Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Dicas de Saúde Doenças e Tratamentos

As 7 Causas da Artrose que Muitos Ignoram

As 7 Causas da Artrose que Muitos Ignoram são muito importantes, logo porque, através das Causas da Artrose o tratamento da Artrose é mais eficiente. Além disso, para entender sobre Artrose, é necessário saber que a Artrose é um tipo de artrite. Artrite significa inflamação das articulações. Existem diversos tipos de artrites e uma delas é a Artrose. A Artrose, também conhecida como osteoartrose ou osteoartrite, é uma doença degenerativa e progressiva que acomete as articulações.

Artrose começa com o aumento do atrito entre os ossos e pode evoluir para a destruição total da cartilagem, com formação óssea (osteofítos) na articulação e deformidades. É uma doença que não tem cura, mas os tratamentos costumam ser muito eficazes, ajudando a melhorar ou acabar totalmente com os sintomas. A palavra Artrose vem do grego (artros = articulação, ose = desgaste) que se refere ao desgaste da cartilagem que fica dentre as articulações (juntas), provocando uma fricção entre os ossos e levando à inflamação do local, gerando dor, inchaço e limitação das funções.

A Artrose é uma doença degenerativa que acomete as articulações, com predomínio na população acima dos 65 anos. Estudos americanos apontam que mais de 50 milhões de pessoas apresentam esta enfermidade, tornando-se uma das causas mais frequentes de dor do sistema musculoesquelético e de incapacidade para o trabalho no Brasil e no mundo. Antes era tratada como uma doença progressiva, de evolução arrastada, sem perspectivas de tratamento, encarada por muitos como processo natural de envelhecimento. Hoje, no entanto, é vista como uma enfermidade em que é possível modificar o seu curso evolutivo, tanto em relação ao tratamento sintomático imediato, quanto ao seu prognóstico.

Causas do Surgimento da Artrose: A Artrose pode ter diversas causas, as quais podem incluem:

  • Desgaste natural das articulações causado pelo envelhecimento natural.
  • Trabalhos exigentes que sobrecarreguem algumas articulações como acontece com as empregadas domésticas, cabeleireiras ou pintores por exemplo.
  • Esportes que sobrecarreguem repetitivamente certas articulações ou que exijam constantes movimentos de torção como futebol, basebol ou futebol americano por exemplo.
  • Fraqueza na parte superior das pernas.
  • Atividades nas quais é necessário agachar ou ajoelhar repetitivamente levantando objetos pesados.
  • Excesso de peso, que provoca um maior desgaste especialmente nas articulações das pernas ou da coluna.
  • Traumatismos como fraturas, torções ou pancadas que afetem a articulação.

Além disso, também importante tem em consideração o histórico familiar de Artrose uma vez que esta doença tem uma certa origem genética, não esquecendo também que este problema embora seja comum em todas as idades, ele surge mais facilmente após os 50 anos de idade devido ao envelhecimento natural do corpo.

Sintomas da Artrose: As articulações mais acometidas pela osteoartrose são as mãos, joelhos, quadril e coluna. O principal sintoma da Artrose é a dor, que normalmente piora com esforço físico e alivia com repouso. A dor costuma ser pior no final do dia e após longos períodos de imobilização, como em viagens de avião ou em poltronas de cinema. Alguns pacientes apresentam piora da dor com mudanças no clima. Conforme a osteoartrite avança, a dor pode surgir com atividades cada vez menos intensas, podendo, por fim, ocorrer mesmo em repouso e durante a noite. A Artrose em fases avançadas é uma doença incapacitante.

A dor não é causada diretamente pela lesão na cartilagem uma vez que esta não apresenta inervação. Isso significa que alguns pacientes com lesões graves da cartilagem, visíveis na radiografia, podem apresentar poucas queixas de dor, enquanto outros com lesões menos visíveis podem ter sintomas de Artrose mais evidentes.

Rigidez também é uma queixa comum em pacientes com Artrose. A rigidez das articulações doentes é comum nos primeiros minutos após o paciente acordar, melhorando após cerca de meia hora. Durante o dia também podem haver episódios de rigidez articular, principalmente após períodos de inatividade. A articulação acometida pela osteoartrite costuma apresentar uma mobilidade menor e pode estar inchada, quente e apresentar crepitações à movimentação.

Tratamento Artrose: A Artrose é um problema que não tem cura, e o seu tratamento baseia-se na utilização de remédios anti-inflamatórios e analgésicos para reduzir a dor e inflamação das articulações e na realização de fisioterapia, exercícios ou hidroterapia.

A fisioterapia e os exercícios devem ser realizados diariamente, para que mantenham a movimentação da articulação, fortaleçam e melhorem o seu movimento. Além disso, durante as sessões de fisioterapia poderão ser usados aparelhos aparelhos eletroestimuladores e de ultrassom que estimulam a articulação, diminuem a inflamação, facilitam a cicatrização e controlam a dor.

Nos casos onde a Artrose está relacionada com o excesso de peso, os pacientes devem também ser acompanhados por um nutricionista de modo a iniciar uma dieta para perda de peso. Quando existe má postura, deve ser feita pelo fisioterapeuta uma reeducação postural global de forma a diminuir as compensações e dores geradas pela má postura. Geralmente estes tratamentos são o suficiente para o controle da Artrose, porém nos casos mais graves onde não existem melhoras e quando a dor permanece, pode ser indicada a colocação de uma prótese articular.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.