxerga com nitidez. É considerada uma doença genética, mas também ocorre em casos que houve estrabismo na infância. Alterações no formato da córnea ou cristalino e menor comprimento do globo ocular também são causas deste problema, onde a imagem se forma após a retina.

Estrabismo: O estrabismo é caracterizado pelos olhos desalinhados, por exemplo, para lados opostos, para fora ou dentro, ou um olho para cima e outro para baixo, sendo considerado uma das doenças comuns que podem atingir os olhos. Assim, a pessoa não visualiza de forma orientada, uma vez que os olhos não estão apontados para o mesmo ponto de visão, interpretando só a imagem captada por um dos olhos, enquanto a do outro olho é descartada. Tem suas causas influenciadas por fatores hereditários, traumas ou nascimento prematuro.

Daltonismo: O daltonismo é uma das mais conhecidas doenças que podem atingir os olhos. Tendo como nome científico “discromatopsia”, o daltonismo é um problema de ordem hereditária, ou seja, é genética, transmitido pela mulher através do cromossomo X e considerado uma alteração nas visões das cores, geralmente na visualização do vermelho, verde e azul.

Catarata: A catarata é uma das doenças que podem atingir os olhos. Ela é a opacidade do cristalino (membrana que antecede a íris, onde se focaliza as imagens na retina), ou seja, há perda de transparência, deixando-o opaco e o olho de cor esbranquiçada. Se não tratada corretamente, a visão pode ficar totalmente comprometida, levando à cegueira, ou seja, com o tratamento adequado pode se reverter esse quadro. Pode ocorrer devido à: fatores genéticos, degeneração da vista por conta da velhice, doenças metabólicas, uso crônico de corticoides, alcoolismo, diabetes, tabagismo ou traumas.

Glaucoma: Entre as doenças que podem atingir os olhos o glaucoma é considerada mais perigosa. Além disso, o glaucoma é uma degeneração do nervo óptico e perda de células da retina, causada pelo aumento da pressão ocular, que pode levar à cegueira súbita (glaucoma agudo) ou perda da visão periférica (glaucoma crônico). Dentre as causas mais claras que levam a este problema estão o aumento do líquido que preenche o interior dos olhos, predisposição genética e idade entre 40 e 60 anos. Se não tratado, pode ocorrer cegueira irreversível.

Descolamento de Retina: Outra das doenças que podem atingir os olhos é o deslocamento da retina. Além disso, a parte interna dos olhos é revestida por uma fina membrana, que é a retina. Seu descolamento ocorre quando ela se desprende da região posterior do globo ocular, prejudicando a visão. Deve ser tratada imediatamente para recuperar a vista. Os fatores de risco que levam a este problema são: traumas oculares, ter mais de 40 anos, miopia, glaucoma ou catarata, ter histórico na família de descolamento de retina.

Retinopatia Diabética: Esta é outra das doenças que podem atingir os olhos. Quando ocorre um descontrole do diabetes, os vasos sanguíneos da retina são afetados, por isso dá-se o nome de retinopatia diabética. Pacientes diabéticos devem realizar todos os anos o exame de mapeamento de retina justamente para se prevenir deste problema, além de outros que possam existir (como glaucoma, catarata, desvios oculares e infecções). Se não tratada corretamente, a retinopatia diabética pode levar a um quadro de cegueira irreversível.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.